Opções de linha de comando do gerenciamento de imagens DISM

O Gerenciamento e Manutenção de Imagem de Implantação (DISM.exe) monta um arquivo de imagem do Windows (.wim) ou um disco rígido virtual (.vhd ou .vhdx) para manutenção. Você também pode usar o comando de gerenciamento de imagens do DISM para listar os números de índice de imagens, verificar a arquitetura da imagem que você está montando, acrescentar, aplicar, capturar e excluir uma imagem. Depois de atualizar a imagem, você deve desmontá-la e confirmar ou descartar as alterações feitas.

Este tópico discute o comandos do DISM relacionados ao gerenciamento de imagens. Veja outras opções de linha de comando em Opções de linha de comando do DISM (Gerenciamento e Manutenção de Imagens de Implantação). Para saber mais sobre cenários comuns do DISM, veja O que é o DISM?.

Além da ferramenta de linha de comando, o DISM está disponível via Windows PowerShell. Para saber mais, veja Cmdlets do DISM (Gerenciamento e Manutenção de Imagens de Implantação) no Windows PowerShell.

Opções de linha de comando do DISM

Os comandos a seguir podem ser usados para montar, desmontar, capturar, acrescentar e excluir e consultar arquivos .wim, .vhd e .vhdx. Estas opções não diferenciam maiúsculas de minúsculas.

Opção/argumentoDescrição

Opção: /Append-Image

Argumentos:

/ImageFile:<path_to_image_file>

/CaptureDir:<source_directory>

/Name:<image_name>

[/Description:<image_description>]

[/ConfigFile:<configurtion_file.ini>]

[/Bootable]

/WIMBoot

[/CheckIntegrity]

[/Verify]

[/NoRpFix]

Adiciona mais uma imagem a um arquivo .wim. /AppendImage compara arquivos novos com os recursos no arquivo .wim existente especificado pelo argumento /ImageFile e armazena apenas uma única cópia de cada arquivo exclusivo para que cada arquivo só seja capturado uma vez. O arquivo .wim pode ter apenas um único tipo de compactação atribuído. Portanto, você só pode acrescentar arquivos com o mesmo tipo de compactação.

Essa opção de linha de comando não se aplica a arquivos VHD (disco rígido virtual).

Importante  

É necessário ter espaço em disco suficiente para executar a opção /Append-Image. Se você ficar sem espaço em disco enquanto a imagem estiver sendo acrescentada, o arquivo .wim poderá ser danificado.

 

Use /WIMBoot para acrescentar a imagem com a configuração de inicialização de arquivo de imagem Windows (WIMBoot). Isso só se aplica a imagens do Windows 8.1 que foram capturadas ou exportadas como arquivos WIMBoot.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 

/ConfigFile especifica o local de um arquivo de configuração que lista as exclusões de comandos de captura e compactação de imagens. Para saber mais, veja Lista de configurações e arquivos WimScript.ini do DISM.

/Bootable marca uma imagem de volume como sendo uma imagem inicializável. Esse argumento está disponível somente para imagens do WinPE (Ambiente de Pré-Instalação do Windows). Apenas uma imagem de volume pode ser marcada como inicializável em um arquivo .wim.

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

/Verify verifica erros e duplicação de arquivos.

/NoRpFix desabilita a correção de marca de ponto de nova análise. O ponto de nova análise é um arquivo que contém um link para outro arquivo do sistema de arquivos. Se /NoRpFix não for especificado, os pontos de nova análise que são resolvidos para caminhos fora do valor especificado por /ImageFile não serão capturados.

Exemplo:

Dism /Append-Image /ImageFile:install.wim /CaptureDir:D:\ /Name:Drive-D

Opção: /Apply-Image

Argumentos para WIM:

/ImageFile:<path_to_image_file>

[/SWMFile:<pattern>]

/ApplyDir:<target_directory>

{/Index:< image_index> | /Name:<image_name>}

[/CheckIntegrity]

[/Verify]

[/NoRpFix]

[/ConfirmTrustedFile]

[/WIMBoot (preterido)]

[/Compact]

Argumentos para FFU:

/ImageFile:<path_to_image_file>

/ApplyDrive:<target_drive>

[/SFUFile:<pattern>]

[/SkipPlatformCheck]

WIM: aplica um arquivo de imagem do Windows (.wim) ou um arquivo dividido de imagem do Windows (.swm) a uma partição especificada.

Esta opção não permite a aplicação de uma imagem de um VHD (disco rígido virtual), mas você pode usar este comando para aplicar imagens a um arquivo .vhdx que foi anexado, particionado e formatado.

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

/Verify verifica erros e duplicação de arquivos.

/NoRpFix desabilita a correção de marca de ponto de nova análise. O ponto de nova análise é um arquivo que contém um link para outro arquivo do sistema de arquivos. Se /NoRpFix não for especificado, os pontos de nova análise que são resolvidos para caminhos fora do valor especificado por /ImageFile não serão capturados.

/SWMFile permite referenciar arquivos .wim divididos (SWMs). pattern é o padrão de nomenclatura e o local dos arquivos divididos. Você também pode especificar caracteres curinga. Por exemplo, "E:\image\install*.swm" aplica todos os arquivos divididos no diretório E:\image chamados install1.swm, install2.swm e assim por diante.

/ConfirmTrustedFile valida a imagem para Área de Trabalho Confiável no Windows 10, Windows 8.1 ou Windows 8. Essa opção só pode ser executada em computadores que executam pelo menos o WinPE 4.0.

Observação  

Ao usar /Apply-Image com a opção /ConfirmTrustedFile no WinPE, sempre especifique a opção /ScratchDir apontada para um local de mídia física. Isso garante que os nomes de arquivo curtos estejam sempre disponíveis. Veja Opções globais do DISM para sintaxe de linha de comando para saber mais sobre o comportamento padrão da opção /ScratchDir.

 

/WIMBoot: somente no Windows 8.1: para aplicar a imagem com a configuração de inicialização de arquivo de imagem Windows (WIMBoot). Isso só se aplica a imagens do Windows 8.1 que foram capturadas ou exportadas como arquivos WIMBoot.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 

/Compact: aplica uma imagem no modo compacto, economizando espaço em disco. Substitui o WIMBoot. Somente no Windows 10 para edições de área de trabalho (Home, Pro, Enterprise e Education).

Exemplo:

Dism /apply-image /imagefile:install.wim /index:1 /ApplyDir:D:\
Dism /apply-image /imagefile:install.swm /swmfile:install*.swm /index:1 /applydir:D:\

FFU: aplica uma imagem Full Flash Update (.ffu) para uma unidade especificada. Aplica-se somente ao Windows 10.

Esta opção não permite a aplicação de uma imagem de um arquivo de disco rígido virtual (. vhdx), mas você pode usar este comando para aplicar uma imagem completa a um VHD.

/ImageFile especifica o caminho de um arquivo .FFU, por exemplo, flash.ffu.

/ApplyDrive especifica a unidade lógica usando o DeviceID.

Para obter a ID do dispositivo:

  • Na linha de comando: wmic diskdrive list brief

  • Em C: system("wmic diskdrive list");

Observação: o VHD pode aparecer com o nome “PhysicalDrive” na descrição, por exemplo, \\.\PhysicalDrive2.

Use /SFUFile para referenciar arquivos FFU divididos (SFUs). <padrão> é o padrão de nomenclatura e o local dos arquivos divididos.

Use /SkipPlatformCheck se o arquivo FFU que está sendo aplicado é direcionado a um dispositivo diferente do dispositivo que está executando o aplicativo. Um arquivo FFU especial é necessário.

Exemplos:

DISM.exe /Apply-Ffu /ImageFile:flash.ffu
 /ApplyDrive:\\.\PhysicalDrive0
DISM.exe /Apply-Ffu /ImageFile:flash.sfu /SFUFile:flash*.sfu
 /ApplyDrive:\\.\PhysicalDrive0

Opção:/Capture-CustomImage

Argumentos:

/CaptureDir:<source_directory>

[/ConfigFile:<configuration_file.ini>]

[/CheckIntegrity]

[/Verify]

[/ConfirmTrustedFile]

/Capture-CustomImage captura as mudanças incrementais do arquivo com base no arquivo install.wim específico em um novo arquivo, custom.wim para uma imagem WIMBoot. Não é possível capturar um diretório vazio.

Os arquivos capturados são convertidos em arquivos de ponteiro. O arquivo custom.wim é colocado na mesma pasta ao lado de install.wim.

Importante  
  • /Capture-CustomImage captura apenas os arquivos de personalização. Ele não pode ser usado para capturar arquivos de instalação em um novo WIM.

  • Mantenha os arquivos install.wim e custom.wim juntos. Não desative os arquivos custom.wim ou install.wim arquivo.

  • Você só pode capturar a imagem personalizada uma vez. Não remova ou recapture um custom.wim depois de capturar as alterações de arquivos incrementais.

 

/CaptureDir: especifica o diretório ao qual a imagem foi aplicada e personalizada.

/ConfigFile especifica o local de um arquivo de configuração que lista as exclusões de comandos de captura e compactação de imagens. Para saber mais, veja Lista de configurações e arquivos WimScript.ini do DISM.

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

/Verify verifica erros e duplicação de arquivos.

/ConfirmTrustedFile valida a imagem para Área de Trabalho Confiável no Windows 10, Windows 8.1 ou Windows 8. Essa opção só pode ser executada em computadores que executam pelo menos o WinPE 4.0.

Exemplo:

Dism /Capture-CustomImage /CaptureDir:D:\

Opção:/Capture-Image

Argumentos:

/ImageFile:<path_to_image_file>

/CaptureDir:<source_directory>

/Name:<image_name>

[/Description:<image_description>]

[/ConfigFile:<configuration_file.ini>]

[/Compress:{max|fast|none}]

[/Bootable]

[/CheckIntegrity]

[/Verify]

[/NoRpFix]

[/WIMBoot]

Captura uma imagem de uma unidade para um novo arquivo .wim. Os diretórios capturados incluem todas as subpastas e dados. Não é possível capturar um diretório vazio. Um diretório deve conter pelo menos um arquivo.

Você pode capturar a imagem como um arquivo de imagem (.wim) do Windows ou um conjunto de arquivos de imagem divididos do Windows (.swm); essa opção não permite a captura de um arquivo de disco rígido virtual (.vhd/.vhdx) ou de uma imagem Full Flash Update (.ffu).

Importante  

O DISM ignora atributos estendidos durante uma operação de captura.

 

/ConfigFile especifica o local de um arquivo de configuração que lista as exclusões de comandos de captura e compactação de imagens. Para saber mais, veja Lista de configurações e arquivos WimScript.ini do DISM.

/Compress especifica o tipo de compactação usado para a operação de captura inicial. A opção maximum resulta na melhor compactação, mas leva mais tempo para capturar a imagem. A opção fast resulta em uma compactação de imagem mais rápida, mas os arquivos resultantes são maiores do que os compactados usando a opção maximum. Esse tipo de compactação também é usado como padrão quando nenhum argumento é especificado. A opção none não compacta a imagem capturada.

/Bootable marca uma imagem de volume como sendo uma imagem inicializável. Esse argumento está disponível somente para as imagens do Windows PE. Apenas uma imagem de volume pode ser marcada como inicializável em um arquivo .wim.

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

/Verify verifica erros e duplicação de arquivos.

/NoRpFix desabilita a correção de marca de ponto de nova análise. O ponto de nova análise é um arquivo que contém um link para outro arquivo do sistema de arquivos. Se /NoRpFix não for especificado, os pontos de nova análise que são resolvidos para caminhos fora do valor especificado por /ImageFile não serão capturados.

Use /WIMBoot para capturar a imagem com a configuração de inicialização de arquivo de imagem Windows (WIMBoot). Isso só se aplica a imagens do Windows 8.1 que você deseja capturar como um arquivo WIMBoot.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 

Exemplo:

Dism /Capture-Image /ImageFile:install.wim /CaptureDir:D:\ /Name:Drive-D

Opção: /Cleanup-Mountpoints

Exclui todos os recursos associados a uma imagem montada que foi corrompida. Esse comando não desmonta imagens já montadas, nem exclui imagens que podem ser recuperadas com o comando /Remount-Image.

Exemplo:

Dism /Cleanup-Mountpoints

Para saber mais, consulte Reparar uma imagem do Windows.

Opção: /Commit-Image

Argumentos:

/MountDir:<path_to_mount_directory>

[/CheckIntegrity]

[/Append]

Aplica as mudanças feitas na imagem montada. A imagem permanece montada até a opção /Unmount-Image ser usada.

/CheckIntegrity detecta e rastreia arquivos .wim corrompidos quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação./CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

/Append adiciona a imagem modificada ao arquivo .wim existente em vez de substituir a imagem original.

Os argumentos /CheckIntegrity e /Append não se aplicam a arquivos de disco rígido virtual (VHD).

Exemplo:

Dism /Commit-Image /MountDir:C:\test\offline

Opção: /Delete-Image

Argumentos:

/ImageFile:<path_to_image_file>

{/Index:<image_index> | /Name:<image_name>}

[/CheckIntegrity]

Exclui a imagem de volume especificada de um arquivo .wim que tenha várias imagens de volume. Essa opção exclui apenas as entradas de metadados e as entradas XML. Ela não exclui os dados de fluxo, nem otimiza o arquivo .wim.

Essa opção de linha de comando não se aplica a arquivos VHD (disco rígido virtual).

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

Exemplo:

Dism /Delete-Image /ImageFile:install.wim /Index:1

Opção: /Export-Image

Argumentos:

{/SourceImageFile:<path_to_image_file> | /SWMFile:<pattern>}

{/SourceIndex:<image_index> | /SourceName:<image_name>}

/DestinationImageFile:<path_to_image_file>

[/DestinationName:<Name>]

[/Compress:{fast|max|none|recovery}]

[/Bootable]

[/WIMBoot]

[/CheckIntegrity]

Exporta uma cópia da imagem especificada para outro arquivo. Os arquivos de origem e de destino devem usar o mesmo tipo de compactação. Também é possível otimizar uma imagem exportando-a para um novo arquivo de imagem. Quando você modifica uma imagem, o DISM armazena mais arquivos de recursos que aumentam o tamanho geral da imagem. A exportação da imagem removerá os arquivos de recursos desnecessários.

Essa opção de linha de comando não se aplica a arquivos VHD (disco rígido virtual).

/SWMFile permite referenciar arquivos .wim divididos. pattern é o padrão de nomenclatura e o local dos arquivos divididos. Você também pode especificar caracteres curinga. Por exemplo, "E:\image\install*.swm" exportará os arquivos divididos no diretório E:\image nomeados install1.swm, install2.swm e assim por diante.

/Compress especifica o tipo de compactação usado para a operação de captura inicial. O argumento /Compress não se aplica quando você exporta uma imagem para um arquivo .wim existente; você só pode usar esse argumento ao exportar uma imagem para um novo arquivo .wim. A opção maximum resulta na melhor compactação, mas leva mais tempo para capturar a imagem. A opção fast resulta em uma compactação de imagem mais rápida, mas os arquivos resultantes são maiores do que os compactados usando a opção maximum. Esse tipo de compactação também é usado como padrão quando nenhum argumento é especificado. Use a opção recovery para exportar imagens de restauração rápida. Os arquivos resultantes são muito menores, o que, por sua vez, reduz o espaço em disco necessário para salvar a imagem de restauração rápida em uma unidade de recuperação. O arquivo de destino deve ser especificado com a extensão .esd. A opção none não compacta a imagem capturada.

/Bootable marca uma imagem de volume como sendo uma imagem inicializável. Esse argumento está disponível somente para as imagens do WinPE. Apenas uma imagem de volume pode ser marcada como inicializável em um arquivo .wim.

Use /WIMBoot para aplicar a imagem com a configuração de inicialização de arquivo de imagem Windows (WIMBoot). Isso só se aplica a imagens do Windows 8.1 que você deseja exportar como um arquivo WIMBoot.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

Exemplo:

Dism /Export-Image /SourceImageFile:install.wim /SourceIndex:1 /DestinationImageFile:install2.wim

Opção: /Get-MountedImageInfo

Lista as imagens que estão montadas e as informações sobre a imagem montada, como se a imagem é válida, permissões de leitura/gravação, local de montagem, caminho do arquivo montado e índice da imagem montada.

Exemplo:

Dism /Get-MountedImageInfo

Opção: /Get-ImageInfo

Argumentos:

/ImageFile:<path_to_image.wim>

[{/Index:<Image_index> | /Name:<Image_name>}]

Mostra informações sobre as imagens contidas no arquivo .wim, vhd ou .vhdx. Quando usado com o argumento /Index ou /Name, são mostradas informações sobre a imagem especificada, incluindo se a imagem é WIMBoot, se é do Windows 8.1. Veja Inventariar uma imagem ou um componente usando o DISM. O argumento /Name não se aplica a arquivos VHD. Especifique /Index:1 para arquivos VHD.

Exemplo:

Dism /Get-ImageInfo /ImageFile:C:\test\offline\install.wim
Dism /Get-ImageInfo /ImageFile:C:\test\images\myimage.vhd /Index:1

Opção: /Get-WIMBootEntry

Argumentos:

/Path:<volume_path>

Use /Get-WIMBootEntry para mostrar as entradas de configuração de WIMBoot para o volume de disco especificado.

Para saber mais sobre como mostrar entradas de configuração de WIMBoot, veja Inventariar uma imagem ou um componente usando o DISM.

Isso só se aplica ao Windows 8.1.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 

Exemplo:

Dism /Get-WIMBootEntry /Path:C:\

Opção: /List-Image

Argumentos:

/ImageFile:<path_to_image_file>

{/Index:<image_index> | /Name:<image_name>}

Mostra uma lista dos arquivos e pastas em uma imagem especificada.

Essa opção de linha de comando não se aplica a arquivos VHD (disco rígido virtual).

Exemplo:

Dism /List-Image /ImageFile:install.wim /Index:1

Opção: /Mount-Image

Argumentos:

/ImageFile:<path_to_image>

{/Index:<image_index> | /Name:<image_name> }

/MountDir:<path_to_mount_directory>

[/ReadOnly]

[/Optimize]

[/CheckIntegrity]

Monta uma imagem de um arquivo .wim, .vhd ou .vhdx no diretório especificado para que ela fique disponível para manutenção.

/ReadOnly define a imagem montada com permissões somente leitura. Opcional.

Observação  

Para a maioria das operações que especificam um arquivo .wim, é necessário um valor de índice ou nome.

 

Você pode usar /Optimize para reduzir o tempo de montagem inicial.

Importante  

Ao usar o argumento /optimize, os processos que normalmente são executados durante a montagem serão concluídos da primeira vez que você acessar um diretório. Assim, pode demorar mais para acessar um diretório pela primeira vez depois de montar uma imagem usando o argumento /optimize.

 

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

Exemplo:

Dism /Mount-Image /ImageFile:C:\test\images\myimage.wim /index:1 /MountDir:C:\test\offline
Dism /Mount-Image /ImageFile:C:\test\images\myimage.vhd /index:1 /MountDir:C:\test\offline /ReadOnly

/Optimize-Image /WIMBoot

Realiza configurações especificadas em uma imagem offline.

Use /WIMBoot para configurar uma imagem offline para instalação em um sistema de inicialização de arquivo de imagem Windows (WIMBoot).

/Optimize-Image /WIMBoot só se aplica a imagens do Windows 8.1 que foram capturadas ou exportadas como arquivos WIMBoot.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 
Importante  

Use /Optimize-Image somente com imagens que serão usadas em sistemas compatíveis com WIMBoot. Se /Optimize-Image for usado com a imagem de um sistema não compatível com WIMBoot, o Windows poderá não funcionar como esperado após a instalação em um dispositivo não compatível com WIMBoot.

 

Exemplos:

DISM.exe /Image:C:\test\offline /Optimize-Image /WIMBoot

Opção: /Remount-Image

Argumentos:

/MountDir:<path_to_mount_directory>

Remonta uma imagem montada que ficou inacessível e a disponibiliza para manutenção.

Exemplo:

Dism /Remount-Image /MountDir:C:\test\offline

Opção: /Split-Image

Argumentos para WIM:

/ImageFile:<path_to_image_file>

/SWMFile:<path_to_swm>

/FileSize:<MB-Size>

[/CheckIntegrity]

Argumentos para FFU:

/ImageFile:<path_to_image_file>

/SFUFile:<pattern>

/FileSize:<MB-Size>

WIM: divide um arquivo .wim existente em vários arquivos .swm divididos somente leitura.

Essa opção cria os arquivos .swm no diretório especificado, dando a cada arquivo o mesmo nome path_to_swm especificado, mas com um número acrescentado. Por exemplo, ao definir path_to_swm como c:\Data.swm, a opção cria um arquivo Data.swm, um arquivo Data2.swm, um arquivo Data3.swm e assim por diante, definindo cada parte do arquivo dividido .wim e salvando-a no diretório C:\.

Essa opção de linha de comando não se aplica a arquivos VHD (disco rígido virtual).

/FileSize especifica o tamanho máximo de cada arquivo criado em megabytes (MB).

Observação   Se um único arquivo for maior que o valor especificado na opção /FileSize, um dos arquivos .swm divididos resultantes será maior que o valor especificado na opção /FileSize para acomodar o arquivo grande.
 

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

Exemplo:

Dism /Split-Image /ImageFile:install.wim /SWMFile:split.swm /FileSize:650

FFU: divide um arquivo Full Flash Update (.ffu) existente em vários arquivos .sfu divididos somente leitura.

Essa opção cria os arquivos .sfu no diretório especificado, dando a cada arquivo o mesmo nome /SFUFile especificado, mas com um número acrescentado. Por exemplo, ao usar c:\flash.sfu, você receberá um arquivo flash.sfu, um arquivo flash2.ffu, um arquivo flash3.sfu e assim por diante, definindo cada parte do arquivo .sfu dividido e salvando-a no diretório C:\.

/ImageFile especifica o caminho de um arquivo .FFU, por exemplo, flash.ffu.

Use /SFUFile para referenciar arquivos FFU divididos (SFUs). <padrão> é o padrão de nomenclatura e o local dos arquivos divididos.

/FileSize especifica o tamanho máximo de cada arquivo criado em megabytes (MB).

Exemplos:

DISM.exe /Split-Ffu /ImageFile:flash.ffu /SFUFile:flash.sfu /FileSize:650

Aplica-se a: Windows 10 para edições de área de trabalho apenas.

Opção: /Unmount-Image

Argumentos:

/MountDir:<path_to_mount_directory>

{/Commit | /Discard}

[/CheckIntegrity]

[/Append]

Desmonta o arquivo .wim, .vhd ou .vhdx e confirma ou descarta as alterações feitas enquanto a imagem foi montada.

Use o argumento /commit ou /discard ao usar a opção /Unmount-Image.

/CheckIntegrity detecta e rastreia qualquer corrupção do arquivo .wim quando usado com operações de captura, desmontagem, exportação e confirmação. /CheckIntegrity para a operação se o DISM detecta que o arquivo .wim está corrompido quando usado com operações de aplicação e montagem.

/Append adiciona a imagem modificada ao arquivo .wim existente em vez de substituir a imagem original.

Os argumentos /CheckIntegrity e /Append não se aplicam a arquivos de disco rígido virtual (VHD).

Exemplo:

Dism /Unmount-Image /MountDir:C:\test\offline /commit
Dism /Unmount-Image /MountDir:C:\test\offline /discard

Opção: /Update-WIMBootEntry

Argumentos:

/Path:<Volume_path>

/DataSourceID:<Data_source_id>

/ImageFile:<Renamed_image_path>

O uso de /Update-WIMBootEntry atualiza a entrada de configuração de WIMBoot associada com a ID da fonte de dados especificada, o arquivo de imagem renomeado ou o caminho do arquivo de imagem movido.

Observação  

/Update-WIMBootEntry requer reinicialização para que todas as atualizações entrem em vigor.

 

Use /Path para especificar o volume de disco da configuração de WIMBoot.

Use /DataSourceID para especificar a ID da fonte de dados, conforme mostrado por /Get-WIMBootEntry.

Isso só se aplica ao Windows 8.1.

Importante  

Esse recurso não tem suporte no Windows 10.

 

Exemplo:

DISM.exe /Update-WIMBootEntry /Path:C:\ /DataSourceID:0 /ImageFile:R:\Install.wim

 

Tópicos relacionados

Referência técnica do DISM (Gerenciamento e Manutenção de Imagens de Implantação) para Windows
O que é o DISM?
Opções globais do DISM para sintaxe de linha de comando
Implantar o Windows usando FFU (Full Flash Update)
WIM vs. VHD vs. FFU: comparando formatos de arquivo de imagem

 

 

Mostrar: