Glossário (StreamInsight)

Os seguintes termos são aplicáveis ao Microsoft StreamInsight.

Termo

Definição

adaptador

Um transformador de software que entrega eventos para ou de um servidor StreamInsight. Consulte outros termos: adaptador de entrada, adaptador de saída.

host de adaptador

A classe abstrata raiz Adapter, que define o handshake entre o adaptador e o servidor StreamInsight no ponto de interação ENQUEUE. Ela fornece todos os serviços de adaptador obrigatórios, como o gerenciamento de memória e a manipulação de exceção. O host de adaptador invoca os métodos implementados pelo gravador do adaptador em nome do servidor. Observe que o host de adaptador é transparente para o usuário.

fluxo associado

Um fluxo de eventos que contém todas as informações necessárias para produzir eventos. As informações já são uma fonte de dados instanciada ou são suficientes para o servidor StreamInsight iniciar a fonte de dados. Consulte outros termos: fluxo de eventos, fluxo não associado.

Mecanismo CEP

Consulte outro termo: servidor StreamInsight

StreamInsight LINQ

Uma implementação do LINQ usado pelo servidor StreamInsight para processar e operar em fluxos de eventos. As expressões do StreamInsight LINQ são definidas em fluxos e geram fluxos. Consulte Outros termos: LINQ, fluxos.

componível

Usando componentes de consulta (objetos ou operadores) como blocos de construção reutilizáveis para formar consultas complexas. Isso é feito vinculando componentes de consulta ou encapsulando componentes de consulta um no outro.

CEP (processamento de eventos complexos)

O processamento contínuo e incremental dos fluxos de eventos de várias origens com base na consulta declarativa e nas especificações do padrão com latência próxima de zero. A meta é identificar padrões, relações e abstrações de dados significativas a partir de eventos aparentemente não relacionados e disparar respostas imediatas.

janela de contagem

Janelas de contagem têm um tamanho de janela variável que é definido pela contagem de horas de início de evento distintas ao longo de uma linha do tempo. Janelas de contagem se movem na linha do tempo com cada hora de início de evento distinta. Portanto, cada novo evento que define uma nova hora de início de evento levará à criação de uma nova janela de contagem, desde que a contagem seja atendida. Consulte outros termos: janela de salto, janela deslizante, janela de instantâneo, janela.

Evento CTI (incremento de hora atual)

O tipo de evento usado para limitar o impacto de eventos fora de ordem ou a latência do evento. O tipo de evento CTI consiste em um único campo que fornece um carimbo de data/hora atual. O evento CTI indica ao servidor StreamInsight que nenhum evento de inserção de entrada subsequente terá uma hora de início anterior ao carimbo de data/hora do evento CTI. Em outras palavras, o CTI é um evento de pontuação especial que indica a conclusão dos eventos existentes. Ao indicar a conclusão, o servidor StreamInsight pode liberar os resultados das janelas ou outros operadores de agregação com estado acumulado para o próximo operador downstream.

Consulte Outros termos: tipo de evento, evento de inserção.

remoção da fila

A operação usada pelo adaptador de saída para efetuar pull em um evento ou em um único lote de eventos do servidor StreamInsight para o adaptador de saída. Consulte outros termos: adaptador de saída, enfileiramento.

evento de borda

Um modelo de evento de borda representa uma ocorrência de evento cuja carga é válida para um intervalo de tempo específico. No entanto, somente a hora de início é conhecida na chegada ao servidor StreamInsight. A hora de término do evento é conhecida posteriormente e atualizada. São exemplos de eventos de borda: processos do Windows, eventos de rastreamento do ETW (Rastreamento de Eventos do Windows), uma sessão de usuário da Web ou a quantização de um sinal analógico.

Consulte Outros termos: evento, modelo de evento, evento de intervalo, intervalo de tempo válido e evento de ponto.

enfileiramento

A operação usada pelo adaptador de entrada para enviar por push um evento ou um único lote de eventos da memória para o servidor StreamInsight. Consulte outros termos: adaptador de entrada, remoção da fila.

evento

A unidade básica de dados processados pelo servidor StreamInsight. Cada evento contém um cabeçalho que define o tipo de evento e as propriedades temporais do evento. Um evento (exceto o evento CTI) normalmente contém uma carga que é uma estrutura de dados do .NET contendo os dados associados ao evento. Consulte Outros termos: carga do evento, evento de ponto, evento de borda, evento de intervalo.

cabeçalho do evento

A parte de um evento que define as propriedades temporais do evento e o tipo de evento. As propriedades temporais incluem uma hora de início válida e a hora de término associada ao evento. Consulte Outros termos: evento, tipo de evento e carga do evento.

tipo de evento

Metadados de evento que definem o tipo de evento. O StreamInsight dá suporte a dois tipos de evento: inserção e CTI. Consulte Outros termos: evento de inserção, evento CTI.

modelo de evento

Metadados de evento que definem as características temporais (forma) do evento. O StreamInsight dá suporte aos seguintes modelos de evento: ponto, intervalo e borda. Consulte Outros termos: evento de ponto, evento de intervalo e evento de borda.

carga do evento

A parte de dados de um evento no qual os campos de dados são definidos como tipos CLR. Carga do evento é uma estrutura tipada. Consulte Outro termo: cabeçalho de metadados, evento.

forma do evento

Consulte Outro termo: modelo de evento.

fluxo de eventos

Consulte Outro termo: fluxo.

EventStreamGroup

Uma coleção de fluxos que indica que todas as ramificações nos fluxos são geradas por uma operação Agrupar por. Qualquer operação em um EventStreamGroup funcionará diante de cada fluxo no grupo. O resultado dessa operação é um grupo de fluxos.

adaptador genérico

Consulte Outro termo: adaptador não tipado.

janela de saltos

Um tipo de janela na qual janelas consecutivas "saltam" para a frente com o tempo por um período fixo. A janela é definida por dois intervalos de tempo: o tamanho do salto H e o tamanho da janela S. Para cada unidade de tempo H, uma nova janela de tamanho S é criada. Consulte outros termos: janela de contagem, janela deslizante, janela de instantâneo, janela.

adaptador de entrada

Um transformador de software que aceita fluxos de eventos de entrada de origens externas, tais como bancos de dados, arquivos, ticker feeds, portas de rede, dispositivos de fabricação etc. O adaptador de entrada lê os eventos de entrada no formato em que eles são fornecidos e transforma esses dados em um formato consumível pelo servidor StreamInsight. Consulte outros termos: adaptador, adaptador de saída.

evento de inserção

O tipo de evento usado para significar a chegada de um evento ao fluxo. O tipo de evento de inserção consiste em metadados que definem o tempo de vida válido do evento e os campos de carga (dados) do evento. Consulte Outros termos: evento CTI, evento.

modelo de evento de intervalo

O modelo de evento que representa um evento cuja carga é válida para um determinado período. O modelo de evento de intervalo exige que as horas de início e de término do intervalo sejam fornecidas nos metadados do evento. Os eventos de intervalo só são válidos para esse intervalo específico. Os exemplos incluem a largura de um pulso eletrônico, a duração (validade) de um lance em leilão ou uma atividade de cotação de ações na qual o preço do lance pela ação é válido para um intervalo específico. As horas de início e de término definidas pelas propriedades temporais do modelo determinam o intervalo válido da carga.

Consulte Outros termos: evento, modelo de evento, evento de ponto, evento de borda e intervalo de tempo válido.

LINQ

Consulta integrada à linguagem. Um conjunto de extensões para o .NET Framework que abrangem uma consulta integrada por idioma, definem e transformam operações. Consulte Outros termos: modelo de consulta, consulta permanente.

cabeçalho de metadados

Consulte outro termo: metadados de evento.

operador

Uma unidade atômica de uma consulta conforme agendado pelo servidor StreamInsight para processar os eventos aos quais a consulta é aplicada. Os exemplos incluem SELECT, PROJECT, AGGREGATE, UNION, TOP K e JOIN. Os operadores são totalmente componíveis e têm um número específico de entradas e saídas. Consulte Outros termos: consulta, modelo de consulta, componível.

adaptador de saída

Um transformador de software que recebe eventos processados pelo servidor StreamInsight, transforma os eventos em um formato esperado pelo dispositivo de saída e emite os dados para esse dispositivo. O dispositivo de saída pode ser um banco de dados, arquivo de texto, PDA ou outro dispositivo. Consulte Outros termos: adaptador e adaptador de entrada.

carga

Consulte Outro termo: carga do evento.

modelo de evento de ponto

O modelo de evento que representa uma ocorrência de evento a partir de um único ponto de tempo. Ele é uma subclasse do modelo de evento de intervalo. Os metadados de evento de ponto fornecem apenas uma hora de início válida. O servidor StreamInsight infere a hora de término válida adicionando uma marca de escala (a menor unidade de tempo no tipo de dados de tempo subjacente) à hora de início para definir o intervalo de tempo válido para o evento. Os eventos de ponto só são válidos para esse único instante. Os exemplos de eventos de ponto são a chegada de um email, uma leitura, um clique na Web pelo usuário, uma marca de ações ou uma entrada no Log de Eventos do Windows.

Consulte Outros termos: evento, evento de intervalo, intervalo válido, evento de borda.

consulta

Uma instância de um modelo de consulta executado continuamente no servidor StreamInsight que processa eventos recebidos de instâncias de adaptadores de entrada aos quais a consulta está associada e que envia eventos processados para instâncias de adaptadores de saída aos quais está associado.

associação de consulta

O processo de associação de instâncias dos adaptadores de entrada e instâncias dos adaptadores de saída a uma instância de um modelo de consulta.

modelo de consulta

A unidade fundamental de composição da consulta. Um modelo de consulta define a lógica de negócios exigida para analisar e processar continuamente os eventos enviados e emitidos pelo servidor StreamInsight. Consulte outros termos: consulta, associação de consulta.

RankedEventStream

Um fluxo de eventos que foram classificados. Essa origem de fluxo é exigida para o operador TopK e não é aceita como uma origem de fluxo para qualquer outro operador.

evento de cancelamento

Um tipo de evento interno usado para modificar um evento de inserção existente, modificando o EndTime do evento.

coletor

A estrutura ou o dispositivo que consome eventos do servidor StreamInsight através do adaptador de saída. Os exemplos incluem ferramentas de visualização, painéis, arquivos, tabelas, logs e filas de mensagens. Consulte Outro termo: origem.

janela deslizante

Uma janela de tamanho L fixo que acompanha uma linha de tempo de acordo com os eventos do fluxo. Com todos os eventos na linha de tempo, uma nova janela é criada, começando na hora de início do evento. Consulte outros termos: janela de salto, janela de instantâneo, janela.

janela de instantâneo

As janelas de instantâneo são definidas de acordo com as horas de início e de término dos eventos no fluxo, e não com uma grade fixa ao longo da linha do tempo. O tamanho e o período da janela só são definidos pelos eventos no fluxo. Para cada par de pontos de extremidade do evento mais próximo (hora de início e hora de término), é criada uma janela de instantâneo. Segundo essa definição, todas as horas de início e de término do evento caem em limites de janela, não havendo um meio termo. Ou seja, as janelas de instantâneo dividem a linha do tempo de acordo com todas as alterações ocorridas. Consulte outros termos: janela de contagem, janela de salto, janela deslizante, janela.

origem

A estrutura ou o dispositivo que fornece os dados de origem ao servidor StreamInsight através do adaptador de entrada. Os exemplos incluem arquivos, blogs, logs de sistema, tabelas, filas de mensagens, feeds de mercado ou notícias e sensores no setor de produção ou logística. Consulte Outro termo: coletor.

consulta permanente

Uma instanciação de um modelo de consulta executado no servidor StreamInsight que executa a computação contínua nos eventos de entrada.

À medida que os eventos individuais chegam ao servidor StreamInsight, os eventos são processados por consultas permanentes, que emitem eventos de saída em resposta à chegada de eventos de entrada. As consultas permanentes são escritas na estrutura de linguagem LINQ.

fluxo

Uma coleção de dados que mudam com o passar do tempo. Todos os dados do servidor StreamInsight são organizados em fluxos. 

Um fluxo pode ser enviado de uma origem externa ao servidor StreamInsight para processar e gerar uma origem externa. Um fluxo também pode ser uma fila de eventos de dados dentro de uma consulta passados de um operador para o próximo na árvore de operadores durante o processamento da consulta.

consumidor de fluxo

A estrutura ou o dispositivo que consome a saída de uma consulta. Os exemplos são um adaptador de saída ou outra consulta em execução. Consulte outros termos: origem do fluxo, fluxo.

Depurador do fluxo de eventos do StreamInsight

Uma ferramenta autônoma na plataforma do Microsoft StreamInsight que fornece depuração e análise do fluxo de eventos.

Plataforma do StreamInsight

Uma plataforma completa para o desenvolvimento de aplicativos de processamento de eventos complexos. A plataforma consiste em servidor StreamInsight, ferramenta Depuração do Fluxo de Eventos, Visual Studio IDE e outros componentes.

Tempo de execução do StreamInsight

Consulte outro termo: servidor StreamInsight

Servidor StreamInsight

O mecanismo básico e os componentes da estrutura de adaptador do Microsoft StreamInsight. O servidor StreamInsight pode ser usado para processar e analisar os fluxos de eventos associados a um aplicativo de processamento de eventos complexos.

Fluxo do StreamInsight

Consulte outro termo: fluxo de eventos.

origem do fluxo

Consulte outros termos: origem.

marca

A menor unidade de hora em um tipo de dados datetime (nanossegundos).

intervalo

Um período no qual um determinado evento é válido. O intervalo válido inclui a hora de início válida e todos os momentos até, mas não incluindo a hora de término válida.

adaptador tipado

Um adaptador que emite apenas um único tipo de evento. Consulte Outro termo: evento tipado.

fluxo não associado

Um fluxo de eventos que contém a definição do modelo de evento ou tipo de carga, mas não define a fonte de dados. Consulte Outros termos: fluxo de eventos, fluxo associado.

adaptador não tipado

Um adaptador que aceita ou emite vários tipos de evento nos quais a estrutura de carga ou o tipo de campos na carga não são conhecidos com antecedência. Os exemplos são eventos de um arquivo CSV ou de texto, uma tabela SQL ou um soquete.

Consulte Outros termos: adaptador tipado.

janela

Um subconjunto de eventos em um fluxo que estão em um determinado período, ou seja, uma janela contém dados de evento ao longo de uma linha de tempo. As janelas são obrigatórias para habilitar operadores baseados em janela, como sum, avg e count, mas também podem ser combinadas com outras operações de processamento de dados. Consulte outros termos: janela contagem, janela de salto, janela deslizante, janela de instantâneo.

WindowStream

Um fluxo de janelas nas quais cada janela contém uma coleção de eventos. Todos os eventos no fluxo compartilham a propriedade comum de ficar em uma ou mais janelas. Ela poderia ser uma janela baseada em hora cujas horas de início e de término podem ser acessadas.

Mostrar: