Criar um aplicativo Universal do Windows 8

Criar um aplicativo Universal do Windows 8

[ Este artigo destina-se aos desenvolvedores do Windows 8.x e do Windows Phone 8.x que escrevem aplicativos do Windows Runtime. Se você estiver desenvolvendo para o Windows 10, consulte documentação mais recente ]

Você pode criar um aplicativo que é executado em vários dispositivos Windows.

Se o seu objetivo são dispositivos Windows 8.1, terá uma solução, mas criará dois aplicativos separados. Você criará um aplicativo para computador ou tablet, e um para o Windows Phone. Você pode criar um aplicativo para os dois dispositivos ao mesmo tempo e compartilhar código, controles de usuário, estilos, cadeias de caracteres e outros ativos entre os dois projetos no Visual Studio. Isso reduz a despesa e o tempo associados à criação e à manutenção de um aplicativo para cada tipo de dispositivo.

Se o seu objetivo são dispositivos Windows 10, também terá uma solução, mas criará um aplicativo que é executado em todos os dispositivos Windows 10. Isso significa que você compartilhará praticamente tudo! Saiba como criar um aplicativo universal do Windows 10 direcionado a todos os dispositivos Windows 10.

Para criar um aplicativo Universal do Windows 8.1 direcionado a dispositivos Windows 8.1, instale o Microsoft Visual Studio 2013 ou o Microsoft Visual Studio 2015. Baixar as ferramentas. O Visual Studio é uma coleção de ferramentas que você pode usar para criar, codificar, depurar, localizar, empacotar e implementar aplicativos de diversas plataformas. Em poucas palavras, o Microsoft Visual Studio pode ajudar a fazer praticamente tudo o que você precisa para desenvolver um aplicativo.

Se você nunca usou o Visual Studio, dê uma espiada aqui antes de começar a escrever código. O Visual Studio possui muitos componentes, mas você não precisa saber tudo sobre eles para começar a trabalhar. Obtenha mais informações detalhadas sobre o IDE aqui.

Se você já tem um aplicativo da Windows Store, pode facilmente adicionar um aplicativo da Loja do Windows Phone à mesma solução. Do mesmo modo, se você começou criando um aplicativo da Loja do Windows Phone, pode facilmente adicionar um aplicativo da Windows Store. Aproveite o compartilhamento de código entre os dois aplicativos.

Obter uma licença de desenvolvedor

Primeiro, obtenha uma licença de desenvolvedor. Você precisará de uma para desenvolver e testar um aplicativo da Windows Store para que a Loja possa certificá-lo.

Quando você executa o Visual Studio pela primeira vez, ele pede para você obter uma licença de desenvolvedor. Leia os termos da licença e clique em Aceito se você concordar. Na caixa de diálogo Controle de Conta de Usuário (UAC), clique em Sim para continuar.

Registre seu Windows Phone 8 para testar seu aplicativo da Loja do Windows Phone

É importante testar seu aplicativo da Loja do Windows Phone em um telefone real. Antes de implantar aplicativos em seu Windows Phone 8, você precisa registrar o telefone para desenvolvimento. Depois de registrar seu telefone, você pode instalar, executar e depurar aplicativos nele.

Saiba como registrar seu dispositivo Windows Phone 8 para desenvolvimento.

Comece a escrever um aplicativo universal do Windows 8.1

Para começar, escolha um modelo de projeto para aplicativo universal do Windows 8.1 na caixa de diálogo Novo Projeto.

A captura de tela a seguir mostra os modelos de projeto de aplicativo universal do Windows 8.1 disponíveis atualmente para C#. O Visual C++ tem um conjunto similar de modelos para aplicativos universais do Windows 8.1.

Modelos de Projeto Universal no Visual Studio

Ao selecionar um modelo para aplicativo universal do Windows 8.1 e criar uma solução, três projetos serão exibidos no Gerenciador de Soluções.

  1. Um projeto doWindows.
  2. Um projeto do Windows Phone.
  3. Um projeto compartilhado.

A seguinte captura mostra a solução que o Visual Studio cria ao escolher o modelo de projeto para um Aplicativo em branco (aplicativos universais).

Projeto convertido em Gerenciador de Soluções

  • O projeto da Windows Store contém páginas XAML e código destinado ao Windows.

  • O projeto do Windows Phone contém páginas XAML e código destinado ao Windows Phone.

  • O projeto Compartilhado é um contêiner para código que executa nas duas plataformas. O conteúdo do projeto Compartilhado é incluído automaticamente nos projetos do Windows Phone e da Windows Store e na saída de compilação.

Compilação. Quando você compila a solução, o Microsoft Visual Studio compila um aplicativo da Loja do Windows Phone e um aplicativo da Windows Store. Não há saída de compilação do projeto Compartilhado.

Inicialização do projeto. Ao executar a solução - por exemplo, ao pressionar F5 - o projeto que é executado é o selecionado como o projeto de inicialização. Para definir o projeto de inicialização, clique com o botão direito do mouse no nó do projeto no Gerenciador de Soluções e escolha Definir como projeto de inicialização. O projeto que você escolhe é mostrado em negrito em Gerenciador de Soluções. Na captura de tela anterior, App1.Windows (Windows 8.1) é o projeto de inicialização.

Destino de depuração.

  • Quando o projeto do Windows for o projeto de inicialização, o menu suspenso Destino de depuração exibe opções para o Simulador ou o Computador local do Windows.
  • Quando o projeto de telefone for o projeto de inicialização, o menu suspenso exibe opções para Dispositivo, bem como para vários emuladores de telefone.
  • Em um projeto de telefone C++, você deve definir manualmente a configuração de compilação para a plataforma ARM, a fim de ver a opção Dispositivo e implantar o aplicativo em um dispositivo físico. A configuração Win32 é usada somente para os emuladores de telefone. Defina a plataforma navegando para Projeto | Propriedades | Gerenciador de Configuração | Plataforma.

Considere iniciar com um modelo denominado Aplicativo Hub (aplicativos Universais) em vez de um Aplicativo em Branco. (Hub é o equivalente de Panorama nas versões anteriores do Windows Phone.) O modelo de Aplicativo Hub cria um aplicativo que possui três páginas. Você pode localizar o modelo de Aplicativo Hub sob a categoria Aplicativos Universais. Para ler mais sobre o modelo de projeto de Aplicativo Hub, veja Modelos do Visual Studio.

A seguinte captura de tela mostra o modelo de projeto Aplicativo Hub selecionado na caixa de diálogo Novo Projeto.

Modelos de Aplicativo Hub no Visual Studio

Escrever código de plataforma cruzada no projeto Compartilhado

No projeto Compartilhado, normalmente você grava código que executa nas duas plataformas.

Para isolar seções de código que são específicas de uma plataforma, use a diretiva #ifdef. As constantes WINDOWS_APP e WINDOWS_PHONE_APP são convenientemente predefinidas para você. (Em C++, use essa diretiva para isolar código específico do Windows Phone: #if WINAPI_FAMILY==WINAPI_FAMILY_PHONE_APP...#endif.)

Você também pode arrastar e soltar arquivos de um projeto específico de uma plataforma para o projeto compartilhado e vice versa para alterar o escopo do código.

Identificar e isolar código específico de plataforma

Quando você está escrevendo código no projeto Compartilhado, o editor de códigos do Visual Studio utiliza um contexto destinado a uma plataforma ou a outra. No C#, o Intellisense que você vê conforme escreve o código é específico ao contexto do editor de códigos, ou seja, específico ao Windows ou Windows Phone.

A captura de tela a seguir mostra o selecionador de contexto na barra de navegação.

Lista suspensa do selecionador de contexto no editor de códigos

Se você usa uma API no código compartilhado que não tem suporte nas duas plataformas, uma mensagem de erro identificará essa API quando você criar o projeto. Você não precisa criar o projeto para confirmar que está usando APIs de plataforma cruzada. Verifique um dos itens a seguir no editor de códigos.

  • Veja os ícones de aviso e o texto Intellisense.

    A seguinte captura mostra um exemplo de ícones de aviso e Intellisense para um tipo que é suportado apenas em aplicativos da Loja do Windows Phone.

    Ícones de aviso e Intellisense

  • No selecionador de contexto, alterne o contexto do editor para a outra plataforma. Isso exibe linhas rabiscadas sob as APIs que não são suportadas na plataforma selecionada. No C++, rabiscos roxos indicam que uma API não é suportada na outra plataforma sem alternar o contexto ou compilar o projeto.

Após identificar as APIs específicas da plataforma, isole-as no código compartilhado usando a diretiva #ifdef.

Adicionar suporte para Windows ou Windows Phone

Se você já publicou um aplicativo da Windows Store, é fácil reutilizar alguns dos códigos e publicar uma versão do aplicativo para Windows Phone. Similarmente, se você começou a criar um aplicativo do Windows Phone, pode facilmente modificar a sua solução para compilar áreas de trabalho do Windows e tablets também. Para adicionar suporte a um tipo de dispositivo, no Gerenciador de Soluções, clique com o botão direito no projeto e escolha Adicionar Windows Phone 8.1 ou Adicionar Windows 8.1.

Adicionando um projeto do Windows Phone 8.1

O Visual Studio adiciona um novo projeto do Windows Phone ou da Windows Store à solução. O Visual Studio também adiciona um projeto compartilhado.

A captura de tela a seguir mostra uma solução após a adição de um projeto do Windows Phone a um projeto existente da Windows Store.

Projeto de telefone adicionado à solução.Projeto de telefone adicionado à solução

Mova os arquivos para o projeto Compartilhado

Você pode mover qualquer código que deseja compartilhar entre aplicativos para o projeto Compartilhado. Por exemplo, se você criou seu aplicativo usando um modelo do Visual Studio, considere mover as pastas Common, DataModel e Strings para o projeto Compartilhado. Você pode mover ainda o App.xaml para o projeto Compartilhado, como descrito mais a frente neste tópico.

Observação  No C++, mover os arquivos de um projeto para outro não os move fisicamente no sistema de arquivos.
 

A seguinte captura de tela mostra uma solução após mover os arquivos e pastas sugeridos para o projeto Compartilhado.

Arquivos movidos no projeto compartilhado

Você pode receber alguns erros de compilação sobre o código que você mover para o projeto Compartilhado. Em muitos casos, você pode resolver os erros ao configurar o novo projeto de aplicativo para ter o mesmo conjunto de referências que o projeto inicial. Por exemplo, se seu aplicativo da Windows Store contiver uma referência de montagem para uma biblioteca de terceiros e você move o código associado para a pasta Compartilhada, então você também tem que referenciar a biblioteca de terceiros no projeto do Windows Phone.

A seguinte captura de tela mostra a mesma referência de montagem adicionada a ambos os projetos.

Referências de montagem adicionadas aos dois projetos

Se seu código compartilhado usar APIs que são específicas do Windows, use a diretiva #ifdef com a constante WINDOWS_APP para isolar essa seção do código. Use a constante WINDOWS_PHONE_APP para isolar seções de código específicas do Windows Phone 8.1. A próxima seção mostra como aplicar essas constantes e também menciona as constantes usadas em C++.

Compartilhar o App.xaml

Ao criar uma nova solução para um aplicativo universal do Windows, o Visual Studio coloca o App.xaml no projeto Compartilhado. Ao converter um projeto existente para um aplicativo universal do Windows, você pode mover o App.xaml para o projeto Compartilhado manualmente. Após mover o arquivo, você precisa definir a propriedade Ação de compilação na página para ApplicationDefinition.

  1. No Gerenciador de Soluções, no projeto Compartilhado, selecione o arquivo App.xaml.
  2. Selecione Exibir > Janela de Propriedades.
  3. Na janela Propriedades, na lista suspensa Ação de compilação, selecione ApplicationDefinition.

Você também precisa decidir como quer abrir a primeira página do aplicativo. Por exemplo, a página App.xaml de um aplicativo universal do Windows deve usar o seguinte código para abrir uma página com o nome HubPage. Este código funciona apenas quando ambos os projetos contêm uma página com o nome HubPage.



if (!rootFrame.Navigate(typeof(HubPage)))
{
    throw new Exception(“Failed to create initial page”);
}

Se você quiser usar uma página inicial diferente para cada aplicativo, precisará adicionar as diretivas #ifdef como mostrado abaixo:


#if WINDOWS_APP
                if (!rootFrame.Navigate(typeof(HubPage)))
#endif
#if WINDOWS_PHONE_APP
                if (!rootFrame.Navigate(typeof(WindowsPhoneStartPage)))
#endif
                {
                    throw new Exception("Failed to create initial page");
                }


Finalmente, verifique se os estilos definidos em seu arquivo App.xaml utiliza recursos que estão disponíveis nos dois tipos de aplicativos. Caso contrário, mova essas definições de estilo para o projeto da Windows Store ou do Windows Phone.

Próximas etapas

Para criar seu primeiro aplicativo, consulte Seu primeiro aplicativo.

Para saber mais sobre como desenvolver um aplicativo usando os modelos do Visual Studio, veja estes tópicos:

Tópicos relacionados

Suporte e Acessibilidade do Produto
Acessibilidade em aplicativos da Loja em JavaScript
Acessibilidade em aplicativos da Loja (VB/C#/C++ e XAML)
Portar um aplicativo universal do Windows 8 existente

 

 

Mostrar:
© 2017 Microsoft