Introdução ao Service Bus for Windows Server

Essa seção descreve como configurar o Service Bus for Windows Server localmente e definir as opções de configuração. Quando o Service Bus for Windows Server estiver em execução, você poderá seguir um tutorial que mostra como criar uma fila, bem como algumas operações básicas do sistema de mensagens. Para começar a desenvolver um aplicativo, consulte o Tutorial: Primeiro Aplicativo.

Instalar o ambiente de desenvolvimento do Service Bus

Essa seção descreve as etapas básicas necessárias para configurar o Service Bus for Windows Server. Observe os seguintes requisitos:

  • Todas as instâncias SQL são armazenadas em uma instância do SQL Server local (2008 R2 SP1 ou SQL Express 2012).

  • O serviço do Navegador SQL deve estar ativado e em execução.

  • TCP/IP deve estar ativado. Isso inclui desativar o firewall em uma porta específica e ativar os serviços do Navegador SQL.

  • Caso tenha tido uma versão anterior do Service Bus instalada, verifique se os seguintes bancos de dados foram excluídos: SBGatewayDatabase; SBManagementDB; ServiceBusDefaultContainer.

  • Os serviços são executados com as credenciais de usuário atuais.

  • O script de instalação requer uma conta de domínio.

  • O Service Bus usa um certificado gerado automaticamente.

Substitua os seguintes parâmetros de entrada por valores do seu ambiente:

<HostName>
O nome do seu host. Não use localhost.

<Password>
A senha necessária para gerar certificados. A senha deve conter apenas caracteres minúsculos, maiúsculos, dígitos e símbolos.

Instalando o Service Bus

Primeiro, verifique se desinstalou todos os serviços do Malha do Windows, bem como o Service Bus. A seguir, faça o seguinte:

Usando um feed local

noteObservação
Essa etapa é necessária se estiver usando um feed privado como o Microsoft Connect ou um DVD.

Primeiro, verifique se desinstalou todos os serviços do Malha do Windows, bem como o Service Bus. A seguir, faça o seguinte:

  1. Deixe um farm do Service Bus existente chamando o cmdlet Remove-SBHost.

  2. Desinstale todas as versões anteriores do Service Bus for Windows Server, do Malha do Windows e do Web Platform Installer.

  3. Exclua os bancos de dados que foram usados pelo Service Bus.

A seguir, faça o seguinte:

  1. Instale o Microsoft Web Platform Installer 4.0 a partir de http://www.microsoft.com/web/downloads/platform.aspx.

  2. Inicie o Web Platform Installer.

  3. Clique em Opções, navegue até a pasta que contém o arquivo de feed (.xml) e adicione-o.

    noteObservação
    Essa etapa é necessária caso esteja usando um feed privado como o Microsoft Connect ou um DVD.

  4. Clique em OK e, em seguida, clique em Windows Azure Service Bus 1.0 no feed.

  5. Clique em Instalar, aceite o EULA e inicie o processo de instalação.

    noteObservação
    Pode ser solicitado que reinicie o computador. A instalação continuará após a reinicialização.

Configurar o ambiente de desenvolvimento do Service Bus

Configurando o Service Bus usando o Assistente de Configuração

O assistente de configuração o guiará na configuração de um novo farm do Service Bus for Windows Server (cluster de servidores), no ingresso a um farm existente ou na saída do farm no qual já ingressou. Se decidir criar um farm, será possível escolher entre usar as configurações padrão ou inserir valores personalizados para as configurações que identificam e configuram o farm que você está criando. Use o seguinte procedimento para criar um novo farm e atribuir o servidor do Service Bus for Windows Server 1.0 ao farm usando as definições padrão.

Quando o Web Platform Installer terminar, você poderá iniciar o Assistente de Configuração do Service Bus. Siga o procedimento a seguir:

  1. No menu Iniciar, clique em Todos os Programas e clique em Service Bus 1.0. Clique em Configuração do Service Bus para iniciar o Assistente de Configuração do Service Bus.

    Assistente de Configuração do Service Bus
  2. Clique em Usando as Configurações Padrão (Recomendado). A caixa de diálogo Nova configuração de farm é exibida.

    Assistente de Configuração do Service Bus
  3. Na caixa de texto INSTÂNCIA DO SQL SERVER, o nome da instância do SQL Server no computador atual é exibido por padrão. Para especificar um SQL Server diferente, digite o nome completo da instância do SQL Server que irá hospedar os bancos de dados para o farm. Para obter mais informações sobre para compreender os requisitos do SQL Server, consulte a seção do SQL Server em Requisitos de sistema. Para verificar se o nome da instância inserido corresponde a uma instância válida, clique em Testar conexão. Se a conexão for realizada corretamente, um ícone de marca de seleção verde será exibido ao lado do botão. Caso ocorra um erro, uma mensagem será exibida no assistente.

    Assistente de Configuração do Service Bus O painel de pilhas de Opções Avançadas permite especificar configurações adicionais relacionadas ao banco de dados, como MODO DE AUTENTICAÇÃO SQL e uso do SSL.

  4. Em Configurar conta de serviço, a sua ID de usuário é exibida na caixa de texto ID DE USUÁRIO para identificar a conta de usuário sob a qual os serviços são executados. Para alterar a ID de usuário da conta de usuário, insira uma nova ID de usuário na caixa de texto ID DE USUÁRIO. A ID de usuário deve estar no formato nomedousuario@nomedodominio ou domínio\usuário. Em seguida, insira a senha para a ID de usuário na caixa de texto SENHA. O assistente valida a combinação de ID de usuário e senha e, caso encontre um erro, notifica-o para inserir a ID de usuário e a senha novamente. São usadas as mesmas credenciais de usuário para os serviços do Service Bus for Windows Server 1.0 e do Windows Azure Service Bus.

  5. Em Chave de geração de certificado, insira uma chave na primeira caixa de texto e, em seguida, insira a mesma chave na caixa de texto em CONFIRMAR CHAVE DE GERAÇÃO DE CERTIFICADO para confirmar a primeira chave que você inseriu. O assistente verifica as chaves para se certificar de que elas correspondem. Caso as chaves não correspondam, o assistente notifica-o para inseri-las novamente. Grave a chave para uso futuro; ela será necessária sempre que você adicionar um computador a este farm. Os cmdlets de configuração usam essa chave para a geração de certificados. Você pode especificar um certificado personalizado com as opções de configuração personalizadas.

  6. A caixa de seleção Habilitar regras do firewall neste computador permite que você indique se deseja que o assistente de configuração crie ou não regras de firewall. Desmarque essa caixa apenas se os clientes do Service Bus (seu aplicativo) serão executados no mesmo servidor que o Service Bus.

  7. Clique em Próximo. O assistente exibe a tela de Resumo, que lista os valores inseridos juntamente com os valores padrão das restantes opções de configuração. A tela exibe também as opções de configuração e os valores do farm como um todo e, individualmente, do Service Bus for Windows Server 1.0. O assistente verifica também se os valores de configuração são válidos para esse computador. Em caso de erro, o assistente exibirá a página de erro e não permitirá que você prossiga. Você pode voltar para alterar a configuração que está causando o erro ou, se possível, corrigir o erro fora do assistente.

    Para alguns erros, pode não ser possível continuar com a configuração padrão. Por exemplo, se a porta padrão usada para o gerenciamento do Service Bus for Windows Server 1.0 estiver bloqueada por algum aplicativo, poderá não ser possível desbloqueá-la. Caso não seja possível continuar com a configuração padrão, você deverá criar um novo farm com as definições personalizadas.

    Assistente de Configuração do Service Bus
    TipDica
    Se houver erros que possam ser corrigidos fora do assistente, você poderá usar o botão revalidar para validar a configuração.

    TipDica
    Se deseja configurar usando o PowerShell, você poderá gerar o script baseado na configuração atual desta página clicando no link Comandos PowerShell.

  8. Clique em Aplicar para aprovar as opções listadas, criar o novo farm e adicionar o servidor ao novo farm. Clique em Voltar para retornar para a página Nova configuração de farm e alterar as entradas.

Configurando o Service Bus usando o PowerShell

A primeira etapa é escolher uma senha a ser usada na geração do certificado. Observe que essas etapas devem ser executadas em um janela de comando PowerShell do Service Bus. Crie uma cadeia de caracteres de segurança com a sua senha.

  1. Escolha a senha a ser usada na geração do certificado. Emita o seguinte comando:

    $mycert=ConvertTo-SecureString -string <Password> -force -AsPlainText
    
  2. Crie um farm:

    New-SBFarm –SBFarmDBConnectionString "data source=localhost\sqlexpress;integrated security=true" –CertificateAutoGenerationKey $mycert
    
  3. Adicione um host ao farm

    Add-SBHost -CertificateAutoGenerationKey $mycert -SBFarmDBConnectionString "data source=localhost\sqlexpress; integrated security=true"
    
    noteObservação
    Será solicitada a sua senha.

  4. Verifique o status do farm

    Get-SBFarmStatus
    
    O resultado esperado deve ser semelhante ao seguinte:

    HostName      ProcessName               Status
    --------      -----------               ------
    ...      Service Bus Gateway            Running
    ...      Service Bus Message Broker     Running
    ...      FabricHostSvc                  Running
    
  5. Crie o seu primeiro namespace de serviço

    New-SBNamespace –Name DemoSB –ManageUsers  yourDomain\yourUsername
    
    O resultado esperado deve ser semelhante ao seguinte:

    Name                  : <Namespace Name>
    AddressingScheme      : Path
    CreatedTime           : 5/1/2012 5:30:49 PM
    IssuerName            : <Namespace Name>
    IssuerUri             : <Namespace Name>
    ManageUsers           : {<domain\user>}
    Uri                   :
    ServiceIdentifier     :
    PrimarySymmetricKey   : <GUID>
    SecondarySymmetricKey :
    

Se for necessário redefinir uma chave gerada automaticamente, emita o seguinte comando PowerShell:

Set-SBCertificateAutoGenerationKey –SBFarmDBConnectionString "data source=<hostname>\sqlexpress;integrated security=true"

Consulte também


Data da compilação:

2013-07-25

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar: