Para exibir o arquivo em inglês, marque a caixa de seleção Inglês. Você também pode exibir o texto em inglês em uma janela popup, movendo o ponteiro do mouse sobre o texto.
Tradução
Inglês

SERVERPROPERTY (Transact-SQL)

Retorna informações de propriedade sobre a instância de servidor.

Aplica-se a: SQL Server (SQL Server 2008 até a versão atual), Banco de dados SQL do Windows Azure (versão inicial até a versão atual).

Ícone de vínculo de tópico Convenções da sintaxe Transact-SQL

SERVERPROPERTY ( propertyname )

propertyname

É uma expressão que contém as informações de propriedade que serão retornadas para o servidor. propertyname pode ser um dos valores a seguir.

Propriedade

Valores retornados

BuildClrVersion

Versão do Microsoft .NET Framework Common Language Runtime (CLR) que foi usado durante a criação da instância do SQL Server.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

Collation

Nome do agrupamento padrão para o servidor.

NULL = Entrada inválida ou um erro.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

CollationID

ID do agrupamento do SQL Server.

Tipo de dados base: int

ComparisonStyle

Estilo de comparação do agrupamento do Windows.

Tipo de dados base: int

ComputerNamePhysicalNetBIOS

O nome NetBIOS do computador local no qual a instância do SQL Server está em execução no momento.

Para uma instância clusterizada de SQL Server em um cluster de failover, este valor muda à medida que a instância de SQL Server efetua failover para os outros nós no cluster de failover.

Em uma instância autônoma do SQL Server, esse valor permanece constante e retorna o mesmo valor que a propriedade MachineName.

Observação Observação

Se a instância do SQL Server estiver em um cluster de failover e você desejar obter o nome da instância clusterizada de failover, use a propriedade MachineName.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

Edition

Edição instalada do produto da instância do SQL Server. Use o valor dessa propriedade para determinar os recursos e os limites, como Computar limites de capacidade por edição do SQL Server. Versões de 64 bits do Mecanismo de Banco de Dados anexam (64 bits) à versão.

Retorna:

'Enterprise Edition'

‘Enterprise Edition: licenciamento baseado em núcleo’

'Enterprise Evaluation Edition'

‘Business Intelligence Edition’

'Developer Edition'

'Express Edition'

'Express Edition com Advanced Services'

'Standard Edition'

'Web Edition'

Banco de dados SQL

Tipo de dados base: nvarchar(128)

EditionID

EditionID representa a edição instalada do produto da instância do SQL Server. Use o valor dessa propriedade para determinar os recursos e os limites, como Computar limites de capacidade por edição do SQL Server.

1804890536 = Enterprise

1872460670 = Enterprise Edition: licenciamento baseado em núcleo

610778273= Enterprise Evaluation

284895786 = Business Intelligence

-2117995310 = Developer

-1592396055 = Express

-133711905= Express com Advanced Services

-1534726760 = Standard

1293598313 = Web

1674378470 = Banco de Dados SQL

Tipo de dados base: bigint

EngineEdition

Edição do Mecanismo de Banco de Dados da instância do SQL Server instalada no servidor.

1 = Personal ou Desktop Engine (Não disponível no SQL Server 2005 e em versões posteriores.)

2 = Standard (Retornada para Standard, Web e Business Intelligence.)

3 = Enterprise (This is returned for Evaluation, Developer e Enterprise editions.)

4 = Express (Retornada para Express, Express with Tools e Express com Advanced Services)

5 = Banco de Dados SQL

Tipo de dados base: int

HadrManagerStatus

Indica se o gerenciador do Grupos de Disponibilidade AlwaysOn foi iniciado.

0 = não iniciado, comunicação pendente.

1 = iniciado e em execução.

2 = não iniciado e com falha.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Aplica-se a: SQL Server 2012 a SQL Server 2014.

InstanceName

Nome da instância à qual o usuário está conectado.

Retornará NULL se o nome de instância for a instância padrão, se a entrada não for válida, ou erro.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

IsClustered

A instância de servidor é configurada em um cluster de failover.

1 = Clusterizado.

0 = Não clusterizado.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

IsFullTextInstalled

Os componentes de indexação de texto completo e semântica são instalados na instância atual do SQL Server.

1 = Componentes de indexação de texto completo e semântica são instalados.

0 = Componentes de indexação de texto completo e semântica não são instalados.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

IsHadrEnabled

Grupos de Disponibilidade AlwaysOn é habilitado nessa instância do servidor.

0 = O Grupos de Disponibilidade AlwaysOn está desabilitado.

1 = O recurso Grupos de Disponibilidade AlwaysOn está habilitado.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

Para que réplicas de disponibilidade sejam criadas e executadas em uma instância do SQL Server, Grupos de Disponibilidade AlwaysOn deve estar habilitado na instância do servidor. Para obter mais informações, consulte Habilitar e desabilitar Grupos de Disponibilidade AlwaysOn (SQL Server).

Observação Observação

A propriedade IsHadrEnabled pertence somente ao Grupos de Disponibilidade AlwaysOn. Outros recursos de alta disponibilidade ou de recuperação de desastre, como espelhamento de banco de dados ou envio de logs, não são afetados por essa propriedade de servidor.

Aplica-se a: SQL Server 2012 a SQL Server 2014.

IsIntegratedSecurityOnly

O servidor está em modo de segurança integrado.

1 = Segurança integrada (Autenticação do Windows)

0 = Segurança não integrada. (Autenticação do Windows e Autenticação do SQL Server.)

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

IsLocalDB

O servidor é uma instância do SQL Server Express LocalDB.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Aplica-se a: SQL Server 2012 a SQL Server 2014.

IsSingleUser

O servidor está em modo de usuário único.

1 = Usuário único.

0 = Usuário não único

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

IsXTPSupported

Servidor dá suporte a OLTP na memória.

1= Servidor dá suporte a OLTP na memória.

0 = O servidor não oferece suporte a OLTP na memória.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

Aplica-se a: SQL Server 2014 a SQL Server 2014.

LCID

Identificador de localidade do Windows (LCID) do agrupamento.

Tipo de dados base: int

LicenseType

Não utilizado. As informações de licença não são preservadas ou mantidas pelo produto SQL Server. Sempre retorna DISABLED.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

MachineName

Nome do computador do Windows no qual a instância de servidor está sendo executada.

Para uma instância clusterizada, uma instância do SQL Server em execução em um servidor virtual no Microsoft Cluster Service, retorna o nome do servidor virtual.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

NumLicenses

Não utilizado. As informações de licença não são preservadas ou mantidas pelo produto SQL Server. Sempre retorna NULL.

Tipo de dados base: int

ProcessID

ID do processo do serviço SQL Server. ProcessID é útil para identificar qual Sqlservr.exe pertence a essa instância.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

Tipo de dados base: int

ProductVersion

Versão da instância do SQL Server, no formato 'major.minor.build.revision'.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

ProductLevel

Nível da versão da instância do SQL Server.

Retorna uma destas opções:

'RTM' = Versão original

'SPn' = versão Service pack

'CTP', = Versão Community Technology Preview

Tipo de dados base: nvarchar(128)

ResourceLastUpdateDateTime

Retorna a data e a hora da última atualização do banco de dados do Recurso.

Tipo de dados base: datetime

ResourceVersion

Retorna o banco de dados do Recurso da versão.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

ServerName

As informações do servidor e da instância do Windows associadas a uma instância especificada do SQL Server.

NULL = Entrada inválida ou um erro.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

SqlCharSet

A ID do conjunto de caracteres SQL da ID do agrupamento.

Tipo de dados base: tinyint

SqlCharSetName

O nome do conjunto de caracteres SQL do agrupamento.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

SqlSortOrder

O ID da ordem de classificação SQL do agrupamento

Tipo de dados base: tinyint

SqlSortOrderName

O nome da ordem de classificação SQL do agrupamento.

Tipo de dados base: nvarchar(128)

FilestreamShareName

O nome do compartilhamento usado por FILESTREAM.

NULL = Entrada inválida, um erro ou não aplicável.

FilestreamConfiguredLevel

O nível de acesso ao FILESTREAM configurado. Para obter mais informações, consulte o nível de acesso de fluxo de arquivos.

FilestreamEffectiveLevel

O nível de acesso ao FILESTREAM efetivo. Esse valor poderá ser diferente de FilestreamConfiguredLevel se o nível tiver sido alterado e se a reinicialização de uma instância ou de um computador estiver pendente. Para obter mais informações, consulte o nível de acesso de fluxo de arquivos.

Propriedade ServerName

A propriedade ServerName da função SERVERPROPERTY e @@SERVERNAME retornam informações similares. A propriedade ServerName fornece o servidor do Windows e o nome da instância que, juntos, compõem a instância exclusiva do servidor. @@SERVERNAME fornece o nome do servidor local configurado no momento.

A propriedade ServerName e @@SERVERNAME retornarão as mesmas informações se o nome do servidor padrão no momento da instalação não tiver sido alterado. O nome de servidor local pode ser configurado executando o seguinte:

EXEC sp_dropserver 'current_server_name';
GO
EXEC sp_addserver 'new_server_name', 'local';
GO

Se o nome do servidor local não foi alterado em relação ao nome di servidor padrão no momento da instalação, @@SERVERNAME retornará um novo nome.

Propriedades da versão

A função SERVERPROPERTY retorna propriedades individuais relacionadas às informações da versão enquanto a função @@VERSION combina a saída em uma cadeia de caracteres. Se seu aplicativo exigir cadeias de caracteres de propriedade individuais, você poderá usar a função SERVERPROPERTY para retorná-las, em vez de analisar os resultados de @@VERSION.

O exemplo a seguir usa a função SERVERPROPERTY em uma instrução SELECT para retornar informações sobre o servidor atual. Essa situação é útil quando existem diversas instâncias de SQL Server instaladas no servidor Windows e o cliente deve abrir outra conexão à mesma instância usada pela conexão atual.

SELECT CONVERT(sysname, SERVERPROPERTY('servername'));
GO

O exemplo a seguir usa a função SERVERPROPERTY em uma instrução SELECT para retornar informações de versão sobre o produto.

SELECT
SERVERPROPERTY('ProductVersion') AS ProductVersion,
SERVERPROPERTY('ProductLevel') AS ProductLevel,
SERVERPROPERTY('Edition') AS Edition,
SERVERPROPERTY('EngineEdition') AS EngineEdition;
GO
Mostrar: