Idioma: HTML | XAML

Como iniciar o aplicativo padrão para um arquivo (HTML)

Aprenda como iniciar o aplicativo padrão para um arquivo. Muitos aplicativos precisam funcionar com arquivos que eles não podem manipular sozinhos. Por exemplo, os aplicativos de email recebem uma variedade de tipos de arquivo e precisam de alguma maneira iniciá-los em seus manipuladores padrão.

Essas etapas mostram como usar a API Windows.System.Launcher para iniciar o manipulador padrão para um arquivo que seu aplicativo não pode manipular sozinho.

Instruções

Etapa 1: Obter o arquivo

Primeiro, obtenha um objeto Windows.Storage.StorageFile para o arquivo.

Se os arquivos estão incluídos no pacote do aplicativo, você pode usar a propriedade Package.installedLocation para obter um objeto Windows.Storage.StorageFolder e o método Windows.Storage.StorageFolder.getFileAsync para obter o objeto StorageFile.

Se os arquivos estão em uma pasta conhecida, é possível usar as propriedades da classe Windows.Storage.KnownFolders para obter uma StorageFolder e o método getFileAsync para obter o objeto StorageFile.

Etapa 2: Iniciar o arquivo

O Windows fornece várias opções diferentes para iniciar o manipulador padrão para um arquivo. Essas opções são descritas no gráfico a seguir e nas próximas seções.

OpçãoMétodoDescrição
Início padrão LaunchFileAsync(IStorageFile) Inicie o arquivo especificado com o manipulador padrão.
Início com Abrir com LaunchFileAsync(IStorageFile, LauncherOptions) Inicie o arquivo especificado deixando que o usuário escolha o manipulador na caixa de diálogo Abrir com.
Iniciar com um fallback do aplicativo recomendado LaunchFileAsync(IStorageFile, LauncherOptions) Inicie o arquivo especificado com o manipulador padrão. Se nenhum manipulador estiver instalado no sistema, recomende ao usuário um aplicativo na loja.
Iniciar com um modo de exibição restante desejado LaunchFileAsync(IStorageFile, LauncherOptions) (somente Windows)Inicie o arquivo especificado com o manipulador padrão. Especifique uma preferência para permanecer na tela após a inicialização e solicite um tamanho específico de janela.

Windows 8.1:  LauncherOptions.DesiredRemainingView não é suportado até o Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2.

Windows Phone:  LauncherOptions.DesiredRemainingView não é suportado no Windows Phone.

 

Default launch

Chame o método Windows.System.Launcher.launchFileAsync(IStorageFile) para inicializar o aplicativo padrão. Este exemplo usa o método Windows.Storage.StorageFolder.getFileAsync para iniciar um arquivo de imagem, test.png, que está incluído no pacote do aplicativo.



// Path to the file in the app package to launch
var imageFile = "images\\test.png";

// Get the image file from the package's image directory
Windows.ApplicationModel.Package.current.installedLocation.getFileAsync(imageFile).then(
  function (file) {
    // Launch the retrieved file using the default app
    Windows.System.Launcher.launchFileAsync(file).then(
      function (success) {
        if (success) {
            // File launched
        } else {
            // File launch failed
        }
      });
  });

Open with launch

Chame o método Windows.System.Launcher.launchFileAsync(IStorageFile, LauncherOptions) com LauncherOptions.displayApplicationPicker configurado para true para inicializar o aplicativo que o usuário selecionar na caixa de diálogo Abrir com.

Recomendamos que use a caixa de diálogo Abrir com quando o usuário quiser selecionar um aplicativo diferente do padrão para um determinado tipo de arquivo. Por exemplo, se o seu aplicativo permitir que o usuário inicie um arquivo de imagem, provavelmente o manipulador padrão será um aplicativo de visualização. Em alguns casos, o usuário pode querer editar a imagem em vez de visualizá-la. Use a opção Abrir com junto com um comando alternativo no controle AppBar ou em um menu de contexto para permitir que o usuário abra a caixa de diálogo Abrir com e selecione o aplicativo de edição nesses tipos de cenário.

A caixa de diálogo Abrir com para iniciar um arquivo .png. A caixa de diálogo contém uma caixa de seleção que especifica se a escolha do usuário deve ser usada para todos os arquivos .png ou apenas para este arquivo .png. A caixa de diálogo contém quatro opções de aplicativos para iniciar o arquivo e um link ‘Mais opções’.


// Path to the file in the app package to launch
var imageFile = "images\\test.png";

// Get the image file from the package's image directory
Windows.ApplicationModel.Package.current.installedLocation.getFileAsync(imageFile).then(
  function (file) {
    // Set the show picker option
    var options = new Windows.System.LauncherOptions();
    options.displayApplicationPicker = true;

    // Launch the retrieved file using the selected app
    Windows.System.Launcher.launchFileAsync(file, options).then(
      function (success) {
        if (success) {
            // File launched
        } else {
            // File launch failed
        }
      });
  });

Launch with a recommended app fallback

Em alguns casos, o usuário pode não ter um aplicativo instalado para manipular o arquivo que você está iniciando. Por padrão, nesses casos, o sistema operacional oferece ao usuário um link para pesquisar o aplicativo apropriado na loja. Se você quiser fazer uma recomendação específica sobre qual aplicativo deve ser adquirido nesse cenário, o pode fazer transmitindo tal recomendação junto com o arquivo que você está iniciando. Para fazer isso, chame o método Windows.System.Launcher.launchFileAsync(IStorageFile, LauncherOptions) com LauncherOptions.preferredApplicationPackageFamilyName definido com o nome da família do pacote do aplicativo na Loja que você deseja recomendar. Em seguida, defina LauncherOptions.preferredApplicationDisplayName como o nome desse aplicativo. O sistema operacional usa essas informações para substituir a opção geral de pesquisar um aplicativo na loja por uma opção específica para adquirir o aplicativo recomendado na loja.

Observação  Defina ambas essas opções para recomendar um aplicativo. Se você definir uma opção sem a outra, haverá falha.
A caixa de diálogo Abrir com para iniciar um arquivo .contoso. Como .contoso não tem um manipulador instalado no computador, a caixa de diálogo contém uma opção com o ícone Loja e o texto que aponta o usuário para o manipulador correto na Loja. A caixa de diálogo também contém um link ‘Mais opções'.


// Path to the file in the app package to launch
var imageFile = "images\\test.contoso";

// Get the image file from the package's image directory
Windows.ApplicationModel.Package.current.installedLocation.getFileAsync(imageFile).then(
  function (file) {
    // Set the recommended app
    var options = new Windows.System.LauncherOptions();
    options.preferredApplicationPackageFamilyName = "Contoso.FileApp_8wknc82po1e";
    options.preferredApplicationDisplayName = "Contoso File App";


    // Launch the retrieved file pass in the recommended app 
    // in case the user has no apps installed to handle the file
    Windows.System.Launcher.launchFileAsync(file, options).then(
      function (success) {
        if (success) {
            // File launched
        } else {
            // File launch failed
        }
      });
  });



Iniciar com um Modo de Exibição Restante Desejado (somente Windows)

Aplicativos de origem que chamam LaunchFileAsync podem solicitar que eles permaneçam na tela após a inicialização de um arquivo. Por padrão, o Windows tenta dividir todo o espaço disponível igualmente entre o aplicativo de origem e o aplicativo de destino que manipula o arquivo. Aplicativos de origem podem usar a propriedade DesiredRemainingView para indicar ao sistema operacional que eles preferem que sua janela de aplicativo ocupe mais ou menos espaço disponível. DesiredRemainingView também pode ser usado para indicar que o aplicativo de origem não precisa permanecer na tela depois da inicialização do arquivo e pode ser completamente substituído pelo aplicativo de destino. Esta propriedade especifica somente o tamanho da janela preferido do aplicativo de chamada. Ele não especifica o comportamento de outros aplicativos que podem acontecer de também estar na tela ao mesmo tempo.

Observação  O Windows leva em conta vários fatores diferentes ao determinar o tamanho da janela final do aplicativo de origem, por exemplo, a preferência do aplicativo de origem, o número de aplicativos na tela, a orientação da tela e assim por diante. Definindo DesiredRemainingView, você não garante um comportamento de janelas específico para o aplicativo de origem.

Windows 8.1:  LauncherOptions.DesiredRemainingView sem suporte até o Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2.

Windows Phone:  LauncherOptions.DesiredRemainingView sem suporte no Windows Phone.


// Path to the file in the app package to launch
var imageFile = "images\\test.png";

// Get the image file from the package's image directory
Windows.ApplicationModel.Package.current.installedLocation.getFileAsync(imageFile).done(
  function (file) {
    // Set the desired remaining view
    var options = new Windows.System.LauncherOptions();
    options.desiredRemainingView = Windows.UI.ViewManagement.ViewSizePreference.useLess;

    // Launch the retrieved file using the selected app
    Windows.System.Launcher.launchFileAsync(file, options).done(
      function (success) {
        if (success) {
            // File launched
        } else {
            // File launch failed
        }
      });
  });


Comentários

Seu aplicativo não pode selecionar o aplicativo que foi iniciado. O usuário determina o aplicativo que é iniciado. O usuário pode selecionar um aplicativo da Windows Store ou um aplicativo da área de trabalho.

Ao iniciar um arquivo, seu aplicativo tem que estar em primeiro plano, ou seja, visível para o usuário. Essa exigência ajuda a garantir que o usuário permaneça no controle. Para que essa exigência seja atendida, você deve vincular todas as inicializações de arquivo diretamente à interface do usuário do aplicativo. O mais provável é que o usuário execute alguma ação para iniciar um arquivo. Quando você tenta iniciar um arquivo sem que seu aplicativo esteja em primeiro plano, há uma falha na inicialização e o retorno de chamada de erro é invocado

Você não pode iniciar tipos de arquivos com código ou script que são executados automaticamente pelo sistema operacional, como os arquivos .exe, .msi e .js. Essa restrição protege os usuários contra arquivos possivelmente maliciosos que podem modificar o sistema operacional. Você pode usar esse método para iniciar arquivos que contenham script se eles forem executados por um aplicativo que isole o script, como os arquivos .docx. Aplicativos como o Microsoft Word impedem que o script nos arquivos .docx modifique o sistema operacional.

Quando você tenta iniciar um tipo de arquivo restrito, há falha na inicialização e o retorno de chamada de erro é invocado Quando o seu aplicativo manipula vários tipos de arquivos diferentes e você espera obter esse erro, nós recomendamos que você ofereça uma experiência de fallback ao usuário. Por exemplo, você pode dar ao usuário a opção de salvar o arquivo na área de trabalho para abri-lo de lá.

Exemplo completo

Consulte Amostra de lançamento de associação (Windows).

Tópicos relacionados

Tarefas
Como manipular a ativação de arquivos
Como iniciar o aplicativo padrão para um URI
Diretrizes
Diretrizes e lista de verificação para tipos de arquivos e URIs
Referência
Windows.Storage.StorageFile
Windows.System.Launcher.launchFileAsync

 

 

Mostrar:
© 2015 Microsoft