VENDAS: 1-800-867-1389

Definindo e recuperando propriedades e metadados para recursos blob

Atualizado: novembro de 2014

Contêineres e blobs dão suporte a metadados personalizados, representados como cabeçalhos HTTP. Os cabeçalhos de metadados podem ser definidos em uma solicitação que cria um novo contêiner ou recurso de blob, ou em uma solicitação que cria explicitamente uma propriedade em um recurso existente.

Este tópico inclui os seguintes subtópicos:

Formato de cabeçalho de metadados

Operações em metadados

Propriedades HTTP padrão para contêineres e blobs

Cabeçalhos de metadados são pares de nome/valor. O formato do cabeçalho é:

x-ms-meta-name:string-value

A partir dessa versão 2009-09-19, os nomes de metadados devem atender às regras de nomenclatura para identificadores C#.

Os nomes não diferenciam maiúsculas de minúsculas. Observe que os nomes de metadados preservam a forma com a qual foram criados, mas não diferenciam maiúsculas de minúsculas quando definidos ou lidos. Se dois ou mais cabeçalhos de metadados com o mesmo nome forem enviados para um recurso, o serviço Blob retornará o código de status 400 (Solicitação Incorreta).

O tamanho total dos metadados, incluindo o nome e o valor, não pode exceder 8 KB de tamanho.

Os pares de nome/valor de metadados são cabeçalhos HTTP válidos, portanto, seguem todas as restrições que regem cabeçalhos HTTP.

Os metadados em um recurso de blob ou contêiner podem ser recuperados ou definidos diretamente, sem retornar nem alterar o conteúdo do recurso.

Observe que os valores de metadados somente podem ser lidos ou gravados completamente; não há suporte para atualizações parciais. A definição de metadados em um recurso substitui todos os valores de metadados existentes para esse recurso.

As operações GET e de HEAD recuperam cabeçalhos de metadados para o contêiner ou o blob especificado. Essas operações só retornam cabeçalhos; elas não retornam o corpo de uma resposta.

A sintaxe de URI para recuperar cabeçalhos de metadados em um contêiner é a seguinte:

GET/HEAD https://myaccount.blob.core.windows.net/mycontainer?restype=container

A sintaxe de URI para recuperar cabeçalhos de metadados em um blob é a seguinte:

GET/HEAD https://myaccount.blob.core.windows.net/mycontainer/myblob?comp=metadata

A operação PUT define cabeçalhos de metadados no contêiner ou no blob especificado, substituindo alguns metadados existentes no recurso. Se você chamar PUT sem nenhum cabeçalho na solicitação, todos os metadados existentes no recurso serão limpos.

A sintaxe de URI para definir cabeçalhos de metadados em um contêiner é a seguinte:

PUT https://myaccount.blob.core.windows.net/mycontainer?comp=metadata?restype=container

A sintaxe de URI para definir cabeçalhos de metadados em um blob é a seguinte:

PUT https://myaccount.blob.core.windows.net/mycontainer/myblob?comp=metadata

Os contêineres e os blobs também dão suporte a certas propriedades HTTP padrão. As propriedades e os metadados são representados como cabeçalhos HTTP padrão; a diferença entre eles consiste na denominação dos cabeçalhos. Os cabeçalhos de metadados são denominados com o prefixo x-ms-meta- de cabeçalho e um nome personalizado. Os cabeçalhos de propriedade usam nomes de cabeçalho HTTP padrão, como especificado na seção 14, Definições de campos de cabeçalho, da Especificação do protocolo HTTP/1.1.

Os cabeçalhos HTTP padrão com suporte em contêineres incluem:

  • ETag

  • Last-Modified

Os cabeçalhos HTTP padrão com suporte em blobs incluem:

  • ETag

  • Last-Modified

  • Content-Length

  • Content-Type

  • Content-MD5

  • Content-Encoding

  • Content-Language

  • Cache-Control

  • Origin

  • Range

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2015 Microsoft