Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Notas de versão do SDK do Azure (março de 2011)

Atualizado: julho de 2014

Este documento contém as notas de versão do SDK do Windows Azure versão 1.4 (março de 2011).

O sistema operacional convidado do Windows Azure é o sistema operacional no qual seu serviço é executado na nuvem. Ao implantar um serviço no Windows Azure, você deve garantir que a versão do sistema operacional convidado do Windows Azure seja compatível com a versão do SDK com o qual você o desenvolveu. Para obter detalhes, consulte Versões do sistema operacional convidado do Windows Azure e matriz de compatibilidade do SDK.

Existem duas maneiras de instalar o SDK do Windows Azure. Você pode baixar e instalar tudo usando o Microsoft Web Platform Installer ou pode instalar a versão autônoma do SDK.

O Microsoft Web Platform Installer instala automaticamente:

  1. Ferramentas do Windows Azure para Microsoft Visual Studio

  2. SDK do Windows Azure

  3. Visual Web Developer 2010, se você não tiver o Visual Studio 2010

  4. Configurações de recursos do IIS necessárias

  5. Hotfixes necessários

Para instalar o Microsoft Web Platform Installer e o SDK do Windows Azure, consulte Microsoft Web Platform Installer.

Pré-requisitos para instalar e usar a versão autônoma do SDK do Windows Azure

Esta seção descreve o software e as configurações necessárias para instalar e usar o SDK do Windows Azure.

  1. Microsoft .NET Framework

  2. Serviços de Informações da Internet (IIS) 7.0

  3. Requisitos de banco de dados para o emulador de armazenamento do Windows Azure

  4. Atualizando a partir de uma versão anterior do SDK

noteObservação
Antes de instalar o SDK, você deve fechar todas as versões em execução de emuladores de computação e armazenamento do Windows Azure (anteriormente conhecidos como development fabric e development storage).

O SDK está disponível nas versões de 64 bits e 32 bits.

  • A versão de 64 bits (x64) do SDK exige uma versão de 64 bits do Windows 7, do Windows Vista Service Pack 2 ou posterior ou do Windows Server 2008 SP2 ou posterior.

  • A versão de 32 bits (x86) do SDK exige uma versão de 32 bits do Windows 7, do Windows Vista Service Pack 2 ou posterior ou do Windows Server 2008 SP2 ou posterior.

noteObservação
A versão de 32 bits do SDK não pode ser instalada em um sistema operacional de 64 bits. Não há suporte para a execução do SDK em WOW64 (Windows-32-bit-On-Windows-64-bit - Windows de 32 bits em Windows de 64 bits).

O Microsoft .NET Framework 3.5 SP1 é necessário para instalar e executar o SDK do Windows Azure. Além disso, o SDK do Windows Azure agora oferece suporte ao .NET Framework 4. Observe que, se optar por instalar o .NET Framework 4, você também deverá instalar o .NET Framework 3.5 SP1, caso ele ainda não tenha sido instalado no computador.

Se estiver executando o ambiente de desenvolvimento do Windows Azure em um sistema operacional anterior ao Windows Vista Service Pack 2 ou Windows Server 2008 Service Pack 2, você deverá executar uma das ações a seguir para poder executar uma função Web destinada ao .NET Framework 4.0:

Com o Windows Azure SDK 1.3, você deve instalar o IIS, incluindo o Console de Gerenciamento do IIS. Dependendo do tipo de serviço que você irá criar, talvez seja necessário habilitar componentes do IIS 7.0 diferentes. Siga o conjunto apropriado de instruções a seguir para configurar esses componentes para o seu sistema operacional.

  1. Clique em Iniciar, aponte para Todos os Programas | Programas | Ferramentas Administrativas e clique em Gerenciador do Servidor.

  2. No Gerenciador do Servidor, em Resumo de Funções, verifique se Servidor Web (IIS) é exibido na lista de funções disponíveis. Se não for exibido, clique em Adicionar Funções para instalar o IIS.

  3. Se você pretende desenvolver aplicativos ASP.NET, faça o seguinte:

    1. Em Resumo de Funções, clique em Servidor Web (IIS).

    2. Na janela de gerenciamento do Servidor Web (IIS), clique em Adicionar Serviços de Função.

    3. Na caixa de diálogo Adicionar Serviços de Função, em Desenvolvimento de Aplicativo, clique em ASP.NET e em Avançar para instalar.

  4. Se você pretende usar o fastCGI:

    1. Na janela de gerenciamento do Servidor Web (IIS), clique em Adicionar Serviços de Função.

    2. Na caixa de diálogo Adicionar Serviços de Função, expanda Servidor Web | Desenvolvimento de Aplicativo e selecione CGI Estática.

    3. Clique no botão Avançar para instalar.

  1. Clique em Iniciar e em Painel de Controle.

  2. No Painel de Controle, clique em Programas e Recursos.

  3. Em Programas e Recursos, clique em Ativar ou desativar recursos do Windows.

  4. Para instalar o IIS e o Console de Gerenciamento do IIS, selecione Serviços de Informações da Internet.

    Se você pretende desenvolver aplicativos ASP.NET, expanda Serviços de Informações da Internet | Serviços da World Wide Web | Recursos de Desenvolvimento de Aplicativos e selecione ASP.NET.

  5. Se você pretende usar o fastCGI, selecione CGI.

  6. Clique em OK para instalar o IIS e os recursos selecionados.

QFE necessário para o FastCGI

Para usar o FastCGI no IIS no ambiente de desenvolvimento do Windows Vista SP1, você deve instalar o seguinte QFE:

http://support.microsoft.com/kb/967131

Esse QFE não será necessário se você estiver executando no Windows 7, no Windows Vista SP2 ou no Windows Server 2008.

Módulo de Reescrita de URL para IIS7

Se desejar usar o Módulo de Reescrita de URL para IIS, você deverá instalá-lo e configurar suas regras de reescrita. Consulte Módulo de Reescrita de URL para obter mais informações.

Para executar os serviços de Emulador de armazenamento do Microsoft Azure, você deve ter uma instalação do SQL Express 2005, do SQL Express 2008 ou do Microsoft SQL Server.

Por padrão, o emulador de armazenamento é executado em uma instância do SQL Express. Para configurá-lo para ser executado em uma instância local do SQL Server, chame a ferramenta DSInit com o parâmetro /sqlInstance, transmitindo o nome da instância do SQL Server de destino. Use o nome da instância do SQL Server sem o qualificador de servidor (por exemplo, MSSQL, em vez de .\MSSQL) para se referir a uma instância nomeada. Use "." para denotar uma instância sem nome ou padrão do SQL Server.

Você pode chamar dsInit /sqlInstance a qualquer momento para configurar o emulador de armazenamento para apontar para uma instância diferente do SQL Server.

O problema a seguir pode ser aplicável se você estiver atualizando a partir de uma versão anterior do SDK.

  1. Para usar as Ferramentas do Windows Azure para o Microsoft Visual Studio com o SDK 1.4, você deve executar uma edição do Visual Studio 2010 ou do Visual Studio 2010 Express.

  2. Se estiver usando o SDK do Windows Azure versão 1.2 ou anterior, esteja ciente de que a versão de Microsoft.WindowsAzure.StorageClient.dll foi alterada de 1.0.0.0 para 1.1.0.0 a fim de oferecer suporte a novos recursos e a uma alteração na maneira como as entradas de URL são ignoradas. A alteração no comportamento não deve afetar a maioria dos aplicativos. Entretanto, você deve atualizar referências antigas do projeto para usar o novo assembly e o testar o aplicativo novamente.

Consulte também

Outros recursos

About Windows Azure

Mostrar:
© 2015 Microsoft