Esta página foi útil?
Seus comentários sobre este conteúdo são importantes. Queremos saber sua opinião.
Comentários adicionais?
1500 caracteres restantes
CREATE RESOURCE POOL (Transact-SQL)
Collapse the table of content
Expand the table of content
Este artigo foi traduzido manualmente. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original

CREATE RESOURCE POOL (Transact-SQL)

Cria um pool de recursos do Administrador de Recursos no SQL Server. Um pool de recursos representa um subconjunto dos recursos físicos (memória, CPUs e E/S) de uma instância do Mecanismo de Banco de Dados. O Administrador de Recursos permite que um administrador de banco de dados distribua recursos de servidor entre pools de recursos, até um máximo de 64 pools. O Administrador de Recursos não está disponível em todas as edições do SQL Server. Para obter uma lista de recursos com suporte nas edições do SQL Server, consulte Recursos compatíveis com as edições do SQL Server 2014.

Aplica-se a: SQL Server (do SQL Server 2008 à versão atual).

Ícone de vínculo de tópico Convenções da sintaxe Transact-SQL.

CREATE RESOURCE POOL pool_name
[ WITH
    (
        [ MIN_CPU_PERCENT = value ]
        [ [ , ] MAX_CPU_PERCENT = value ] 
        [ [ , ] CAP_CPU_PERCENT = value ] 
        [ [ , ] AFFINITY {SCHEDULER =
                  AUTO | ( <scheduler_range_spec> ) 
                | NUMANODE = ( <NUMA_node_range_spec> )} ] 
        [ [ , ] MIN_MEMORY_PERCENT = value ]
        [ [ , ] MAX_MEMORY_PERCENT = value ]
        [ [ , ] MIN_IOPS_PER_VOLUME = value ]
        [ [ , ] MAX_IOPS_PER_VOLUME = value ]
    ) 
]
[;]

<scheduler_range_spec> ::=
{ SCHED_ID | SCHED_ID TO SCHED_ID }[,…n]

<NUMA_node_range_spec> ::=
{ NUMA_node_ID | NUMA_node_ID TO NUMA_node_ID }[,…n]

pool_name

É o nome definido pelo usuário para o pool de recursos. pool_name é alfanumérico, pode ter até 128 caracteres, deve ser exclusivo dentro de uma instância do SQL Server e deve obedecer às regras de identificadores.

MIN_CPU_PERCENT =value

Especifica a média de largura de banda de CPU garantida para todas as solicitações no pool de recursos quando houver contenção de CPU. value é um inteiro com uma configuração padrão de 0. O intervalo permitido para value é de 0 a 100.

MAX_CPU_PERCENT =value

Especifica a média máxima de largura de banda de CPU que todas as solicitações desse pool de recursos receberão quando houver contenção de CPU. value é um inteiro com uma configuração padrão de 100. O intervalo permitido para value é de 1 a 100.

CAP_CPU_PERCENT =value

Aplica-se a: do SQL Server 2012 ao SQL Server 2014.

Especifica uma extremidade rígida na largura de banda de CPU que todas as solicitações no pool de recursos receberão. Limita o nível de largura de banda de CPU máxima para que ele seja igual ao valor especificado. value é um inteiro com uma configuração padrão de 100. O intervalo permitido para value é de 1 a 100.

AFFINITY {SCHEDULER = AUTO | ( <scheduler_range_spec> ) | NUMANODE = (<NUMA_node_range_spec>)}

Aplica-se a: do SQL Server 2012 ao SQL Server 2014.

Anexe o pool de recursos a agendadores específicos. O valor padrão é AUTO.

AFFINITY SCHEDULER = ( <scheduler_range_spec> ) mapeia o pool de recursos para as agendas do SQL Server identificadas pelas IDs fornecidas. Essas IDs são mapeadas para os valores na coluna de scheduler_id em sys.dm_os_schedulers (Transact-SQL).

Quando você usa AFFINITY NUMANODE = ( <NUMA_node_range_spec> ), o pool de recursos é afinado com os agendadores do SQL Server que são mapeados para as CPUs físicas que correspondem ao nó NUMA ou ao intervalo de nós fornecidos. Você pode usar a seguinte consulta Transact-SQL para descobrir o mapeamento entre a configuração NUMA física e as IDs de agendador do SQL Server.

SELECT osn.memory_node_id AS [numa_node_id], sc.cpu_id, sc.scheduler_id
FROM sys.dm_os_nodes AS osn
INNER JOIN sys.dm_os_schedulers AS sc 
    ON osn.node_id = sc.parent_node_id 
    AND sc.scheduler_id < 1048576;
MIN_MEMORY_PERCENT =value

Especifica a quantidade mínima de memória reservada para esse pool de recursos que não pode ser compartilhada com outros pools de recursos. value é um inteiro com uma configuração padrão de 0. O intervalo permitido para value é de 0 a 100.

MAX_MEMORY_PERCENT =value

Especifica a memória total de servidor que pode ser usada por solicitações nesse pool de recursos. value é um inteiro com uma configuração padrão de 100. O intervalo permitido para value é de 1 a 100.

MIN_IOPS_PER_VOLUME =value

Aplica-se a: do SQL Server 2014 ao SQL Server 2014.

Especifica o mínimo de operações de E/S por segundo (IOPS) por volume de disco para reservar para o pool de recursos. O intervalo permitido para value é de 0 a 2^31-1 (2.147.483.647). Especifique 0 para indicar nenhum limite mínimo para o pool. O padrão é 0.

MAX_IOPS_PER_VOLUME =value

Aplica-se a: do SQL Server 2014 ao SQL Server 2014.

Especifica o máximo de operações de E/S por segundo (IOPS) por volume de disco para permitir para o pool de recursos. O intervalo permitido para value é de 0 a 2^31-1 (2.147.483.647). Especifique 0 para definir um limite ilimitado para o pool. O padrão é 0.

Se o MAX_IOPS_PER_VOLUME para um pool for definido como 0, o pool não será controlado e pode utilizar todos os IOPS no sistema mesmo se outros pools tiverem MIN_IOPS_PER_VOLUME definido. Para esses casos, é recomendável definir o valor de MAX_IOPS_PER_VOLUME para esse pool para um número alto (por exemplo, o valor máximo 2^31-1) se você quiser que esse pool seja controlado para E/S.

MIN_IOPS_PER_VOLUME e MAX_IOPS_PER_VOLUME especificam as leituras ou gravações mínimas e máximas por segundo. Essas leituras ou gravações podem ser de qualquer tamanho e não indicam a taxa de transferência mínima ou máxima.

Os valores para MAX_CPU_PERCENT e MAX_MEMORY_PERCENT devem ser maiores ou iguais aos valores de MIN_CPU_PERCENT e MIN_MEMORY_PERCENT, respectivamente.

CAP_CPU_PERCENT difere de MAX_CPU_PERCENT pois cargas de trabalho associadas com o pool podem usar a capacidade da CPU acima do valor de MAX_CPU_PERCENT quando ela está disponível, mas não acima do valor de CAP_CPU_PERCENT.

A porcentagem total de CPU para cada componente de afinidade (agendador(es) ou nó(s) NUMA) não deve exceder 100%.

Requer a permissão CONTROL SERVER.

O exemplo a seguir mostra como criar um pool de recursos denominado bigPool. Esse pool usa as definições padrão do Administrador de Recursos.

CREATE RESOURCE POOL bigPool;
GO
ALTER RESOURCE GOVERNOR RECONFIGURE;
GO

O exemplo a seguir define o CAP_CPU_PERCENT como uma extremidade rígida de 30% e define AFFINITY SCHEDULER como um intervalo de 0 a 63, de 128 a 191.

Aplica-se a: do SQL Server 2012 ao SQL Server 2014.

CREATE RESOURCE POOL PoolAdmin
WITH (
     MIN_CPU_PERCENT = 10,
     MAX_CPU_PERCENT = 20,
     CAP_CPU_PERCENT = 30,
     AFFINITY SCHEDULER = (0 TO 63, 128 TO 191),
     MIN_MEMORY_PERCENT = 5,
     MAX_MEMORY_PERCENT = 15
      );

O exemplo a seguir define MIN_IOPS_PER_VOLUME como <algum valor> e MAX_IOPS_PER_VOLUME como <algum valor>. Esses valores controlam as operações de leitura e gravação de E/S física que estão disponíveis para o pool de recursos.

Aplica-se a: do SQL Server 2014 ao SQL Server 2014.

CREATE RESOURCE POOL PoolAdmin
WITH (
    MIN_IOPS_PER_VOLUME = 20,
    MAX_IOPS_PER_VOLUME = 100
      );

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2015 Microsoft