Windows Dev Center

Informações
O tópico solicitado está sendo mostrado abaixo. No entanto, este tópico não está incluído nesta biblioteca.

Mudanças de compatibilidade no IE11

Com o Internet Explorer 11, você obtém melhor compatibilidade com os padrões da web, outros navegadores e sites do mundo real. Há suporte atualizado para padrões da web conhecidos e mudanças que evitam a exibição incorreta de sites mais antigos.

As alterações incluem:

Alterações na cadeia de caracteres do agente do usuário

Para muitos sites herdados, algumas das atualizações mais visíveis para o IE11 envolvem a cadeia de caracteres do agente do usuário. Veja a seguir as informações relatadas para o IE11 no Windows 8.1:


Mozilla/5.0 (Windows NT 6.3; Trident/7.0; rv:11.0) like Gecko

Os valores específicos da cadeia de caracteres do agente do usuário variam de acordo com inúmeros fatores, tais como o sistema operacional que está executando o navegador, o dispositivo que está executando o navegador e se o site é exibido no modo de compatibilidade. Para obter mais informações, consulte Cadeia de caracteres do agente do usuário.

Como no caso de versões anteriores do Internet Explorer, partes da cadeia de caracteres do agente do usuário variam de acordo com o ambiente. Veja a seguir a cadeia de caracteres para o IE11 no Windows 7:


Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1; Trident/7.0; rv:11.0) like Gecko

Se você comparar essas cadeias com aquelas informadas por versões anteriores do Internet Explorer, encontrará as seguintes mudanças:

  • Os tokens compatíveis ("compatível") e de navegador ("MSIE") foram removidos.
  • O token "como Gecko" foi adicionado (para manter a consistência com outros navegadores).
  • A versão do navegador, agora, é relatada por um novo token ("rv") de revisão.

Essas mudanças evitam que o IE11 seja identificado (erroneamente) como uma versão anterior.

Em geral, evite a detecção de navegadores específicos ou de versões de navegador. Os pressupostos subjacentes a esses testes tendem a produzir resultados de falso positivo, quando os navegadores são atualizados. Em vez disso, detecte recursos à medida que eles se tornarem necessários e use técnicas de aprimoramento progressivo para proporcionar experiências simplificadas em navegadores e dispositivos que não dão suporte aos recursos que você precisa.

Em casos raros, pode ser necessário identificar com exclusividade o IE11. Use o token Trident para isso.

Alterações no modo de documento

P Windows Internet Explorer 8 introduziu os modos de documento como uma forma de fazer a transição dos recursos aceitos por versões anteriores do navegador para aqueles especificados por padrões modernos e outros navegadores. Versões posteriores do Windows Internet Explorer continuaram com essa transição introduzindo novos modos de documento que emulavam os recursos aceitos por versões anteriores, ao mesmo tempo incluindo suporte para recursos definidos por padrões do setor.

Embora muitos sites tenham sido atualizados para fornecer experiências mais interessantes em outros navegadores, alguns continuaram usando o suporte a recursos herdados para proporcionar experiências herdadas no Internet Explorer, mesmo quando as versões recentes davam suporte às experiências apresentadas em outros navegadores.

A partir do IE11, o modo de borda é o modo de documento preferido; ele representa o suporte mais alto para os padrões modernos disponíveis para o navegador.

Use a declaração de tipo de documento HTML5 para habilitar o modo de borda:


<!doctype html>

O modo de borda começou com o Internet Explorer 8 e foi disponibilizado em cada versão subsequente. Observe que os recursos permitidos pelo modo de borda limitam-se àqueles aceitos pela versão específica do navegador que renderiza o conteúdo.

A partir do IE11, modos de documento foram preteridos e não devem mais ser usados, exceto temporariamente. Verifique se você atualizou sites que dependem de recursos herdados e modos de documento para refletir padrões modernos.

Se for preciso usar um determinado modo de documento para permitir que o site funcione enquanto você o reformula para dar suporte a padrões e recursos modernos, verifique se usou um recurso de transição que não será disponibilizado futuramente.

Se você usa atualmente o cabeçalho x-ua-compatible para acessar um modo de documento herdado, é possível que o seu site não reflita a melhor experiência disponível com o IE11. Para saber mais, consulte modern.ie.

Adições, alterações e remoções de API herdada

Muitos sites pedem navegadores que deem suporte a recursos herdados (HTML4) para fornecer experiências otimizadas em navegadores mais antigos. Isso pode ser um problema para navegadores que dão suporte a recursos herdados e a padrões modernos, como HTML5, CSS3 etc. Se um site detectar recursos herdados antes de procurar suporte para padrões modernos, ele poderá proporcionar experiências herdadas para navegadores que dão suporte a padrões modernos e experiências mais avançadas.

Como resultado, o IE11 adiciona, modifica e remove vários recursos herdados por padrão:

Outros vários recursos de API herdada foram removidos e substituídos por recursos especificados pelos padrões modernos:

Recurso de API removidoRecurso de substituição
attachEvent addEventListener
window.execScript eval
window.doScroll window.scrollLeft, window.scrollTop
document.all document.getElementById
document.fileSize, img.fileSize Use XMLHttpRequest para buscar a fonte.
script.onreadystatechange e script.readyState script.onload
document.selection window.getSelection
document.createStyleSheet document.createElement("style")
style.styleSheet style.sheet
window.createPopup Use div ou iframe com um valor zIndex alto
Comportamentos bináriosVariáveis. Use um equivalente baseado em padrões, como canvas, SVG ou Animações CSS3
Vinculação de dados herdadaUse a vinculação de dados a partir de uma estrutura, como WinJS

 

Essas mudanças ajudam, em parte, a impedir que mecanismos de detecção de agente do usuário insatisfatoriamente elaborados identifiquem (incorretamente) o Internet Explorer como uma versão anterior. Como resultado, os sites que dependem de padrões modernos são exibidos exatamente como planejado.

Codificação de caracteres de URL

O IE11 muda a codificação de caracteres das URLs. Especificamente, as cadeias de caracteres de consulta e as solicitações XHR agora usam a codificação de caracteres UTF-8.

Essa mudança afeta todas as URLs, com as seguintes exceções:

  • componentes de nome de âncora (também chamados de fragmentos).
  • componentes de nome de usuário e senha.
  • links de protocolos file:// ou ftp://.

Essas mudanças correspondem ao comportamento de outros navegadores e simplificam o código XHR entre navegadores.

Atributos de dados personalizados.

O IE11 adiciona suporte a atributos de dados personalizados HTML5 e a propriedade dataset, que fornece acesso via programação a eles. Você pode atribuir atributos de dados de elementos usando um prefixo data- seguido pelo nome do atributo:


<div data-example-data="Some data here"></div>

Para obter ou definir o valor do atributo de dados, use esta sintaxe:


   // to get
   var myData = element.dataset.exampleData;
   // to set
   element.dataset.exampleData = "something new";


Suporte a HTML para a propriedade "pointer-events" de SVG

A partir do IE11, pointer-events também tem suporte como uma propriedade CSS em elementos HTML, com o seguinte efeito:

ValorDescrição

none

O elemento não dispara eventos de entrada de ponteiro (não permite teste de clique).

Qualquer outro valor de pointer-events válido

O elemento dispara eventos de entrada de ponteiro.

 

A propriedade pointer-events é herdada por padrão, por isso afeta todos os descendentes do elemento ao qual é aplicada.

Atualizações que apresentam alterações nas especificações baseadas em padrões

O IE11 também inclui atualizações para dar suporte a especificações da Web baseadas em padrão que foram atualizadas ou que continuam a evoluir. Isso inclui alterações relacionadas ao suporte dos seguintes recursos:

Atualizações de layout de caixa flexível ("Flexbox")

Com o IE11, você pode atualizar seus sites para que eles correspondam ao mais recente padrão de flexbox e também para simplificar o código entre navegadores.

Para saber mais, veja "Atualizações de layout de Caixa flexível ("Flexbox")".

Observadores de mutação

Observadores de Mutação são um novo recurso de plataforma da Web padronizado no IE11 que oferece substituição direta de rápido desempenho para todos os mesmos cenários com suporte em eventos de mutação, bem como uma alternativa para os cenários com suporte em eventos de mudança de propriedade.

Para obter mais detalhes, veja "Observadores de Mutação" e "Migrando eventos de mutação e de mudança de propriedades para Observadores de Mutação".

Eventos de ponteiro

Para estar em conformidade com a Recomendação de Candidato da especificação Eventos de Ponteiro do World Wide Web Consortium (W3C), a implementação do IE11 mudou ligeiramente do que era no Internet Explorer 10.

Para ver os detalhes completos, confira "Atualizações de Eventos de Ponteiro".

 

 

Mostrar:
© 2015 Microsoft