Biblioteca MSDN

Novidades para os desenvolvedores do Office 2013

Saiba mais sobre os recursos e tecnologias do Office 2013 interessantes para os desenvolvedores.

Última alteração:segunda-feira, 9 de março de 2015

Aplica-se a:apps for Office | apps for SharePoint | Office 2013 | Office 365 | SharePoint Foundation 2013 | SharePoint Server 2013

O Office 2013 é o futuro da produtividade. É uma versão interessante para os usuários e os desenvolvedores. Aonde quer que você vá, o Office 2013 acompanha você, incorporando seu email, documentos importantes, contatos, calendários e configurações pessoais a praticamente, qualquer dispositivo, incluindo experiências com toque habilitado (veja a Figura 1).

Figura 1. Experiência de produtividade do Office 2013

Experiência de produtividade do Office 2013 Preview

O Office 2013 traz a Web para os aplicativos clientes do Office. A Web oferece uma grande quantidade de soluções e cenários novos e interessantes em um ambiente dinâmico para o desenvolvimento de aplicativos Web. Agora, você pode usar linguagens dinâmicas, como Python, PHP, Perl e JavaScript, bem como ferramentas de desenvolvimento da Web, como o Microsoft Visual Studio 2012 para o desenvolvimento de aplicativos.

O Office 2013 trata da interação da Web com os aplicativos do Office com os quais já estamos familiarizados. Isso transfere o foco de desenvolvimento da linguagem prioritária (Microsoft Visual Basic para Aplicativos) para linguagens baseadas na Web (HTML, CSS, JavaScript etc.) que permitem que você use suas habilidades de desenvolvimento na Web para o desenvolvimento no Office. Adicione recursos baseados na Web aos aplicativos do Office usando os Suplementos do Office (que antes tinham o nome de código de "Agave") (veja a Figura 2).

Figura 2. Trazendo a Web para os aplicativos do Office

Trazendo a Web para os aplicativos do Office

Os Suplementos do Office serão detalhados posteriormente neste artigo. O Office 2013 apresenta os seguintes componentes-chave.

Navegador no Office

O Office 2013 continua a oferecer suporte aos serviços e tecnologias aos quais você já está familiarizado e apresenta fácil integração com a Web (veja a Figura 3).

Figura 3. O Office 2013 continua oferecendo suporte a recursos conhecidos

O Office 2013 Preview continuar a oferecer suporte a recursos

Você pode trazer o melhor da Web para os aplicativos do Office criando soluções visualmente ricas que integram conteúdos da Web e dados. Você também pode usar novas ferramentas eficientes no Visual Studio 2012 para acelerar o desenvolvimento. Com o Office 2013, as soluções de código utilizam a mesma base de códigos para que elas possam funcionar em vários aplicativos e dispositivos, ajudando a reduzir os custos de desenvolvimento devido à reengenharia e ao reprojeto.

Esta moderna plataforma de desenvolvimento traz soluções da Web para o Office por meio de uma experiência totalmente interativa ao estilo de navegador e permite a você criar soluções com maior velocidade usando linguagens da Web com base em padrões, como JavaScript, HTML5 e JQuery. Por exemplo, você pode combinar dados de vendas de um banco de dados de gerenciamento de relacionamentos com clientes ao serviço da Web de mapas do Bing para criar um relatório de vendas mas eficiente.

Lembre-se de que o JQuery é uma biblioteca baseada no padrão JavaScript.

O Office 2013 é uma plataforma robusta para a criação de soluções empresariais. O Office 2013 oferece os seguintes benefícios:

  • Tempo de desenvolvimento rápido

  • Fácil integração com os sistemas de linha de negócios (LOB)

  • Plataforma segura e confiável

  • Fácil de implantar e de gerenciar

Office Store

O Office 2013 fornece uma Office Store para soluções do Microsoft Office. A Office Store pode ser usada para comprar soluções para uma organização. As organizações também terão a opção de uma loja interna conhecida como Catálogo de Aplicativos. O Catálogo de Aplicativos é um local central para todas as soluções corporativas, tendo elas sido desenvolvidas interna ou externamente. Ela permite ao setor de TI gerenciar e monitorar soluções de um local central e ajuda os usuários a encontrarem soluções.

Há diversas vantagens em usar a Office Store para o setor de TI e usuários finais:

  • Gerenciamento simplificado – oferece um local para todas as soluções

  • Maior segurança – monitore os aplicativos e as ameaças à segurança de um só local

  • Configuração central – controle a visibilidade e a disponibilidade das soluções; desabilite o código mal-intencionado usando a configuração central

  • Descoberta – as soluções são fáceis de localizar e de baixar

  • Execução remota – as soluções não precisam estar instaladas no computador do usuário para estarem disponíveis

Telemetria e análises

Conforme aumentam os números de arquivos e soluções em uma organização, o gerenciamento e a segurança se tornam uma tarefa cara. O Office 2013 ajuda a identificar as soluções usadas com mais frequência, simplificando o processo de atualização. Também há uma telemetria adicional disponível no Office 2013 que fornece informações sobre a integridade das soluções que foram implantadas, reduzindo, assim, os custos gerais de gerenciamento de TI e melhorando a qualidade do serviço (veja a Figura 4). A nova ferramenta para gerenciar a integridade dos aplicativos implantados é chamada de Painel de Telemetria do Office.

Também há um Telemetry Log for Office 2013 que permite que você identifique entidades de programação específicas – coleções, classes, enumerações, métodos e propriedades – que foram substituídas, ocultadas ou alteradas com relação a versões anteriores. Isso permite a você refatorar suas soluções de maneira mais rápida, identificando o código que é incompatível com o Office 2013.

Figura 4. Painel de Telemetria do Office

Painel de Telemetria do Office

Modelo de objeto comum do JavaScript

A plataforma de desenvolvimento do aplicativo do Office 2013 tem como base uma API comum (veja a Figura 5) para o desenvolvimento baseado na Web. Isso é possível devido ao grande número de objetos comuns que o Office consegue ler, gravar e estabelecer ligações. O Microsoft Visual Basic for Applications (VBA) também tem suporte para o desenvolvimento de aplicativos individuais do Office 2013.

Figura 5. API comum do Office

Arquitetura de desenvolvimento de JSOM de extensão da Web

Além do novo foco da Web para o Office, os aplicativos do Office 2013 também se beneficiaram dos recursos adicionados e aprimorados. As seções a seguir fornecem mais informações sobre os benefícios dos produtos do Office 2013.

O Access 2013 foi desenvolvido para simplificar o desenvolvimento para a Web de maneira muito semelhante ao que fazia em cenários envolvendo o desenvolvimento para o Microsoft Windows. O Access 2013 permite que você crie rapidamente aplicativos que podem ser usados para executar aplicativos LOB.

Aplicativos centrados em dados

O Access 2013 conta com uma nova estrutura que foi projetada para um propósito ― permitir que os usuários criem aplicativos Web centrados em dados. Os Access Services usam o Microsoft SQL Server 2012 ou o SQL Azure para armazenar dados. Usar o SQL Server para armazenar dados oferece um novo nível de capacidade de gerenciamento e escalabilidade.

Integração com outras tecnologias

Usando as tecnologias padrão, o Access 2013 expande, significativamente, o número de ferramentas de desenvolvedor que podem ser usadas para personalizar os aplicativos do Access. Usando o SQL Server como um depósito de dados, o Access 2013 melhora, significativamente, a capacidade de gerenciamento e a escalabilidade dos aplicativos do Access. A compatibilidade com o Office 365 e o SQL Azure expande, significativamente, o alcance dos aplicativos do Access.

Para mais informações sobre os recursos do Access 2013, consulte Novo no Access para desenvolvedores.

Os Suplementos do Office permitem um novo modelo de extensibilidade para aplicativos cliente do Office 2013 com suporte. Esse novo modelo foi projetado para permitir que os desenvolvedores de Web criem com facilidade soluções com base na Web que expandem os aplicativos cliente do Office. Um Suplemento do Office é, essencialmente, uma página da Web que pode ser hospedada dentro de um aplicativo cliente do Office para oferecer conteúdos ou funcionalidades expandidas em um documento, hospedada em um painel de tarefas associado ao aplicativo cliente, ou ativada contextualmente em uma mensagem de email. Os Suplementos do Office oferecem uma nova forma de expandir os aplicativos cliente do Office por meio de tecnologias padrão da Web, como HTML, CSS, JavaScript e REST.

Para implantar os Suplementos do Office, há uma nova API baseada em JavaScript que oferece acesso programático simples e consistente a documentos e aplicativos do Microsoft Office em ambientes de cliente do Office por meio de tipos de dados, objetos, funções e eventos comuns e específicos para o aplicativo. A API do JavaScript para a biblioteca dos Suplementos do Office fornece objetos e membros para a leitura e gravação dos documentos com suporte do Office, bem como para lidar com aplicativos-chave e eventos de usuário como a alteração da seleção.

Você pode carregar os aplicativos para a Office Store pública para um catálogo de aplicativos privado no SharePoint, para um compartilhamento de arquivo ou para um servidor do Exchange:

  • Publicação na Office Store – o Office 2013 oferece aos usuários a capacidade de encontrar soluções diretamente de um marketplace público hospedado no Office.com. A Office Store oferece um local conveniente para que você possa carregar novas soluções de aplicativo direcionadas tanto para clientes quanto para empresas. Como um desenvolvedor, ao carregar seu aplicativo para o marketplace público, a Microsoft executará algumas verificações de validação nele.

  • Publicação dos aplicativos de conteúdo e painel de tarefas em um Catálogo de Aplicativos – para os aplicativos de conteúdo e painel de tarefas, os departamentos de TI podem implantar e configurar catálogos de aplicativos privados para oferecer a mesma experiência de catálogo de soluções do Office que a Office Store oferece. Essa nova plataforma de desenvolvimento e catálogo permite que o departamento de TI use um método otimizado para provisionar aplicativos do Office e do SharePoint para usuários gerenciados de um local central, sem a necessidade de implantar soluções para cada cliente.

  • Publicação dos aplicativos de conteúdo e painel de tarefas em um catálogo de Compartilhamento de Arquivo – de forma alternativa, em uma configuração corporativa, o departamento de TI pode implantar aplicativos de conteúdo e painel de tarefas criados por desenvolvedores internos ou externos para o compartilhamento de um arquivo central, em que os arquivos de manifesto serão armazenados e gerenciados. Em ambos os casos, quando os aplicativos são, posteriormente, atualizados por seus desenvolvedores, não há a necessidade de transmitir as atualizações para os usuários finais nem de que o departamento de TI reimplemente-as para usuários corporativos.

  • Publicação de aplicativos de email para o Exchange Server – os aplicativos de email para Outlook podem ser instalados por um administrador em um catálogo do Exchange disponível para os usuários do Exchange Server no qual ele reside. Ele permite a publicação e gerenciamento de soluções de aplicativos de email corporativo, incluindo aqueles criados internamente, bem como as soluções adquiridas da Office Store e licenciadas para uso corporativo. Os aplicativos para o Outlook são instalados em um catálogo do Exchange por um administrador de servidor usando o Console de Gerenciamento Unificado (UMC) do Exchange ou executando os cmdlets remotos do Windows PowerShell.

    Os usuários também podem instalar aplicativos para o Outlook. Tanto no cliente do Outlook quanto no Outlook Web App (OWA), existe uma interface de usuário que permite clicar e instalar, de forma conveniente, os aplicativos da Office Store.

Os Suplementos do Office podem fazer praticamente qualquer coisa que uma página da Web pode fazer em um navegador:

  • Fornecer uma interface do usuário interativa e uma lógica personalizada por meio de DHTML e JavaScript

  • Usar as estruturas do JavaScript, como JQuery e JQueryU

  • Conectar-se aos serviços REST e Web via HTTP e AJAX

De forma similar, os Suplementos do Office estão sujeitos às mesmas restrições impostas pelos navegadores nas páginas da Web, como a política de mesma origem para isolamento do domínio e zonas de segurança.

Opções para os Suplementos do Office:

  • Um Suplemento do Office do painel de tarefas permitirá que os usuários do Office vejam uma extensão lado a lado com um documento do Office. Por exemplo, permitir que os usuários pesquisem informações de um serviço Web baseado em um nome de produto realçado em um documento.

  • O conteúdo do Suplemento do Office permitirá que as páginas da Web se tornem parte de um documento como conteúdo incorporado que pode ser exibido nos documentos. Por exemplo, você pode incorporar um vídeo do YouTube ou uma galeria de imagens.

  • O Suplemento do Office do email funciona com o Outlook 2013 e o OWA, e permite que você exiba o conteúdo com um item de calendário ou email em particular.

A tabela a seguir lista os tipos de Suplementos do Office com suporte para cada um dos produtos do Office 2013.

Tabela 1. Aplicativos com suporte para tipos de Office por produto

Produto

Tipo com suporte

Excel 2013

Painel de Tarefas

Conteúdo

Excel Online

Conteúdo

Word 2013

Painel de Tarefas

Outlook 2013

Email

Outlook Web App

Email

Microsoft Project Professional 2013

Painel de Tarefas

Os Suplementos do Office são compostos de um arquivos XML de Manifesto e uma página da Web, conforme exibido na Figura 6 e na Figura 7.

Figura 6. Componentes básicos de um Aplicativo para o Office

Componentes básicos para um aplicativo para o Office

Figura 7. Aplicativo básico para o exemplo do Office

Exemplo de aplicativo básico para o Office

Para mais informações sobre os Suplementos do Office, consulte Visão geral da plataforma Suplementos do Office.

Exemplos de Aplicativos para o Office

Para ver um exemplo de um Suplemento do Office, veja a Figura 8. Esse é um aplicativo de painel de tarefas para o Excel. Agora, pense nos dados de LOB que a sua empresa usa todos os dias. Neste exemplo, você interagirá com o documento, inserindo os dados do painel de tarefas no documento e, em seguida, lendo esses dados novamente e inserindo-os em uma caixa no painel de tarefas.

Figura 8. Aplicativo do painel de tarefas para o Excel

Aplicativo de painel de tarefas para o Excel

Com uma ampla integração da Web fornecida pelo Suplemento do Office, você pode acessar os dados e o conteúdo da Web em um único local, para obter uma análise completa dos dados.

Da mesma forma, a Figura 9 mostra uma solução similar em um aplicativo de conteúdo para o Excel. Nesse caso, o navegador da Web está em linha com o conteúdo.

Figura 9. Aplicativo de conteúdo para o Excel

Aplicativo de conteúdo para o Excel

O Visual Studio 2012 contém um modelo para um Suplemento do Office (veja a Figura 10).

Figura 10. Aplicativos para os modelos do Office no Visual Studio

Aplicativos para modelos do Office no Visual Studio

Quando você cria um projeto do Suplemento do Office no Visual Studio 2012, todos os arquivos necessários são criados para você:

  • App1.html – exemplo de página da Web

  • App1.xml – arquivo de manifesto

  • App1.js – arquivo de script

  • App1.css – folha de estilo em cascata

  • Office.js – arquivo de biblioteca de classe do Office

Além disso, quando você executa o projeto para testar, o aplicativo do Office em particular é iniciado para você.

Em geral, o Office 2013 continua a dar suporte a modelos de objetos de cliente do Office com base em COM para os clientes avançados do Office utilizando computadores desktop. No entanto, recomenda-se que você aproveite os benefícios dos aplicativos para a plataforma do Office. Portanto, antes de criar novas soluções, dê prioridade a seus cenários e verifique se você pode desenvolver as novas soluções usando os aplicativos para a plataforma do Office, antes de tomar a decisão final.

Observação Observação

Para obter mais informações e um exemplo do processo de decisão, consulte o artigo Selecionando uma API ou tecnologia para desenvolver soluções para o Outlook.

A edição RT do Office Home and Student 2013 é uma exceção que executa dispositivos baseados em ARM com o Windows 8 RT. Essa edição inclui o Excel 2013, o OneNote 2013, PowerPoint 2013 e o Word 2013. Lembre-se de que, devido à quantidade limitada de memória nos dispositivos de ARM, essa edição do Office não dá suporte a macros (incluindo arquivos .XLM), suplementos e controles ActiveX.

O Excel 2013 é uma plataforma para o desenvolvimento de soluções empresariais e financeiras eficientes. Você escreve o código para personalizar e estender o Excel 2013 de diversas formas – operações de automação, personalizações de interface do usuário, formulários de entrada de dados e extensão de fórmulas com funções definidas por usuários, para mencionar apenas algumas.

Novas funções de planilha

O Excel 2013 adiciona cerca de 50 novas funções de planilha de compatibilidade com o Open Document Format (ODF 1.2).

Análise Rápida

O recurso de Análise Rápida (veja a Figura 11) é uma interface do usuário contextual que permite o acesso por meio de um único clique aos recursos de análise de dados, como fórmulas, formatação condicional, minigráficos, tabelas, gráficos e tabelas dinâmicas. Você pode habilitar e desabilitar, programaticamente, a tela do novo recurso de Análise Rápida no Excel 2013.

Figura 11. Análise Rápida

Lentes de análise

Disponibilidade de novas fontes de dados

Você pode se conectar a um conjunto de novas fontes de dados com suporte no PowerPivot, incluindo feeds OData, Azure, feeds de dados do SharePoint e provedores OLE DB adicionais.

Uso programático do DataModel OM

Um novo modelo de objeto de DataModel (parte do modelo de objeto do VBA) permite que você carregue e atualize programaticamente as fontes de dados.

Criar gráficos dinâmicos independentes das tabelas dinâmicas

Você pode usar a desassociação dos gráficos dinâmicos das tabelas dinâmicas no Excel 2013. Os Gráficos Dinâmicos e as Tabelas Dinâmicas com base em uma fonte de dados do PowerPivot ou OLAP podem ser desassociados de maneira a permitir que um Gráfico Dinâmico possa ser criado independentemente de qualquer Tabela Dinâmica, e a navegação pelos dados pode ser realizada por meio de uma experiência exclusiva de Gráfico Dinâmico. Isso contrasta com o atual paradigma no qual um gráfico dinâmico é criado associado a uma tabela dinâmica. Essa desassociação será representada tanto no Excel 2013 Cliente quanto no Microsoft Excel Services.

Interface de documento único

A mudança para uma interface de documento único (SDI) no Excel 2013 tem implicações para a capacidade de programação. A SDI significa que cada pasta de trabalho terá sua própria janela de aplicativo de nível superior e terá sua própria faixa de opções correspondente.

Ligar e desligar as animações programaticamente

Você pode usar a nova propriedade EnableMacroAnimations no objeto Application para ativar/desativar a exibição de animações. As animações são desabilitadas por padrão durante a execução da macro. Para habilitar a animação, adicione Application.EnableMacroAnimation = True no início da macro. Esta configuração deve ser definida para cada macro para habilitar o Excel para exibir animações durante a execução da macro.

Uso de funções de serviços da Web

Agora, você pode usar as funções de serviços da Web (na categoria de funções da Web) para acessar de forma anônima os serviços da Web REST.

Para mais informações sobre os recursos no Excel 2013, consulte Novo no Excel para desenvolvedores.

O InfoPath 2013 facilita a criação de aplicativos avançados baseados em formulários na plataforma do Microsoft SharePoint Server.

Maior integração com os produtos do Office 2013

O InfoPath 2013 oferece uma excelente integração com outros programas e servidores do Office, que ajudam a melhorar a maneira como você coleta, organiza e gerencia os dados. As soluções existentes do InfoPath continuarão a funcionar com os aplicativos do Office 2013 e SharePoint Server. Nessa versão, o InfoPath 2013 não apresentou novas funcionalidades nem cenários.

Nova maneira de gravar e editar um código

As Ferramentas do Visual Studio da Microsoft para IDE de Aplicativos foram removidas do Microsoft InfoPath Designer 2013. A gravação ou edição de códigos de formulário no InfoPath Designer 2013, agora, requer o Visual Studio 2012 e o suplemento Visual Studio Tools for Applications 11. A experiência de programação em si não mudou, mas você pode, agora, usar toda a experiência de desenvolvimento do Visual Studio gravar código gerenciado em seus formulários do InfoPath.

O OneNote 2013 ajuda você a controlar sua vida oferecendo o lugar ideal para armazenar suas notas e ideias. Você pode capturar o texto, imagens, áudio e vídeo como notas, e compartilhá-los com amigos e colegas. As novas propriedades permitem que os suplementos interajam com os novos tipos de documentos incorporados ao Office e também oferecem melhorias de desempenho para páginas com certos tipos de conteúdo.

Arquivos incorporados

O OneNote 2013 permite que você incorpore arquivos do Excel e do Visio como documentos dinâmicos em uma página, em vez de apenas adicioná-los como arquivos. Isso permite que os usuários interajam diretamente com o conteúdo dentro do OneNote sem ter que abrir o documento no Excel ou no Visio. Existem várias propriedades novas para esses novos tipos de documentos expostas no esquema XML.

Aprimoramentos da caixa de diálogo Arquivamento Rápido

A caixa de diálogo Arquivamento Rápido pode, agora, exibir um link de ajuda na caixa de diálogo e permite que os usuários criem um bloco de anotações. Esses recursos adicionais da caixa de diálogo podem ser habilitados programaticamente.

Melhorias no desempenho

O novo Tipo de Informação da Página (piFileType) para o método GetPageContent pode ser usado para recuperar o conteúdo de uma página sem decodificar os dados binários como tinta, imagens ou arquivos incorporados.

O Outlook 2013 oferece a você um gerenciador de tempo e informações completo. A mobilidade é um importante aspecto dos negócios globais e ter o Outlook 2013 em vários dispositivos garante ao cliente uma imensa vantagem competitiva. O foco na Web do Outlook, na forma de aplicativos de email para o Outlook, permite que as páginas da Web sejam exibidas dentro da mensagem ou do item de compromisso exibido no momento que reside em um servidor do Exchange 2013. Elas podem acessar informações contextuais do item e, em seguida, usar esses dados para acessar informações adicionais no servidor e de serviços da Web para criar experiências de usuário mais atrativas.

Respostas Embutidas

O Outlook 2013 apresenta o recurso de resposta embutida, no qual o usuário pode redigir uma resposta embutida, em vez de abrir uma nova janela do Inspetor. Se sua solução exigir a adição de controles personalizados da interface do usuário do Fluent para a faixa de opções Redigir Anotação ou se você precisar aplicar a lógica de negócios ou funcionalidade personalizada a uma mensagem de resposta antes de enviá-la, modifique sua solução para usar o novo evento InlineResponse no objeto do Explorer.

Desabilitar Suplementos

Ampliando a resiliência do suplemento do Outlook 2010, o Outlook 2013 monitora os contadores de desempenho de suplementos, como a inicialização de suplementos, desligamento, troca de pasta, abertura de item e tempo de iteração. Por exemplo, se o tempo médio de inicialização exceder um valor especificado, o Outlook desabilitará o suplemento e exibirá uma notificação para o usuário, informando que um suplemento foi desabilitado. O usuário tem a opção de sempre habilitar o suplemento, para que o Outlook não o desabilite caso ele exceda o limite de desempenho. Os administradores do Sistema também têm um novo e otimizado nível de controle sobre quais suplementos são desabilitados usando a política de grupo.

Aplicativo de email para o Outlook

Um aplicativo de email para o Outlook oferece acesso a informações contextuais sobre a mensagem ou compromisso visualizado no momento, para que você possa fornecer uma experiência mais rica aos seus clientes. Você pode acessar informações sobre o Exchange 2013, assim como outros serviços da Web, para criar interfaces atrativas que integram as informações dos seus clientes ao trabalho deles. Um aplicativos de email para o Outlook é executado, por padrão, no cliente do Outlook em um computador, mas também pode ser executado sem alterações no Outlook Web App e no Outlook Web App, nos dispositivos móveis. Isso oferece aos seus clientes uma experiência contínua no desktop, na Web e em outros dispositivos móveis, incluindo tablets e smartphones.

Você pode criar um aplicativo de email para o Outlook usando tecnologias padrão da Web — HTML para oferecer a interface do usuário e JavaScript para oferecer a conexão com informações do Exchange 2013 ou de serviços da Web. O aplicativo de email para o Outlook é executado em um painel de janela isolado, o qual é exibido com o item que está sendo visualizado no momento. A Figura 12 mostra um mapa do Bing do primeiro endereço que aparece no corpo de uma mensagem de email.

Figura 12. Aplicativo de email para o Outlook mostrando um mapa do Bing contextual

Aplicativo de email para o Outlook mostrando o mapa sensível ao contexto

Serviço de dados do tempo para a Barra do Tempo

Uma nova Barra do Tempo no Outlook 2013 usa o MSN Clima para fornecer previsões meteorológicas para locais selecionados pelo usuário. Serviços de dados sobre o tempo de terceiros podem ser vinculados ao Outlook para oferecer previsões do tempo similares.

Para mais informações sobre os recursos no Outlook 2013, consulte Novo no Outlook para desenvolvedores.

O Visio 2013 oferece uma plataforma única e avançada para soluções de desenho personalizadas. Os novos objetos, coleções, propriedades, métodos, enumerações e eventos automáticos, juntamente com um novo formato, oferecem mais opções para a definição do comportamento dos elementos nas soluções.

Novo formato de arquivo

O Visio 2013 apresenta um novo formato de arquivo, com base no padrão Open Packaging Conventions (OPC) (ISO 29500, Parte 2) e os elementos XML do formato de arquivo anterior XML do Visio (.vdx). É um formato de arquivo compactado com base em XML, semelhante aos formatos de arquivo usados em aplicativos do Office.

O novo formato de arquivo fornece um formato único que tem suporte tanto do Visio 2013 quanto dos Serviços do Visio no SharePoint 2013.

O novo formato de arquivo inclui os seguintes tipos de arquivo:

  • .vsdx (Desenho do Visio)

  • .vsdm (Desenho habilitado para macro do Visio)

  • .vssx (Estêncil do Visio)

  • .vssm (Estêncil habilitado para macro do Visio)

  • .vstx (Modelo do Visio)

  • .vstm (Modelo habilitado para macro do Visio)

Ao utilizar o suporte de leitura e gravação existente para o pacote de formatos de arquivo (como System.IO.Packaging) e para a análise de XML, você pode trabalhar, programaticamente, com os novos formatos de arquivo.

O Visio 2013 mantém a capacidade de ler os formatos de arquivo anteriores. O Visio 2013 não salva o formato de arquivo anterior XML do Visio (.vdx) ou formatos de arquivo do Visio 2010. As soluções ou ferramentas que usam arquivos no formato de arquivo XML (.vdx) anterior do Visio podem ter que ser reformatadas para permitir a leitura no novo formato e esquema de arquivo. Os Visio Services renderizam os novos formatos de desenho do Visio (.vsdx) e de desenho habilitado para macro do Visio (.vsdm), além do formato de Desenho da Web do Visio (.vdw).

Temas

Os temas foram reprojetados no Visio 2013, utilizando uma variedade maior de efeitos e estilos, incluindo a integração de efeitos de Shape Art. Agora, os usuários podem escolher um estilo dominante, aplicando um tema, personalizando o diagrama com variantes do tema e realçando formas individuais com os Estilos Rápidos. Os desenvolvedores da ShapeSheet podem usar esses recursos com novas funções e células na ShapeSheet.

Alterar formas

O Visio 2013 inclui uma API de substituição de formas que permite trocar uma forma por outra contida em um estêncil, enquanto mantém alguns dos valores locais da forma original. Os desenvolvedores de forma podem atualizar as configurações da ShapeSheet de suas formas personalizadas para especificar o comportamento de troca de forma dessas formas.

Efeitos de forma

Novos efeitos de forma como o bisel, rotação 3-D, brilho, reflexo e esboço foram adicionados ao Visio 2013. Os desenvolvedores da ShapeSheet podem usar esses efeitos para projetar formas com uma aparência mais moderna.

Comentários

O Visio 2013 inclui uma nova estrutura para comentários. Agora, os comentários podem ser associados a uma forma ou página específica. O Visio 2013 inclui uma API para obter e fazer comentários, e comentários que não podem ser mais acessados por meio da ShapeSheet. O Visio Services possui uma API do JavaScript para recuperar comentários de um diagrama.

Geometrias relativas

Agora, o Visio 2013 suporta a geometria relativa na ShapeSheet. Agora, os desenvolvedores do forma podem usar geometrias relativas para especificar geometrias como constantes, que multiplicam pela altura ou largura automaticamente. Isso permite aos desenvolvedores criar formas mais fáceis de serem lidas, com melhor desempenho e menores tamanhos de arquivo.

Recortes de imagem personalizáveis

O Visio 2013 suporta a definição de um caminho para Recortes de imagem personalizáveis para cortar as imagens em qualquer forma. Isso amplia os recursos do Visio 2010 que suportava o corte de imagens no formato retangular. Essa função está disponível na ShapeSheet.

Para mais informações sobre os recursos do Visio 2013, consulte Novo no Visio para desenvolvedores.

O Word 2013 ajuda você a produzir documentos com aparência profissional oferecendo um amplo conjunto de ferramentas para a criação e formatação de um documento. Os excelentes recursos de revisão, comentários e comparação o ajudam a reunir e gerenciar comentários de colegas de maneira mais rápida. A integração avançada de dados garante que os documentos permanecerão conectados a fontes importantes de informações de negócios.

Aprimoramentos para controles de conteúdo

Você pode usar, programaticamente, os recursos reprojetados de controle de conteúdo nos controles de conteúdo no Word 2013. Os novos recursos incluem os controles de repetição de conteúdo, códigos de cor e o controle sobre a aparência do controle de conteúdo do documento. Os controles de conteúdo são regiões delimitadas e, potencialmente, rotuladas em um documento que serve como contêiner para tipos específicos de conteúdo (veja a Figura 13). Os controles de conteúdo individuais podem conter tais dados, listas ou parágrafos de texto formatado. Esses controles de conteúdo permitem que você crie blocos bem estruturados de conteúdo e crie modelos que inserem blocos bem definidos em seus documentos.

Figura 13. Controles de conteúdo repetidos

Repetindo os controles de conteúdo

Especificar as configurações para o Modo de Leitura

As configurações para o Modo de Leitura, agora, podem ser definidas programaticamente no Word 2013. Essas configurações incluem a escala, o layout e o comprimento de linha do texto.

Interface do usuário para mapeamentos XML

Agora, você pode criar mapeamentos XML para os controles de conteúdo de forma natural por meio de um painel de tarefas disponível na interface do usuário da faixa de opções, em oposição à necessidade de manipulação de formato de arquivo e/ou VBA exigidos no Word 2010 e no Microsoft Office Word 2007. O painel de tarefas permite a você configurar visualmente mapeamentos XML para controles de conteúdo no documento.

Para mais informações sobre os recursos no Word 2013, consulte Novidades para desenvolvedores do Word 2013.

O Office 2013 é um incrível lançamento e conta com uma série de recursos e tecnologias de suporte desenvolvidas para ajudar você, desenvolvedor. O objetivo é facilitar seu trabalho, economizando tempo e permitindo que você use as habilidades e recursos que tem de forma mais eficiente. O intuito do Office 2013 trazer a Web para o Office, viabilizando a produtividades em vários dispositivos. Este artigo técnico fornece apenas uma ideia do que o Office 2013 oferece. Há vários outros recursos e tecnologias novos e aprimorados no Office 2013 que serão revelados à medida que o produto se aproximar do lançamento final.

Mostrar:
© 2016 Microsoft