Estudo de caso de design: aplicativo corporativo de linha de negócios do Tempo de Execução do Windows

O Windows 8.1 é uma ótima plataforma para criar aplicativos que aumentam a produtividade, facilitam a implantação e permitem que os funcionários interajam com seus computadores de forma mais natural. Este artigo mostra como criar e desenvolver aplicativos de linha de negócios (LOB) corporativos da Windows Store para o Windows 8.1. Ele fornece diretrizes e orientações aos desenvolvedores que querem aproveitar os novos recursos do Windows 8.1. Também traz sugestões para aproveitar novos fatores forma e criar experiências envolventes para os usuários corporativos.

Criando aplicativos de linha de negócios para Windows 8.1

Os aplicativos LOB (linha de negócios) na empresa impõem vários desafios únicos aos desenvolvedores. Aplicativos voltados para o consumidor geral são comercializados no mundo inteiro através da Windows Store, mas um aplicativo LOB geralmente só é implantado para usuários que participam das operações de negócios da empresa em questão. Além disso, os aplicativos LOB tipicamente funcionam com repositórios de dados de back-end, são voltados para processos de negócios específicos e devem cumprir políticas de segurança restritas. Para garantir a segurança dos recursos da empresa, os aplicativos LOB precisam ter um rígido controle sobre as atualizações dos aplicativos. Alguns exemplos de aplicativos LOB corporativos incluem aplicativos de ponto de venda, catálogos de produtos, painéis, aplicativos de vendas ou em campo, aplicativos de gerenciamento de fluxo de trabalho e aplicativos de monitoramento e resposta.

Com o Windows 8.1, a Microsoft introduziu os aplicativos da Windows Store criados sobre o novo Tempo de Execução do Windows. Os aplicativos da Windows Store oferecem diversos benefícios para atender às necessidades crescentes dos desenvolvedores de aplicativos LOB: melhor mobilidade, suporte com desempenho superior para toque, mais segurança e simplicidade na implantação e na atualização. Embora o Tempo de Execução do Windows seja novo, os desenvolvedores podem usar seu conhecimento e habilidades existentes. Os aplicativos da Windows Store podem ser escritos com HTML e JavaScript, bem como com linguagens de desktop tradicionais como C# e C/C++. O resultado para as empresas é um aumento da produtividade para os usuários, gerentes de TI e desenvolvedores internos.

Para este estudo de caso, conversamos com a equipe de desenvolvimento da Sonoma Partners LLC, uma empresa que usa soluções Microsoft para criar aplicativos para clientes corporativos. Embora os clientes da Sonoma Partners já tivessem aplicativos para os usuários que trabalham no escritório, eles queriam que a Sonoma Partners criasse novas experiências para sua força de trabalho cada vez mais móvel. Um cliente em particular precisava criar um aplicativo para os representantes que trabalham em campo. Esses representantes de campo precisavam de uma solução portátil que lhes permitisse trabalhar remotamente no local do cliente, no carro, em um café e assim por diante. Um smartphone provou ser pequeno demais para as necessidades dos representantes de campo, e um laptop era grande demais. Nesse caso, um tablet era o dispositivo perfeito.

Neste artigo, veremos os requisitos que a Sonoma Partners recebeu para esse aplicativo LOB específico, discutiremos como o design dos aplicativos da Windows Store e do Windows 8.1 os ajudou a criar uma solução e como você pode usar aplicativos da Windows Store para criar experiências excepcionais para o usuário da sua própria organização. Para proteger a propriedade intelectual da Sonoma Partners e de seu cliente, neste estudo de caso mostraremos um aplicativo Fabrikam genérico com base no design da Sonoma Partners.

Para este estudo de caso, a Fabrikam é um fabricante de widgets que precisa de um aplicativo para seus representantes de campo B2B (entre empresas).

Topo

Compreendendo os casos de uso

O Windows 8.1 foi projetado para ser executado em dispositivos que vão desde tablets portáteis até grandes computadores tudo-em-um. Esses dispositivos podem usar toque, caneta ou mouse e teclado como entradas principais de manipulação. O Windows e os aplicativos funcionam bem em qualquer tipo de entrada.

Antes de criar o aplicativo, a Sonoma dedicou tempo junto com o cliente. Ela examinou os casos de uso específicos para o aplicativo e estudaram seus usuários. Chegando a alguns poucos casos de uso, definiram o foco do aplicativo. Uma ótima maneira de capturar isso é a declaração "ótimo para" — por exemplo, esse aplicativo específico é "ótimo para que os representantes de campo controlem as contas de seus clientes diariamente enquanto estão em campo". Seguir essa declaração serve como foco. Ela sugere quais são os principais cenários e fatores forma do aplicativo.

Como os representantes de campo passam a maior parte do tempo em trânsito, é provável que carreguem computadores ultraportáteis. Tablets, conversíveis e a próxima geração de laptops baseados em toque com suporte do Windows 8.1 são ideais para esses cenários. Esses novos dispositivos são muito mais portáteis do que os laptops tradicionais, ao mesmo tempo possibilitando maior produtividade em comparação com os smartphones. São leves, têm baterias com altíssima duração, ocupam pouco espaço na bolsa ou sobre a mesa e podem ser passados facilmente a alguém para visualização.

Essas novas categorias de computadores também vêm com recursos internos de geolocalização e câmeras. Esses recursos permitiram à Sonoma Partners adicionar facilmente recursos de mapeamento, foto e vídeo ao aplicativo. Isso simplificou, para um representante, tarefas como obter instruções sobre o próximo compromisso ou capturar uma imagem ou vídeo enquanto está em campo. Os aplicativos da Windows Store também funcionam em computadores tudo-em-um e com mouse e teclado no escritório; assim, eles nunca ficam restritos a um determinado fator forma.

Topo

Criando a experiência do usuário

Os aplicativos da Windows Store são desenvolvidos com base na nova IU do Windows, que enfatiza o conteúdo. Todos os elementos não essenciais recuam para a tela de fundo. Isso é feito por meio de layouts limpos e abertos, apresentando uma hierarquia de informações clara, animações significativas e interações diretas com toque inicial.

Tendo esses princípios em mente, a Sonoma Partners usou a declaração "ótimo para" para elaborar uma lista completa de cenários. Esses cenários ajudaram a descrever o fluxo do aplicativo — o que o usuário faria primeiro, o que faria em seguida? Para este aplicativo particularmente, ficou claro que cenários como agendar compromissos com clientes, gerenciar pedidos e examinar dados de vendas eram importantes.

Topo

Navegando pelo seu aplicativo

Com base na análise acima, fica claro que este aplicativo LOB tinha um fluxo de dados considerável. O cuidado especial na organização e no gerenciamento visual desses dados foram cruciais para tornar o aplicativo utilizável e, ao mesmo tempo, compatível com a nova IU do Windows.

A Sonoma concluiu que as contas de vendas e os pedidos consistiam nos elementos centrais desse aplicativo. Para um representante de campo, elas são vitais, e faz sentido formar agrupamentos ou hierarquias em torno desse conteúdo.

Ao contrário dos aplicativos desktop tradicionais, os aplicativos da Windows Store não usam guias e menus para navegação. Em vez disso, eles utilizam padrões de navegação simples ou hierárquicos compostos por páginas ou exibições de tela inteira. O grande volume de conteúdo deste aplicativo, bem como seu tipo, são ideais para um padrão de navegação hierárquico. Neste caso, os pedidos e contatos são vinculados às contas, e os compromissos são vinculados aos contatos.

O ponto focal do padrão hierárquico é a página hub, que é a página principal do aplicativo. A página hub consiste em várias seções visualmente distintas que correspondem a diferentes áreas do aplicativo. Essas seções expõem conteúdo ou funcionalidade exclusivos diretamente na página. No caso da Sonoma Partners, ficou claro que a página hub apresentaria conteúdo sobre contas e pedidos — compromissos, tarefas pendentes, pedidos não atendidos, links diretos para as principais contas e dados de tendência das vendas eram informações importantes para um representante em trânsito.

Como designer ou criador do aplicativo, você pode definir cada página da hierarquia separadamente. Use as classes de navegação para gerenciar o fluxo do aplicativo. Um exemplo de fluxo é mostrado na figura a seguir.

Navegando por um aplicativo

Como na Web, você pode definir a navegação que ocorre quando um usuário clica em um determinado conteúdo ou seção da página. Nos aplicativos da Windows Store, a navegação também é gerenciada através de um botão Voltar permanente em cada página ou usando o espaço na barra de aplicativos superior.

Para obter ajuda para escolher o melhor padrão de navegação para o seu aplicativo, veja Padrões de navegação.

Acesse o Padrão de navegador simples atualmente em uso na seção Características para Aplicativos, da série do início ao fim.

Topo

Reduza a confusão e realce conteúdo movendo os comandos para a barra de aplicativos

O princípio de deixar o conteúdo se destacar está no cerne dos aplicativos da Windows Store. Qualquer coisa que ajude a apresentar ou interagir com o conteúdo (também conhecido como chrome) pode confundir a experiência e desviar do propósito do aplicativo. Nos aplicativos da Windows Store, comandos são muito raramente encontrados na página em si (embora isso possa ocorrer se eles forem particularmente importantes). Em vez disso, o conteúdo deve ser manipulado diretamente onde for possível, por exemplo pinçando para fazer zoom ou através de comandos na barra de aplicativos.

A barra de aplicativos aparece nas bordas superior e inferior do aplicativo. A borda superior normalmente é usada para navegação. A barra de aplicativos contém comandos que são contextuais para a página atual e o conteúdo selecionado, conforme mostrado na figura a seguir.

A barra de aplicativos

A barra de aplicativos normalmente fica fora da tela e não atrapalha, mas pode ser revelada passando o dedo a partir da borda superior ou inferior, clicando com o botão direito do mouse ou pressionando a tecla do logotipo do Windows+Z em um teclado. Além disso, a barra de aplicativos aparece automaticamente sempre que uma seleção é feita no conteúdo de um aplicativo. Como a barra de aplicativos é um gesto do sistema usado em todos os aplicativos da Windows Store, trata-se de uma experiência familiar para seus usuários. Com isso, fica mais fácil aprender a usar o aplicativo.

Consulte estes tópicos para ver detalhes sobre como usar a barra de aplicativos em seu próprio aplicativo.

Topo

Usando zoom semântico para navegar e resumir conteúdo

Um aplicativo LOB como o criado pela Sonoma Partners geralmente tem muito conteúdo para gerenciar. Como você cria uma experiência de toque inicial que use layouts limpos e abertos, ao mesmo tempo facilitando para que o usuário navegue rapidamente por grandes quantidades de conteúdo em uma única exibição? Forneça zoom semântico.

O zoom semântico é um comportamento de zoom que permite reduzir uma exibição com um gesto de toque de pinçagem, ou com um botão do mouse e o teclado. No estado reduzido, o usuário tem uma exibição resumida do conteúdo que pode ser usada para navegação ou para fornecer conteúdo mais significativo. Por exemplo, a redução de uma lista de contatos pode apresentar uma lista de letras com o número dos contatos sob cada letra — um clique na letra "A" levaria o usuário à lista de contatos que começam com a letra "A". Na figura a seguir, o zoom semântico proporciona uma fácil visão geral de dados importantes, ao mesmo tempo em que permite a navegação da exibição de hub longa.

Zoom semântico

Como mostra a figura, o zoom semântico em parte tem a ver com agrupar dados para facilitar a navegação. Nesse caso, a navegação se move de uma extremidade de uma longa lista para a outra, o equivalente ao "zoom óptico". O zoom semântico permite usar a exibição reduzida para fornecer contagens e estatísticas que descrevem os dados gerais de maneira resumida. Isso proporciona aos usuários acesso rápido e fácil a detalhes importantes sobre o panorama geral.

Como o controle do zoom semântico é baseado em modelos que você fornece, você tem a liberdade de fornecer as exibições que forem valiosas para os seus usuários e disponibilizá-las com um simples gesto de pinçagem. Os seus usuários preferem que as datas sejam exibidas como uma lista ou como um calendário? Eles querem ver os nomes com ou sem fotos? Com o zoom semântico, há muitas possibilidades interessantes de visualização de dados.

Consulte estes tópicos para ver detalhes sobre como usar o controle de zoom semântico em seu aplicativo.

Topo

Dando suporte a diferentes layouts

O Windows 8.1 é executado em uma grande variedade de dispositivos, tanto novos quanto antigos. Os aplicativos da Windows Store são executados em tablets em trânsito, em computadores tudo-em-um no escritório, em monitores profissionais de altíssima resolução conectados a desktops potentes e em qualquer dispositivo intermediário nessa faixa. Em vez de ter de criar várias páginas para compatibilidade com vários tamanhos de tela, a Sonoma Partners teve simplesmente de definir vários layouts para a mesma página. Cada layout especifica como os elementos da interface do usuário são apresentados para uma determinada exibição, bem como quais elementos de interface do usuário são exibidos dependendo de quanto espaço na tela há disponível. A interação do usuário, a associação de dados e outros componentes do aplicativo não mudam. Apenas a área de exibição é alterada.

A Sonoma teve de fazer um trabalho semelhante para dar suporte a diferentes orientações e multitarefa com larguras estreitas, conforme é mostrado na figura a seguir.

Largura estreita

A capacidade do usuário de redimensionar o aplicativo para qualquer largura permitiu que a Sonoma projetasse o aplicativo para atender às preferências variadas e às necessidades ergonômicas dos usuários. Os usuários não ficaram restritos a um layout específico. O aplicativo é mais conveniente para os usuários porque pode ser exibido juntamente com outros aplicativos corporativos, como um aplicativo de email.

Veja este tópico para saber mais sobre como criar designs para diferentes tamanhos de janela em um aplicativo: Diretrizes para tamanhos de janelas e dimensionamento de telas.

Topo

Os contratos oferecem uma experiência do Windows consistente

Os contratos permitem que seu aplicativo participe em interações comuns do Windows. Implementando contratos em seu aplicativo, você pode fornecer aos usuários uma experiência que seja consistente com o Windows.

O contrato do Windows Search

Realizar pesquisas no sistema e na Internet é uma experiência essencial no Windows. Os usuários podem facilmente procurar aplicativos, arquivos e configurações utilizando uma caixa de pesquisa na tela do aplicativo ou passando o dedo da direita para a esquerda (ou movendo o mouse para o canto direito) e clicando ou tocando no botão Pesquisar. Os aplicativos também podem tirar proveito dessa experiência implementando o contrato do Windows Search, o qual permite que os usuários pesquisem globalmente dentro de seus aplicativos. A Sonoma Partners tirou total proveito disso implementando suporte para localizar uma determinada conta, contato ou pedido. Isso é mostrado na figura a seguir.

Implementando o contrato do Windows Search

Com a implementação do contrato do Windows Search, seu aplicativo se torna pesquisável fora de seus próprios limites. Isso melhora a produtividade dos seus usuários. Por exemplo, um funcionário pode começar uma pesquisa de um contato de vendas a partir da tela inicial. Ele pode examinar no aplicativo de email se há mensagens recentes e mudar para o aplicativo LOB para pesquisar pedidos. Como desenvolvedor, você tem controle total sobre a experiência de pesquisa e qualquer indexação que precise ser implementada.

O contrato de Pesquisa é simples de configurar. Um contrato é, na verdade, um acordo entre seu aplicativo e o sistema operacional. O contrato descreve os requisitos para seu aplicativo usar esta funcionalidade. Para o contrato de Pesquisa, isso significa que é necessário adicionar um manipulador de eventos que escute quando o usuário inserir uma consulta. Você pode até fornecer sugestões à medida que o usuário insere um termo de pesquisa. Quando ele recebe uma consulta, o aplicativo LOB pesquisa seus dados e exibe os resultados relevantes.

Você também pode adicionar uma caixa de pesquisa no aplicativo de modo a poder personalizar totalmente a experiência de pesquisa dentro de seu aplicativo. Veja o tópico a seguir para encontrar um exemplo de como implementar o contrato do Windows Search em seu aplicativo: Guia de início rápido: adicionando pesquisa a um aplicativo. Este tópico descreve todos os contratos disponíveis para aplicativos da Windows Store: Contratos e extensões de aplicativos.

Superior

O contrato de Configurações

Assim como no contrato de Pesquisa, você pode aproveitar o contrato de Configurações para criar uma experiência familiar para configurações específicas do usuário. Essas configurações podem incluir opções de notificação do sistema, acesso a dispositivos e configurações de localização. Você também pode criar uma experiência familiar para valores que são globais para o aplicativo mas que podem mudar, como nomes de servidor, localizações e informações de logon. Para os aplicativos LOB da Windows Store, outros aspectos para os quais o contrato de Configurações é ideal incluem as configurações de gerenciamento de contas, como identidades e permissões dos usuários, gerenciamento de várias contas, saída de acesso e detalhes da conta. O botão Configurações simplifica a experiência para os usuários e reduz a poluição visual do aplicativo. Por exemplo, não é necessário ocupar espaço com um botão de configurações dedicado. O botão Configurações apresenta uma experiência padronizada em todos os aplicativos da Windows Store.

Para obter informações sobre a implementação do contrato de Configurações no seu aplicativo, consulte Adicionando configurações do aplicativo.

Topo

Blocos dinâmicos para informações atualizadas, notificações do sistema, blocos secundários para atalhos

Quase que por definição, os representantes de campo viajam com frequência. Em trânsito, muitas vezes precisam conferir rapidamente onde precisam estar em seguida. Com o suporte para blocos dinâmicos no aplicativo, o próprio bloco pode informar ao representante de campo sobre seus compromissos futuros, sem necessidade de executar o aplicativo. A Sonoma ampliou ainda mais o aplicativo com suporte para blocos secundários, que podem ser fixados na tela inicial. Os blocos secundários são mostrados na figura a seguir.

Blocos dinâmicos

Esses blocos secundários permitem fácil acesso a importantes clientes e contas de vendas, conduzindo os usuários diretamente à página de detalhes relevante e dando suporte para atualizações de blocos dinâmicos para essa conta em particular.

Os blocos vêm em três tamanhos quadrados (pequeno, médio e grande) e um tamanho largo. São fornecidos diversos modelos para os tamanhos médio, grande e largo.

Enquanto o usuário está em outro aplicativo, uma notificação do sistema pode ser usada para avisar o usuário sobre informações importantes. Um clique ou toque na notificação do sistema alterna instantaneamente para o aplicativo. A Sonoma usou notificações para avisar o representante de campo sobre um compromisso futuro, uma alteração no status de um pedido e outras informações importantes, como mostra a figura a seguir.

Notificação do sistema

Para obter informações sobre como usar blocos dinâmicos, notificações do sistema e blocos secundários no seu aplicativo, dê uma olhada nestes tópicos.

Topo

Suporte para dispositivos internos

Para aprimorar a experiência do usuário e simplificar o fluxo de trabalho dos representantes de campo, a Sonoma queria aproveitar os novos recursos disponíveis nos computadores da próxima geração com Windows. Um desses recursos era a localização geográfica. Combinando recursos de localização geográfica ao Bing Mapas, a Sonoma conseguiu mostrar a posição atual do usuário em uma exibição de mapa, juntamente com as localizações de reuniões e dos clientes. Essa é uma experiência mais intuitiva do que era possível tradicionalmente.

Consulte estes tópicos para obter informações sobre como usar localização geográfica e o Bing Mapas em seus próprios aplicativos da Windows Store.

Além do suporte à localização geográfica, a Sonoma Partners pôde usar o suporte para câmera integrada e seletor de arquivos no Windows 8.1. Isso simplificou em grande medida o processo de adicionar imagens e vídeos ao aplicativo LOB. Com essa funcionalidade, um usuário pode facilmente adicionar uma foto de um cliente usando a câmera interna, o disco local, a nuvem ou até mesmo serviços de terceiros. Para saber mais sobre como adicionar suporte para o seletor de arquivos e recursos de câmera aos seus aplicativos da Windows Store, veja Capturando ou renderizando áudio, vídeo e imagens e Acessando dados e arquivos.

Topo

Conectando a dados

A Sonoma Partners criou seu aplicativo da Windows Store como parte de uma solução geral para gerenciar os aplicativos de seu cliente para processos e dados corporativos. Todos esses aplicativos dependem do Microsoft Dynamics CRM como repositório de dados. Como o aplicativo da Windows Store desenvolvido pela Sonoma Partners foi projetado para representantes em campo, eles precisavam se conectar aos dados corporativos através de redes públicas. Usando serviços Web seguros, a Sonoma Partners pode entregar dados do Microsoft Dynamics CRM ao aplicativo da Windows Store sem expor nenhum dos dados confidenciais do cliente. Os serviços Web oferecem uma estrutura comum para descrever e compartilhar dados, sendo uma ótima maneira de trabalhar com dados em um ambiente distribuído.

Para ver detalhes de como você pode se conectar aos serviços Web a partir do seu aplicativo, consulte os tópicos a seguir.

Os aplicativos da Windows Store também podem armazenar dados locais do aplicativo para ser acessado e usado offline pelo aplicativo. Isso pode ser útil para cenários com dados offline que se sincronizam com o repositório de dados central periodicamente ou quando há uma conexão disponível. Para saber mais, veja Trabalhando com dados e arquivos.

Os aplicativos da Windows Store que precisam de acesso a dados offline exigem bancos de dados relacionais para armazenamento dos dados. Para esses cenários, os aplicativos da Windows Store podem usar o SQLite para o Tempo de Execução do Windows. Para saber mais, veja SQLite com aplicativos do Windows 8.

Topo

Associando a dados

Como em qualquer aplicativo, a associação de dados é uma ferramenta poderosa que simplifica o seu código. Os aplicativos da Windows Store têm diversos recursos e controles que você pode usar para associação de dados, incluindo o controle de ListView ou o controle de FlipView. Para ver detalhes e exemplos, consulte Associação de dados.

Topo

Autenticação e segurança

Como já foi mencionado, a Sonoma Partners usa o Microsoft Dynamics CRM como repositório de dados para seu aplicativo. Como resultado, as informações de entrada do usuário também são convenientemente gerenciadas pelo Microsoft Dynamics CRM. Assim como para os dados, a Sonoma Partners criou um serviço Web com o WCF (Windows Communication Foundation) para lidar com logons. Mais uma vez, eles foram protegidos usando SSL. Quando o aplicativo é carregado, o usuário vê uma tela de logon após a tela inicial, conforme mostrado na figura a seguir.

Implementando uma tela de logon

Para criar uma melhor experiência do usuário, a Sonoma Partners usou o cofre de senhas do Windows 8.1. Isso liberou o usuário da necessidade de repetidos logons no aplicativo.

Seus aplicativos da Windows Store podem dar suporte a qualquer número de recursos de autenticação, incluindo entrada em domínio, autenticação multifator usando cartões inteligentes ou contas da Microsoft. Você também pode gerenciar todas as credenciais fornecidas no aplicativo através de cofres de senhas, para que o aplicativo não tenha de solicitar ao usuário as credenciais para o mesmo serviço em cada acesso. Essas credenciais devem ser gerenciadas pelo usuário através do painel Configurações do aplicativo. Para obter informações sobre o cofre de senhas, consulte a documentação de referência do PasswordVault.

Topo

Ambiente de desenvolvimento

Para desenvolver sua solução, a Sonoma Partners recorreu ao Microsoft Visual Studio 2012, por ser um ambiente de desenvolvimento poderoso e familiar para escrever o código de seu aplicativo da Windows Store. Para projetar a interface do usuário, a Sonoma Partners usou o Microsoft Expression Blend junto com o Microsoft Visual Studio. Com isso, foi possível separar o código da tela de fundo dos elementos da interface do usuário de seu aplicativo da Windows Store. A separação do código da interface do usuário liberou os designers para criar uma experiência do usuário envolvente, enquanto os desenvolvedores conectavam essa interface do usuário aos dados, dispositivos e recursos do aplicativo.

Você pode baixar o Visual Studio, incluindo o Expression Blend, na página de downloads voltados a desenvolvedores para programação de aplicativos da Windows Store. As figuras a seguir mostram o Expression Blend e o Visual Studio em ação.

Blend para Visual Studio

Visual Studio

Topo

Testes

Os aplicativos precisam ser testados para garantir que têm alta qualidade e que não haja surpresas.

O Kit de Certificação de Aplicativos para Windows, que está disponível através do Software Development Kit do Windows (SDK do Windows) para Windows 8.1, valida a conformidade técnica dos aplicativos e garante que eles cumprem as práticas recomendadas para o design de aplicativos da Windows Store. Para saber mais, veja Usando o Kit de Certificação de Aplicativos Windows.

O Visual Studio inclui várias ferramentas para testar aplicativos de maneira abrangente em um computador de desenvolvimento. Juntamente com o depurador do Visual Studio, há um emulador, e a estrutura de testes do Visual Studio também está incluída. Para saber mais, veja Depurando e testando aplicativos da Windows Store e o vídeo do Canal 9, Teste manual de aplicativos da Windows Store do Windows 8.

Os aplicativos sempre devem ser testados em um PC que não seja o PC de desenvolvimento. Os aplicativos também devem ser testados em diferentes arquiteturas, diferentes versões do sistema operacional instalado e diferentes fatores. Para saber mais sobre como executar aplicativos em um PC que não seja o PC de desenvolvimento, veja Executando aplicativos da Windows Store a partir do Visual Studio e Obtenha uma licença de desenvolvedor.

Topo

Implantação

Embora a Windows Store seja uma ótima maneira de comercializar e distribuir aplicativos, os aplicativos LOB são mais frequentemente distribuídos diretamente ao usuário final pela organização de TI da empresa. Esse processo de instalar aplicativos sem passar pela Windows Store é chamado de sideload. A seguir estão algumas práticas recomendadas para ajudar a garantir que os usuários tenham uma ótima experiência ao instalar e executar esses aplicativos de sideload pela primeira vez.

  • Use o Kit de Certificação de Aplicativos para Windows—Como já foi mencionado, antes de distribuir seu aplicativo, execute os testes de certificação do Kit de Certificação de Aplicativos para Windows, a fim de garantir que ele atenda aos requisitos de um aplicativo da Windows Store.
  • Assine seu aplicativo—Use uma autoridade de certificação (AC) confiável para assinar seu aplicativo com um certificado corporativo. Isso faz parte do processo de implantação, independentemente de você distribuir ou não seu aplicativo através da Windows Store. O certificado deverá ser confiável em todos os PCs que executarão o aplicativo, e o nome do fornecedor do certificado deverá corresponder ao nome do fornecedor do aplicativo.
  • Defina sua política de grupo—Verifique se sua política de grupo está definida para instalar todos os aplicativos confiáveis. Isso permite que os usuários do grupo instalem aplicativos sideload.
  • Implante o aplicativo—Há diversas opções para distribuir aplicativos aos usuários em uma rede. Estão disponíveis soluções comuns de gerenciamento de aplicativos, como o Microsoft System Center, ou os usuários podem instalar o aplicativo usando um script do Windows PowerShell.

Para saber detalhes sobre as diversas maneiras de implantar um aplicativo LOB e de gerenciar atualizações de aplicativos, veja Implantando aplicativos empresariais e o tópico sobre novidades no Windows 8.1: melhorias BYOD (Traga seu próprio dispositivo).

Topo

Gerenciamento de aplicativos da Windows Store

Como nas versões anteriores do Windows, os gerentes de TI podem continuar a usar ferramentas como o Windows Intune e o Microsoft System Center Configuration Manager para gerenciar o acesso a aplicativos LOB corporativos. Com a introdução da Windows Store, os gerentes de TI vão querer garantir que o acesso do usuário à Windows Store esteja em conformidade com a política da empresa.

Para os aplicativos da Windows Store, os gerentes de TI têm diversas opções para gerenciar aplicativos, tanto distribuídos internamente quanto usando a Windows Store.

  • As ferramentas de gerenciamento disponíveis no System Center Configuration Manager e no Windows Intune, ou em MDMs de terceiros, podem controlar quais aplicativos podem ser distribuídos à base de usuários corporativa.
  • A política da empresa pode habilitar o acesso dos usuários à Windows Store, mas somente para determinados aplicativos. Nesse caso, os gerentes de TI podem restringir os aplicativos aos quais seus usuários corporativos têm acesso na Windows Store usando a ferramenta AppLocker.
  • A política da empresa pode restringir o acesso à Windows Store a todos, com exceção de um grupo selecionado de usuários ou PCs. Nesse caso, os gerentes de TI podem usar uma política de grupo para desabilitar o acesso à Windows Store para usuários ou PCs restritos.

Para obter mais informações, consulte Gerenciando o acesso dos clientes à Windows Store, Windows Intune e System Center Configuration Manager.

Topo

 

 

Mostrar:
© 2015 Microsoft