VENDAS: 1-800-867-1389

Tutorial: configurar e conectar várias máquinas virtuais do SQL Server no mesmo serviço de nuvem no Azure

Atualizado: outubro de 2014

Este tutorial demonstra como configurar e conectar várias máquinas virtuais do SQL Server no mesmo serviço de nuvem no Azure. Conectar máquinas virtuais no mesmo serviço de nuvem permite que elas se comuniquem entre si. Quando você cria uma máquina virtual, um serviço de nuvem é criado automaticamente para conter o computador. Todas as máquinas virtuais que você cria no Azure podem se comunicar automaticamente com outras máquinas virtuais no mesmo serviço de nuvem ou rede virtual usando um canal de rede privada.

Para conectar as máquinas virtuais no mesmo serviço de nuvem, você não precisa criar um ponto de extremidade do Azure para a máquina virtual, mas precisa criar uma porta TCP no Firewall do Windows para o mecanismo de banco de dados na máquina virtual.

Você pode selecionar uma imagem de máquina virtual do SQL Server da galeria e provisionar a máquina virtual para seu ambiente do Azure.

Neste tutorial, você fará o seguinte:

  1. Faça logon no portal de gerenciamento do Azure usando sua conta. Se você não tiver uma conta do Azure, visite a avaliação gratuita do Azure.

  2. No portal de gerenciamento do Azure, na parte inferior esquerda da página da Web, clique em +NOVO, em COMPUTAÇÃO, em MÁQUINA VIRTUAL e em DA GALERIA.

  3. Selecione uma imagem de máquina virtual contendo o SQL Server e, depois, clique na próxima seta na parte inferior direita da página.

  4. Na primeira página Configuração da máquina virtual, forneça as seguintes informações:

    • Digite SQLVM1 como um NOME DA MÁQUINA VIRTUAL. Observe que, no portal do Azure, quando você clica em um nome de máquina virtual para abrir o painel, aparece o nome da máquina virtual como um nome de host.

    • Na caixa NOVO NOME DE USUÁRIO, digite o nome de usuário exclusivo para a conta de administrador local.

    • Na caixa NOVA SENHA, digite uma senha segura.

    • Na caixa CONFIRMAR SENHA, digite novamente a senha.

    • Selecione o TAMANHO apropriado na lista suspensa.

  5. Na segunda página Configuração da máquina virtual, configure os recursos para rede, armazenamento e disponibilidade:

    • Na caixa Serviço de Nuvem, escolha Criar um novo serviço de nuvem.

    • Na caixa Nome DNS do Serviço de Nuvem, forneça a primeira parte de um nome DNS de sua escolha, de forma que ele constitua um nome no formato SQLVM2012.cloudapp.net.

    • Na caixa REGIÃO/GRUPO DE AFINIDADE/REDE VIRTUAL, selecione uma região onde esta imagem virtual será hospedada.

  6. Clique na marca de seleção no canto inferior direito para continuar.

  7. Leia e aceite os termos legais.

  8. O Azure cria a máquina virtual e define as configurações do sistema operacional. Após o Azure concluir o provisionamento da máquina virtual, ela é listada como Executando no portal de gerenciamento do Azure. Se ela estiver listada como Parada, clique em Reiniciar. Durante o processo de provisionamento, uma conta de armazenamento é criada automaticamente, a menos que você especifique sua própria conta. Quando você cria uma máquina virtual, um serviço de nuvem é criado para você. O serviço de nuvem que é criado para conter a primeira máquina virtual não é exibido no portal de gerenciamento até você conectar máquinas virtuais adicionais ao primeiro computador.

    Conta de armazenamento

Ao provisionar a segunda máquina virtual do SQL Server, siga as etapas descritas nesta seção, exceto:

  1. Na primeira página Configuração da máquina virtual, digite SQLVM2 como um NOME DA MÁQUINA VIRTUAL.

  2. Na segunda página Configuração da máquina virtual, escolha o sqlvm2012.cloudapp.net criado anteriormente. Isso irá assegurar que as duas novas VMs fiquem localizadas no mesmo serviço de nuvem. Selecione a Storage Account existente mais adequada ou deixe a conta de armazenamento como Use uma conta de armazenamento gerada automaticamente se ainda não existir uma conta de armazenamento adequada.



O Azure cria esta segunda máquina virtual e define as configurações do sistema operacional. Após o Azure concluir o provisionamento da segunda máquina virtual, ela é listada como Executando no portal de gerenciamento do Azure. Observe que essas duas máquinas virtuais têm o mesmo nome DNS. Elas também têm o mesmo endereço IP público, pois estão no mesmo serviço de nuvem.

  1. No portal do Azure, clique no nome da máquina virtual SQLVM1 criado por você para abrir o painel.

  2. No menu inferior, clique em Conectar e faça logon na máquina virtual usando a área de trabalho remota (RDP). Use as credenciais de administrador para fazer logon.

    Conexão de Área de Trabalho Remota no Windows Azure
  3. A primeira vez que você faz logon nessa máquina virtual, talvez seja necessário concluir vários processos, inclusive a configuração da área de trabalho, atualizações do Windows e a conclusão de tarefas de configuração inicial (sysprep) do Windows. Após a conclusão do sysprep do Windows, a configuração do SQL Server conclui tarefas de configuração. Quando você está conectado a uma máquina virtual com a área de trabalho remota do Windows, a máquina virtual funciona como qualquer outro computador. Você pode se conectar à instância padrão do SQL Server com o SQL Server Management Studio (executado na máquina virtual) da forma usual.

  4. Feche a área de trabalho remota.

Para concluir a instalação da segunda máquina virtual, repita as etapas listadas nesta seção para SQLVM2.

  1. Conecte-se à primeira máquina virtual SQLVM1 via área de trabalho remota.

  2. Você precisa configurar o SQL Server para escutar no protocolo TCP. Para tanto, abra o Gerenciador de Configuração do SQL Server.

  3. No SQL Server Configuration Manager, expanda Configuração de Rede do SQL Server no painel de console.

  4. Clique em Protocolos para obter o nome da instância. (A instância padrão é Protocolos para MSSQLSERVER).

  5. No painel de detalhes, clique com o botão direito do mouse em TCP; por padrão, ele deve ser Habilitado para as imagens da galeria. Para as imagens personalizadas, clique em Habilitar (se seu status for Desabilitado).

  6. No painel de detalhes, clique com o botão direito do mouse em SQL Server (nome da instância) (a instância padrão é SQL Server (MSSQLSERVER)) e, depois, clique em Reiniciar para parar e reiniciar a instância do SQL Server.

  7. Em seguida, abra as portas TCP no firewall do Windows para a instância padrão do Mecanismo de Banco de Dados. Para isso, abra o Firewall do Windows com Segurança Avançada.

    Configurações do Firewall do Windows
  8. No painel esquerdo do Firewall do Windows com Segurança Avançada, clique com o botão direito do mouse em Regras de Entrada e clique em Nova Regra no painel de ação.

  9. Na caixa de diálogo Tipo de Regra, selecione Porta e clique em Avançar.

  10. Na caixa de diálogo Protocolo e Portas, selecione TCP. Selecione Portas locais específicas e digite o número da porta da instância do Mecanismo de Banco de Dados (1433 para a instância padrão). Clique em Avançar.

  11. Na caixa de diálogo Ação, selecione Permitir a conexão e clique em Avançar.

  12. Na caixa de diálogo Perfil, selecione Domínio, Privado, Público e, em seguida, clique em Avançar.

  13. Na página Nome, defina o nome da regra de entrada como SQLServerVM1Port e clique em Concluir. Feche a janela Firewall do Windows com Segurança Avançada.

  14. Depois, configure o SQL Server para a autenticação no modo misto. O Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server não pode usar a Autenticação do Windows sem um ambiente de domínio. Para tanto, clique para abrir o SQL Server Management Studio.

  15. Na caixa de diálogo Conectar ao Servidor, para Nome do servidor, digite o nome de host da máquina virtual para conectar-se ao mecanismo de banco de dados com o Pesquisador de Objetos. Selecione Autenticação do Windows. Clique em Conectar.

  16. No Pesquisador de Objetos do SQL Server Management Studio, clique com o botão direito do mouse no nome da instância do SQL Server (o nome da máquina virtual) e, depois, clique em Propriedades.

    Conectar ao Banco de dados do SQL Server
  17. Na página Segurança, em Autenticação de servidor, selecione o Modo de Autenticação do SQL Server e do Windows e clique em OK.

    Propriedades do Servidor
  18. No Pesquisador de Objetos, clique com o botão direito do mouse no servidor e, depois, clique em Reiniciar.

  19. Em seguida, você precisa criar um logon de autenticação do SQL Server para conectar-se à primeira máquina virtual de outro computador. Para fazer isso, em Pesquisador de Objetos do SQL Server Management Studio, expanda a instância de servidor SQLVM1 no qual você deseja criar o novo logon. Clique com o botão direito do mouse na pasta Segurança, aponte para Novo e selecione Logon....

  20. Na caixa de diálogo Logon – Novo, na página Geral, insira o nome do novo usuário sqlvm1login na caixa Nome de logon. Selecione Autenticação do SQL Server. Na caixa Senha, digite uma senha para o novo usuário. Digite essa senha novamente na caixa Confirmar Senha. Deixe valores padrão em outras caixas.

    Propriedades de logon
  21. Na página Funções de Servidor, clique em sysadmin, se quiser designar esse logon como um administrador do SQL Server. Clique em OK. Por padrão, o Azure seleciona a Autenticação do Windows durante a instalação da máquina virtual do SQL Server. Assim, o logon de sa é desabilitado e uma senha é atribuída pela instalação. Para usar o logon sa, habilite-o e também atribua uma nova senha. Para obter mais informações, consulte Alterar o modo de autenticação do servidor.

Para preparar a segunda máquina virtual, repita as etapas listadas nesta seção, exceto:

  1. Conecte-se à segunda máquina virtual SQLVM2 através da área de trabalho remota no portal de gerenciamento.

  2. Ao abrir uma porta TCP para a segunda máquina virtual, defina o nome da regra de entrada como SQLServerVM2Port.

  3. Ao criar um logon de autenticação do SQL Server em SQLVM2, insira sqlvm2login como o nome do novo usuário na caixa Nome de logon.

  1. No portal de gerenciamento do Azure, selecione MÁQUINAS VIRTUAIS | SQLVM1. Clique no botão Conectar para conectar a área de trabalho remota à primeira máquina virtual. Digite credenciais de administrador para se conectar à primeira máquina virtual.

  2. Na máquina virtual, SQLVM1, abra o SQL Server Management Studio.

  3. No Pesquisador de Objetos, clique em Conectar, escolha Mecanismo de Banco de Dados…

  4. Na caixa de diálogo Conectar ao Servidor, digite SQLVM2 como um nome de servidor. Selecione Autenticação do SQL Server. Digite sqlvm2login como um nome de logon e digite a senha que você especificou antes. Clique em Conectar.

Ao conectar de SQLVM2 para SQLVM1, siga as etapas listadas nesta seção, exceto:

  1. No portal de gerenciamento do Azure, selecione MÁQUINAS VIRTUAIS | SQLVM2 para conexão.

  2. Na caixa de diálogo Conectar ao Servidor, digite SQLVM1 como um nome de servidor e sqlvm1login como um nome de logon.

WarningAviso
Ao se conectar a outra máquina virtual no mesmo serviço de nuvem, não use os endereços IP internos ou externos atribuídos a essa máquina virtual. Os endereços IP podem mudar quando o Azure move recursos por motivos de redundância ou manutenção. Observe que SQLVM1 e SQLVM2 compartilham o mesmo nome DNS, que é sqlvm2012.cloudapp.net.

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2015 Microsoft