Novidades do Internet Explorer 8

Novidade no Windows Internet Explorer 8

Este tópico introduz os recursos de plataforma do Internet Explorer 8. Clique aqui para baixar o Internet Explorer 8 para Microsoft Windows XP, Windows Vista com Service Pack 1 (SP1), Windows Server 2003 ou Windows Server 2008. A versão lançada no momento do Windows 7 inclui o Internet Explorer 8.

Observação: o Internet Explorer 8 é instalado como uma atualização do sistema. Para desinstalar o Internet Explorer, clique em Exibir atualizações instaladas no painel Tarefas do painel de controle Adicionar e Remover Programas e clique duas vezes em Windows Internet Explorer 8 na lista de atualizações.

Este tópico contém as seguintes seções:

Downloads de 64 bits

Agora, o Internet Explorer dá suporte ao download de arquivos com tamanhos superiores a 4 gigabytes (GB). Os usuários do Internet Explorer 8 podem tirar proveito dessa funcionalidade por padrão. As extensões de terceiros precisam implementar IBindStatusCallbackEx e retornar BINDF2_READ_DATA_GREATER_THAN_4GB de seu método de retorno de chamada GetBindInfoEx. O andamento do download é relatado por meio de OnProgress, com o uso do sinalizador BINDSTATUS_64BIT_PROGRESS. Esses métodos de retorno de chamada têm suporte de IMoniker::BindToObject e IMoniker::BindToStorage.

Aceleradores

Como a Internet ficou cada vez mais interativa, o Internet Explorer 8 facilita a interação com o conteúdo em uma página da Web. Os aceleradores são um tipo de extensões de navegador que atuam no conteúdo de página da Web enviando as informações para um serviço escolhido pelo usuário. Em seguida, os serviços executam ações no conteúdo (como "email" ou "marcador") ou fornecem mais informações ("traduzir" ou "mapear"). Os usuários podem instalar e acessar Aceleradores no menu de atalho do navegador, o que torna a experiência de navegação deles mais eficiente.

Para obter mais informações, consulte Guia do Desenvolvedor de Aceleradores OpenService.

Acessibilidade e ARIA

Em resposta ao aumento na complexidade da IU (interface do usuário) na Web, o grupo Web Accessibility Initiative  link da Web definiu uma estratégia para ARIA (Accessible Rich Internet Applications), que introduz métodos para que os autores de sites definam como os elementos de IU personalizados são acessados. Para isso, o ARIA define um conjunto de atributos HTML que são mapeados para controles comuns de IU. Dessa forma, os usuários com deficiências poderão acessar sites com um modelo de interação rico. Com a exposição do ARIA por meio da API do Microsoft Active Accessibility no Internet Explorer 8, as tecnologias assistenciais que já usam o Microsoft Active Accessibility também podem dar suporte ao ARIA facilmente.

  • O atributo alt não é mais exibido como a dica de ferramenta de imagem quando o navegador está sendo executado no modo do IE8. Em vez disso, o destino do atributo longDesc é usado como a dica de ferramenta, se estiver presente; caso contrário, title será exibido. O atributo alt ainda é usado como o nome do Microsoft Active Accessibility e o atributo title só será utilizado como o nome de fallback se alt não estiver presente.
  • A sintaxe de atributo ARIA é igual nos modos do IE8 e do IE7. As versões anteriores do Internet Explorer 8 precisavam de uma sintaxe de propriedade herdada durante a definição de atributos ARIA no modo de exibição de compatibilidade. Para fins de compatibilidade entre os navegadores, sempre use a sintaxe de atributo WAI-ARIA para acessar e modificar propriedades ARIA, por exemplo, object.setAttribute("aria-valuenow", newValue).

Para obter mais informações, consulte:

Aprimoramentos do ActiveX

O Internet Explorer 8 oferece maior controle sobre a instalação e a depuração do Microsoft ActiveX.

  • ActiveX por site  Quase a metade de todos os controles ActiveX criados para execução em apenas um site não usa nenhuma forma de tecnologia de bloqueio de site. Isso significa que muitos controles não são seguros por padrão poderiam ser utilizados de modo incorreto por sites mal-intencionados. Para evitar isso no Internet Explorer 8, os usuários podem decidir se desejam permitir a execução de controles ActiveX em cada site. Para obter mais informações, consulte Controles ActiveX por site.
  • Instalação de não administrador  Os usuários padrão (aqueles que não têm privilégios de administrador) podem instalar controles ActiveX em seus perfis sem um prompt de UAC ou sem a participação de nenhum tipo do administrador. Caso um usuário instale um controle ActiveX mal-intencionado, somente o perfil desse usuário será afetado; o sistema em si não será comprometido. Para obter mais informações, consulte Controles ActiveX de não administrador.
  • Log do ActiveX  O Internet Explorer 8 pode relatar as falhas mais comuns de instalação e instanciação, como as restrições de segurança que impedem a instanciação correta de um controle ActiveX. O log do ActiveX é executado da mesma forma que outros logs de compatibilidade do Internet Explorer, com o uso do Kit de Ferramentas de Compatibilidade de Aplicativo do Internet Explorer. Para obter mais informações, consulte Usando a Ferramenta de Teste de Compatibilidade do Internet Explorer.

Aprimoramentos no AJAX

O recurso de JavaScript assíncrono e XML (AJAX) está alterando a maneira como os aplicativos Web são criados. O Internet Explorer 8 oferece nova funcionalidade para o objeto XMLHttpRequest que habilita aplicativos AJAX.

  • Navegação AJAX  As solicitações de cliente que não disparam a navegação de página tradicional da Web agora podem atualizar a propriedade hash que permite o funcionamento correto do botão Voltar.
  • Eventos de conexão  Nas situações em que a confiabilidade dos dados for uma prioridade, aplicativos AJAX poderão optar por salvar dados localmente se eles forem desconectados de uma rede. Consulte onoffline ononline.
  • Conexões por servidor   O Internet Explorer 8 aumenta o número de conexões por host por padrão, para proporcionar uma possível queda nos tempos de carregamento de página da Web e aumento do paralelismo nos cenários AJAX.
  • Mensagens entre documentos  Os documentos em domínios diferentes podem trocar dados de modo seguro usando postMessage. Os documentos que recebem mensagens escutam o evento onmessage.
  • Solicitação entre domínios (XDR)  Para permitir que os desenvolvedores combinem serviços de sites diferentes, de modo mais seguro, o objeto XDomainRequest restringe e protege a comunicação entre módulos não confiáveis em uma página da Web. O navegador protege o usuário de ameaças potenciais ao mesmo tempo em que permite a interação avançada entre sites.
  • Solicitações de tempo limite   O Internet Explorer 8 adiciona a capacidade de definir uma propriedade timeout nas solicitações do servidor.
  • Limpar HTML  Remova facilmente as propriedades de evento e o script de fragmentos HTML com window.toStaticHTML.
  • Suporte nativo para JSON  Os objetos JSON (JavaScript Object Notation) (amplamente usados em cenários AJAX) agora podem ser serializados e analisados diretamente no Microsoft JScript. Use JSON.stringify para transformar dados de objeto em uma sequência de caracteres e JSON.parse para reanimar texto formatado em JSON. Você também pode fazer ajustes finos na saída de seu objeto implementando um método toJSON. Esses novos métodos são muito mais rápidos que o script e mais seguros do que o uso de eval.

Para obter mais informações, consulte:

Conformidade com CSS

  • Layout de tabela  Há muitos anos, as tabelas têm sido o mecanismo de layout preferencial na Internet. Com o Internet Explorer 8, agora é possível aplicar formatação no estilo de tabela a elementos não pertencentes a tabelas que usam o atributo display. Na prática, as tabelas CSS têm mais possibilidades do que a marcação HTML; as tabelas criadas com regras CSS aninharão elementos para que se tornem válidos, enquanto as tabelas criadas com HTML fecharão contêineres para evitar aninhamento inesperado.
  • URI de dados  Este mecanismo permite que um autor de página da Web incorpore pequenas entidades diretamente em um URI (Uniform Resource Identifier), em vez de usar o URI para identificar um local do qual recuperar a entidade. Isso é particularmente interessante para imagens pequenas (como marcadores) usadas em CSS ou no layout. Consulte Protocolo data para obter um exemplo.
  • Conteúdo gerado  Os autores de páginas da Web podem renderizar conteúdo não proveniente da árvore de documentos:
    • : before e :after  Além da nova regra de conteúdo, os autores podem descrever conteúdo dinâmico para aparecer antes e depois da maioria dos elementos.
    • counter-reset e counter-increment   Insira números automaticamente no documento.
    • quotes   Insira facilmente caracteres de aspas de acordo com o idioma ou aspas inglesas.
  • outline   Permite que os elementos sejam realçados sem que isso afete seu tamanho. A propriedade outline é útil para outline-color, outline-style e outline-width.
  • Impressão  As seguintes propriedades foram adicionadas:
    • page-break-inside   Evite quebras de página dentro da caixa de um elemento; se necessário, o Internet Explorer moverá o elemento para página impressa seguinte.
    • widows e orphans   Controle a quantidade de linhas exibidas na parte superior e inferior de cada página impressa.
  • Classes pseudo adicionais  As seguintes classes pseudo têm suporte no Internet Explorer 8:
    • :lang(C)   Os seletores podem corresponder a um elemento com base no atributo lang de um elemento ou um de seus ancestrais. O idioma padrão da página da Web é definido no elemento html.
    • :focus   Aplicável quando um elemento tem o foco de entrada.
  • Atributos específicos do navegador   As propriedades CSS (folhas de estilo em cascata) que se aplicam somente ao Internet Explorer são denominadas com o prefixo -ms-, como -ms-writing-mode.

Para obter mais informações, consulte:

Para casos de teste de CSS usados pelo Internet Explorer, consulte Central de Testes do Windows Internet Explorer.

Ferramentas para desenvolvedores

As Ferramentas para Desenvolvedores internas do Internet Explorer 8 expõem a representação interna de páginas da Web para ajudar a pesquisar e resolver problemas que envolvem HTML, CSS e script. Talvez alguns recursos sejam familiares para usuários da Barra de Ferramentas Desenvolvedor, lançada como complemento para as versões anteriores do navegador,

  • Ferramenta CSS  Exibe várias regras definidas por folhas de estilo carregadas pela sua página da Web.
  • Depuração de script  O depurador leve interno permite a você definir pontos de interrupção e percorrer o script do lado do cliente, sem sair do Internet Explorer.
  • Profiler de Script  Determine visualmente o local em que o script demora a maior parte de seu tempo.
  • Alternância de modo de versão  Alterne para modos de navegador diferentes para testar o conteúdo da conformidade com os padrões.

Para obter mais informações, consulte:

Modo de compatibilidade do documento

Com o CSS 2.1 completo, o suporte sólido para HTML 5 e as correções de interoperabilidade para o DOM (Document Object Model), o Internet Explorer 8 investiu deliberadamente em um novo mecanismo de layout. O nível mais alto de suporte de padrões está ativado por padrão para sites que especificam um rígido ! DOCTYPE. Autores de site podem selecionar a compatibilidade mais alta com o Internet Explorer 7 usando a seguinte marca meta:

<meta http-equiv="X-UA-Compatible" content="IE=EmulateIE7" /> 

O botão Emulate IE7 do Internet Explorer 8 Beta 1 foi substituído pelo botão Modo de Exibição de Compatibilidade Cc288472.compat_view_icon.gif próximo à barra de Endereços. Clique no botão para alterar rapidamente entre os modos de compatibilidade do navegador; não é necessário reiniciar o navegador.

Para obter mais informações, consulte:

Para configurar o modo de compatibilidade em um servidor, consulte:

Armazenamento do DOM

A capacidade de recuperar e armazenar grandes quantidades de dados diretamente no disco rígido de um usuário é importante para aplicativos baseados no navegador que desejam estender seu alcance além das interações cliente-servidor. O armazenamento local também é prático quando desconectado da Internet, para sincronizar as alterações locais quando houver uma conexão ativa com a Internet novamente. Os eventos de conectividade online e offline com script são disparados quando o status da conexão se altera.

Para obter mais informações, consulte Introdução ao armazenamento DOM.

Aprimoramentos em HTML e DHTML

A nova implementação HTML 4.01 agora é muito mais interoperável. Os aprimoramentos incluem:

  • O fallback de imagem da marca object é interoperável com outros navegadores. Por exemplo, uma marca object sem dimensões agora tem o mesmo tamanho da imagem, em vez de 0 x 0 pixels.
  • O elemento button envia seu atributo value, em vez de seu innerHTML, o que significa que você pode usar o elemento button para cenários FORM entre navegadores.
  • O método getElementById agora faz distinção entre maiúsculas e minúsculas, e não executa mais pesquisas incorretas usando o atributo NAME.
  • O método setAttribute agora faz distinção entre maiúsculas e minúsculas; você não precisa usar "camel case" (por exemplo, "camelCaseWord") para especificar atributos. Também identifica corretamente os atributos HTML, como CLASS e FOR.

Para obter mais informações, consulte:

Protótipos DOM mutávéis

Agora, o JScript oferece um modo para substituir métodos de objeto existentes e criar novos métodos que se aplicam imediatamente a todas as instâncias de objetos. Esta associação permite que os scripts manipulem objetos DOM de modo nativo, como se eles fossem realmente objetos JScript. Com o fornecimento de protótipos DOM nativos para elementos, referências circulares, como aquelas criadas às vezes entre a infraestrutura COM (Component Object Model) do Internet Explorer e o mecanismo de script, podem ser gerenciadas diretamente pelo mecanismo JScript para atenuar perdas de memória difíceis de detectar.

Para obter mais informações, consulte:

Aprimoramentos no modo protegido

No Windows Vista, o Modo Protegido restringe gravações de arquivo para locais de baixa integridade, incluindo cookies. No Internet Explorer 8, aplicativos de integridade média podem acessar cookies de baixa integridade, sem interação do usuário, usando IEGetProtectedModeCookie e IESetProtectedModeCookie. Como sempre, aplicativos que usam cookies baixados da Internet devem assumir que esses cookies contêm dados mal-intencionados.

Com o Internet Explorer 8, você pode controlar o navegador depois de iniciá-lo a partir de um processo de integridade média, mesmo que ele seja aberto no Modo Protegido. Depois de invocar Navigate2, o evento NewProcess retornará uma referência para o novo objeto WebBrowser que acabou de abrir.

Recursos do RSS

  • Feeds autenticados  agora, a plataforma RSS do Windows pode executar autenticação sem interação com o usuário. É possível definir o nome do usuário e a senha na caixa de diálogo Propriedades do feed.
  • ID efetivo  Um algoritmo de hash é usado para produzir um ID exclusivo para itens de feed. Use esse valor para sincronizar os estados lido e não lido de um item entre computadores, ou para comparar itens na Lista de Feeds Comuns com os itens armazenados pelos outros programas.

Para obter mais informações, consulte Novos recursos de RSS para o Internet Explorer 8 (a página pode estar em inglês).

Sugestões de pesquisa

O Internet Explorer 8 melhora significativamente a experiência de pesquisa do Internet Explorer 7 com os seguintes recursos:

  • Sugestões de pesquisa  Ajudam os usuários a procurar o termo certo o mais rapidamente possível. Há suporte para JSON e um formato OpenSearch XML estendido.
  • Sugestões visuais  Integram a pesquisa de imagens e outros conteúdos descritivos.
  • Experiência aprimorada do usuário  Usando a caixa de listagem suspensa Seleção Rápida e o menu de atalho Acelerador, você pode selecionar facilmente e alternar entre os provedores de pesquisa instalados. Além disso, com a Pesquisa de Histórico, encontre automaticamente as últimas páginas da Web exibidas, sem sair da caixa de pesquisa.

Para saber como integrar o provedor de pesquisa ao Internet Explorer 8, consulte Extensibilidade do provedor de pesquisa no Internet Explorer (a página pode estar em inglês).

Segurança e privacidade

Os seguintes recursos facilitam a navegação na Web:

  • Defesa contra clickjacking: Alguns hackers tentam fazer com que os usuários cliquem em botões que parecem executar funções seguras ou inofensivas, mas que executam tarefas não relacionadas em vez disso. Esses hackers incorporam código mal-intencionado ou disfarçam a interface de usuário utilizando quadros transparentes que sobrepõem elementos específicos da IU com texto e imagens falsos. Para ajudar a evitar o clickjacking, os proprietários de sites podem enviar um cabeçalho de resposta HTTP denominado X-Frame-Options com páginas HTML para restringir o modo como quadros são usados na página.
    X-Frame-Options: Deny
    Se o valor X-Frame-Options contiver o token Deny, o Internet Explorer 8 impedirá a renderização da página se ela estiver contida em um quadro. Se o valor contiver o token SameOrigin, o Internet Explorer não renderizará a página se o contexto de navegação de nível superior for diferente do código-fonte da página que contém a diretiva. As páginas bloqueadas são substituídas por uma página de erro que diz "Este conteúdo não pode ser exibido em um quadro".
  • Filtro XSS (script entre sites): Este novo recurso do Internet Explorer 8 dificulta a exploração das vulnerabilidades "XSS refletidas (Tipo I)". É possível refletir o script quando uma parte da solicitação HTTP é usada para gerar a resposta do servidor, permitindo a execução de script mal-intencionado na solicitação com o mesmo nível de acesso do restante da página. O Filtro XSS monitora todas as solicitações e respostas que passam pelo navegador. Quando o filtro detectar script em uma solicitação entre sites, ele identificará e desabilitará o script se for executado novamente na resposta do servidor. Quando isso acontece, uma mensagem dizendo que "o Internet Explorer modificou esta página para evitar um possível ataque de script entre sites" é exibida. Os desenvolvedores da Web que desejarem desabilitar o filtro para seus conteúdos poderão definir o seguinte cabeçalho HTTP.
    X-XSS-Protection: 0
  • Excluir o histórico de navegação: À medida que um usuário navega na Web, o Internet Explorer armazena as preferências desse usuário, os dados digitados e as informações sobre os lugares visitados. É possível que algumas extensões estejam fazendo a mesma coisa. Antes, não havia nenhuma maneira de um suplemento saber quando um usuário limpava a pasta TIF (Arquivos Temporários de Internet) ou removia os cookies e o histórico. Agora, com a implementação da interface IDeleteBrowsingHistory, as extensões podem ser notificadas quando o usuário limpa o cache do navegador, o que lhe permite excluir seus próprios dados armazenados ao mesmo tempo.
  • Filtragem InPrivate: Os sites podem rastrear os usuários sem usar cookies. O Internet Explorer 8 pode assegurar que os hábitos de navegação de um usuário não sejam revelados bloqueando o conteúdo e impedindo a comunicação com conteúdo de terceiros (as imagens e o script de outro site que são incorporados na página da Web sendo exibida). A filtragem InPrivate mantém um registro dos itens de terceiros enquanto um usuário navega e, quando habilitado pelo usuário, pode bloquear automaticamente sites que forneceram conteúdo de terceiros a mais de 10 a 30 sites. Os desenvolvedores de suplementos e barra de ferramentas podem detectar se o usuário habilitou a Filtragem InPrivate chamando IEInPrivateFilteringEnabled ou com script da seguinte forma:
    var enabled = window.external.InPrivateFilteringEnabled(); 

Para obter mais informações, consulte:

API de seletores

Use o poder dos seletores CSS para localizar rapidamente elementos DOM. A API introduz dois métodos: querySelector e querySelectorAll, que usam um seletor (ou grupo de seletores) para retornar os elementos DOM correspondentes. Com esses métodos, é mais fácil associar um conjunto de nós de elementos com base nos critérios específicos. A API de Seletores proporciona um desempenho significativamente mais rápido em relação às implementações não nativas.

Para obter mais informações, consulte Selecionando objetos com JavaScript (a página pode estar em inglês).

Web Slices

Web Slices permitem que os usuários assinem conteúdo especialmente marcado em uma página da Web. Quando o conteúdo é alterado, o usuário recebe uma notificação na barra Favoritos onde é possível exibir esse conteúdo sem navegação adicional.

Para obter mais informações, consulte:

Aprimoramentos de zoom

O Internet Explorer 8 fornece uma experiência de zoom de mais alta qualidade, mais previsível e persistente do que o Internet Explorer 7. Além de introduzir estados de zoom mais persistentes, o Internet Explorer 8 elimina as barras de rolagem horizontais para a maioria dos cenários básicos. Novas janelas, caixas de diálogo e janelas pop-up herdam automaticamente o nível de zoom de seus pais.

Tópicos relacionados

Contribuições da comunidade

Mostrar: