Esta página foi útil?
Seus comentários sobre este conteúdo são importantes. Queremos saber sua opinião.
Comentários adicionais?
1500 caracteres restantes
Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Amostras do Windows Azure AppFabric

As amostras do Windows Azure demonstram o uso dos recursos do Service Bus e do serviço de Access Control. Para baixar as amostras, visite a página de downloads do SDK do AppFabric da plataforma Windows Azure.

noteObservação
Por padrão, as amostras do Windows Azure não são mais instaladas com o SDK. Para obter as amostras, visite a página de downloads do SDK do Windows Azure e baixe o arquivos .zip, que contêm as amostras. Há dois arquivos .zip; um contém as amostras em C#, e o outro contém as amostras em Visual Basic.

Local das amostras

Todas as amostras se encontram na pasta \Samples da pasta de instalação do SDK do Windows Azure. A pasta padrão de instalação do SDK é \Arquivos de programas\Windows Azure SDK v1.0. Há duas subpastas na pasta \Samples: a pasta \AccessControl, que contém todas as amostras do Access Control, e a pasta \ServiceBus, que contém todas as amostras do Service Bus.

São fornecidas versões em C# e Visual Basic para cada amostra. A solução em C# está na subpasta \CS35 da pasta de amostras. A solução em Visual Basic está na subpasta \VB35 da pasta de amostras. Por exemplo, a versão em C# da solução ASPNETStringReverser está em \Samples\AccessControl\GettingStarted\CS35\ASPNET String Reverser.sln e a solução em Visual Basic está em \Samples\AccessControl\GettingStarted\VB35\ASPNET String Reverser.sln.

Amostras do Barramento de Serviço

As amostras a seguir ilustram como criar aplicativos que usam o Barramento de Serviço.

Echo
Mostra um serviço simples e um cliente que se comunicam por meio do Barramento de Serviço. Quando o aplicativo de serviço é iniciado, ele pede suas credenciais do namespace de serviço e abre um terminal no Barramento de Serviço. Depois de ser aberto, esse terminal terá um URI conhecido no Barramento de Serviço que pode ser acessado de qualquer lugar, esteja o computador protegido por firewall ou uma conversão de endereços de rede (NAT). Depois que o cliente for conectado, você poderá digitar mensagens no aplicativo cliente, que serão repetidas pelo serviço.

Message Buffer REST API
Demonstra como programar um buffer de mensagens do Barramento de Serviço usando seu protocolo REST.

NetOneway
Demonstra como expor e acessar um terminal de serviço usando a associação NetOnewayRelayBinding.

NetEvent
Demonstra o uso da vinculação NetEventRelayBinding no Barramento de Serviço. Essa associação permite que vários aplicativos escutem eventos enviados a um terminal. Os eventos enviados a esse terminal são recebidos por todos os aplicativos. O aplicativo aceita um dos três parâmetros opcionais de linha de comando, mutuamente exclusivos, que selecionam o modo de conectividade do ambiente do Barramento de Serviço:

  • -auto seleciona o modo de detecção automática. Nesse modo, o cliente do Barramento de Serviço seleciona automaticamente entre a conectividade TCP e HTTP.

  • -tcp seleciona o modo TCP, no qual todas as comunicações para o Barramento de Serviço são realizadas por meio de conexões TCP de saída.

  • -http diz ao aplicativo que use o modo HTTP, no qual todas as comunicações para o Barramento de Serviço são realizadas por meio de conexões HTTP de saída.

Direct
Demonstra como configurar o NetTcpRelayBinding para permitir o modo de conexão híbrido/direto que, primeiro, estabelece uma conexão retransmitida e, se possível, muda automaticamente para uma conexão direta entre um cliente e um serviço.

MsgSecUserName
Demonstra o uso da associação NetTcpRelayBinding com a segurança de mensagens.

Relayed
Demonstra o uso da associação NetTcpRelayBinding.

WebHttp
Demonstra o uso da associação WebHttpRelayBinding para gerar dados binários usando o modelo de programação da Web.

MetadataExchange
Demonstra como expor um terminal de metadados que utiliza a associação de retransmissão.

WebNoAuth
Demonstra como expor um serviço HTTP que dispensa a autenticação do usuário do cliente.

SimpleWebToken
Demonstra como usar uma credencial de token da Web simples para autenticação no Barramento de Serviço. A amostra se assemelha à amostra Echo, com algumas mudanças. Especificamente, essa amostra adiciona um comportamento aos aplicativos ServiceHost (serviço) e ChannelFactory (cliente).

SharedSecret
Demonstra como usar um nome de emissor e um segredo de emissor para autenticação no Barramento de Serviço. A amostra se assemelha à amostra Echo, com algumas mudanças. Especificamente, essa amostra adiciona um comportamento aos aplicativos ServiceHost (serviço) e ChannelFactory (cliente).

MessageBuffer
Demonstra como usar o Barramento de Serviço e seu recurso de buffer de mensagens. A amostra apresenta dois aplicativos de console: o primeiro é um produtor de mensagens (Producer); o segundo acessa as mensagens (Consumer). O aplicativo Consumer cria o buffer de mensagens e espera para ler as mensagens do buffer de mensagens. O aplicativo Producer recupera o buffer de mensagens e envia mensagens a ele.

MessageBufferForSilverlight
Demonstra como consumir o serviço de Access Control e a API do Buffer de Mensagens do Service Bus de um aplicativo Silverlight.

LoadBalance
Demonstra como usar o Barramento de Serviço para encaminhar mensagens a vários clientes. Ele mostra várias instâncias de um serviço simples que se comunica com um cliente por meio da associação NetTcpRelayBinding. Quando cada instância do aplicativo de serviço é iniciada, ele solicita suas credenciais e abre um terminal exclusivo no Barramento de Serviço. Uma vez aberto, esse terminal terá um URI conhecido no Barramento de Serviço e poderá ser acessado de qualquer lugar, mesmo que o seu computador esteja protegido por firewall ou conversão de endereços de rede (NAT).

WindowsAzure
Demonstra como executar um cliente e um serviço do Barramento de Serviço no Windows Azure. Ambas as amostras configuram o Barramento de Serviço por meio de programação. Apenas as informações de ambiente e de segurança ficam armazenadas nos arquivos de configuração. Além disso, essas amostras reúnem o Microsoft.ServiceBus.dll (perceba que Copiar Local é definido como True para a Referência do Assembly).

CloudAzure
Demonstra um TraceListener que envia informações de rastreamento pelo Barramento de Serviço a um cliente remoto.

Amostras do Controle de Acesso

As amostras a seguir ilustram como criar aplicativos que usam o Access Control. O código-fonte da ferramenta Acm.exe também é fornecido. Todas as amostras do Access Control contêm scripts de configuração e limpeza para criar e remover recursos do Access Control.

ASPNETStringReverser
Ilustra como acessar tokens do Access Control em um aplicativo do ASP.NET e como os consumidores do serviço podem usar o System.Net.WebClient para fazer uma solicitação de token em texto simples ao Access Control.

ASPNETURLAuthorization
Fornece um módulo HTTP que usa o Access Control e espelha o comportamento do módulo URLAuthorization padrão do ASP.NET.

Ferramentas de gerenciamento: Ferramenta ACM
Inclui o código-fonte da ferramenta de linha de comando Acm.exe que acompanha o SDK. A ferramenta Acm.exe permite gerenciar os recursos do Access Control.

Ferramentas de gerenciamento: WcfManagementClient
Inclui os esquemas do serviço de gerenciamento do Access Control e um cliente do WCF que dá acesso simples ao serviço de gerenciamento, além de ilustrar como solicitar um token do Access Control por meio do WCF.

SignedTokenRequests
Mostra como solicitar um token do Access Control usando uma solicitação de token assinada.

WcfAuthorizationManager
Ilustra como um serviço REST do WCF pode aceitar e validar tokens do Access Control.

Amostras de cache

As amostras a seguir demonstram o uso do Cache do Windows Azure

CacheAPISample
Demonstra as várias chamadas à API do Cache em um aplicativo simples de console.

TrySessionCloud
Ilustra como usar os provedores de estado de sessão do ASP.NET com o Cache.

WebRole
Demonstra o uso do Cache em um aplicativo do ASP.NET que está hospedado no Windows Azure.

Mostrar:
© 2015 Microsoft