Aplicativos do Windows
Recolher sumário
Expandir sumário

Design para um mercado global

O Windows é usado no mundo todo, nos mais diversos mercados, por clientes de várias culturas, regiões geográficas ou idiomas. Siga estas diretrizes durante o design inicial do seu aplicativo, e você conseguirá adaptá-lo mais tarde para outras culturas, regiões e idiomas no mercado global.

Introdução à preparação internacional

Ao criar seus aplicativos, muitos desenvolvedores pensam só no próprio idioma e na própria cultura. Então, quando o aplicativo começa a ser produzido para outros idiomas e mercados, pode ficar difícil adaptá-lo. Recursos de texto e imagem podem ser especificados diretamente no código, dificultando a tradução e a preparação para outras culturas. Para simplificar esse processo, basta levar alguns detalhes em conta ao criar o aplicativo original.

Diretrizes para design de aplicativos

Tenha estas diretrizes em mente ao criar o design do seu aplicativo para um mercado global.

  • Aumente o espaço horizontal e vertical para rótulos e texto.

    Alguns idiomas precisam de um layout de design com espaço extra, pois o texto fica maior do que o original. Evite itens com largura fixa e, se possível, permita que haja quebras automáticas de linha. Alguns caracteres comuns em outros idiomas incluem marcas acima ou abaixo dos caracteres normalmente usados, por exemplo, em português (como Å ou Ņ). Use os tamanhos de fonte e as alturas de linha padrão para proporcionar um espaço vertical adequado. Lembre-se de que fontes para outros idiomas podem pedir tamanhos de fonte mínimos maiores para continuarem legíveis.

  • Use rótulos e texto de forma consistente.

    Crie uma cadeia única de texto para comunicar um conceito que possa ser usado em vários lugares de um aplicativo, como uma instrução para o usuário ou uma mensagem de erro. Colocando essa cadeia em um arquivo de recurso, ela só precisa ser traduzida uma vez, o que reduz a chance de ocorrerem variações em sua apresentação. Para saber mais sobre como criar arquivos de recurso, veja o tópico sobre como definir recursos de aplicativos.

  • Evite coloquialismos e metáforas.

    Tais conceitos costumam ser específicos a um idioma, e também podem ser específicos a um grupo demográfico entre os falantes de um idioma. Se estiver adotando um tom de voz informal, não deixe de explicar isso aos tradutores. Para aprender a colocar comentários em suas cadeias de caracteres, veja o tópico sobre como definir recursos de aplicativos.

  • Não use jargão técnico, abreviações ou acrônimos.

    Esses elementos são difíceis de traduzir e não têm utilidade para usuários sem formação técnica.

  • Evite texto e imagens específicos a uma cultura.

    Pode ser difícil gerar versões traduzidas de imagens, e elas podem deixar seu aplicativo "inchado", diminuindo a velocidade de download. Evite imagens contendo texto que precise ser traduzido. Além disso, evite imagens específicas a uma cultura – por exemplo, caixas de correio, que não são comuns em outras partes do mundo. Evite imagens religiosas, políticas ou específicas a um gênero (masculino ou feminino). Figuras mostrando o corpo, partes do corpo ou gestos de mão também podem ser uma questão delicada.

  • Use valores numéricos, nomes e endereços de forma apropriada para os mercados globais.

    Datas, horas, números, calendários, moedas, números de telefone, unidades de medida e tamanhos de papel são todos itens que podem ser exibidos de maneira diferente dependendo da cultura. A ordem em que os prenomes e sobrenomes aparecem e o formato dos endereços também podem variar. Use exibições padrão de data, hora e número. Use controles padrão de seletor de data e hora. Use informações padrão de endereço.

  • Tome cuidado ao usar cores para indicar significados.

    Preste atenção ao usar cores para transmitir significados. Pode ser necessário que especialistas culturais verifiquem as escolhas de cores para fins de personalização. E sempre expresse a mesma informação por outros meios além da cor, como tamanho, formato ou um rótulo, para atender aos leitores daltônicos.

 

 

Mostrar:
© 2016 Microsoft