msdn flashAgosto 2013
    What's New  What's New 
         
 
  facebook Twitter
 
 
Juarez Lencioni Maccarini
in  

Aqui estamos de volta para falar dos destaques recentes para nós desenvolvedores. No mês passado, o Caio Garcez nos contou do que ele presenciou no BUILD e das novidades do Windows 8.1 que foram apresentadas no evento. Dessa vez, eu quero falar do que tivemos de novo para o Windows Phone.

As plataformas móveis estão se mostrando uma grande oportunidade para os desenvolvedores que decidem empreender com um aplicativo. Um app que você desenvolva para Windows Phone já pode ser vendido em 191 mercados diferentes. E hoje o volume de downloads de apps por mês já chega a ser quase o triplo daquele observado no lançamento do Windows Phone 8, há menos de 10 meses. Para vocês terem mais uma ideia do crescimento exponencial que estamos verificando, tivemos nosso primeiro bilhão de downloads dois anos e meio após o lançamento do Windows Phone 7. Desde então, nosso segundo bilhão levou apenas seis meses!

Para que cada vez mais pessoas possam aproveitar essa oportunidade, lançamos o beta do Windows Phone App Studio, que possibilita não apenas que um iniciante no desenvolvimento para Windows Phone consiga ter seu app pronto em apenas quatro passos, como também pode acelerar o fluxo de desenvolvimento mesmo para os profissionais já experientes na plataforma – afinal, você pode exportar o código gerado e editar do seu jeito no Visual Studio.

Para entender melhor, recomendo este vídeo que o nosso MVP de Windows Phone, Rodolpho Marques, gravou para demonstrar rapidamente um pouco do que o App Studio é capaz. Te encorajo a se inscrever para receber o código de acesso ao beta e poder aproveitar a praticidade dessa nova ferramenta.

E se você já é um desenvolvedor mais experiente com o Windows Phone, sempre vale a pena lembrar do Windows Phone Toolkit. Ele é desenvolvido pelo mesmo time das APIs que fazem parte de cada novo SDK, mas por estar desvinculado das atualizações do sistema, conseguimos atualizar o Toolkit de forma bem mais livre: quando você menos espera já tem um componente novo testado e otimizado, para agilizar e dar mais qualidade ao desenvolvimento do seu app.

Nessa atualização de agosto do Windows Phone Toolkit tivemos a inclusão do controle de transferências em background, o TransferControl. Falo um pouco mais sobre esse controle e sobre o App Studio neste post.

É assim que temos seguido, tanto trazendo recursos mais avançados para aqueles que já tem seus xaps rodando em diversos Windows Phones por aí como facilidades para aqueles que ainda nem fazem ideia do que vem a ser esse tal de xap mas estão animados para começar. O momento de grande crescimento que o Windows Phone vive é muito empolgante, assim como toda nossa plataforma integrada (com o Windows 8.1 e Windows Azure). As novidades não param e em setembro já sei que não será diferente, fique de olho!

 

 
dev centers
Windows Windows Phone Windows Azure Visual Studio
connect with us
Facebook Twitter 
Espaço SQL
 
POWER BI, seu business intelligence na nuvem!

Agora, através de um poderoso componente do Office 365, você pode estender a etapa de BI da sua empresa e fazer consultas diretamente do seu tablet! Composto pelo PowerPivot, PowerView, PowerQuery e PowerMap, todos ferramentas do suite de BI Microsoft, o Power BI permite que dentro ou fora da sua organização você seja capaz de criar visualizações ricas que desencadearão insights para que você esteja sempre à frente e bem embasado para qualquer tomada de decisão.

Registre-se para ter acesso ao preview e tire suas próprias conclusões!

 

SQL Saturday RJ # 245
 

O SQL Saturday é um evento regional gratuito que oferece capacitação para profissionais que lidam com SQL Server. No próximo dia 31 de agosto, no Rio de Janeiro, você terá a chance de assistir a uma variedade de sessões técnicas de alta qualidade que vão fazer seu sábado repleto de conhecimento e networking.

Veja a agendado evento e participe!

 

Windows Azure
 

Este mês traz uma grande lista de novidades relacionadas ao Windows Azure, sendo que a primeira é a versão 2.1 do Windows Azure SDK para .NET. As principais novidades deste SDK são:

  • Visual Studio 2013 Preview Support: O Windows Azure SDK agora suporta o VS 2013 Preview 
  • Visual Studio 2013 VM Image: O Windows Azure possui uma imagem com o Visual Studio 2013 Preview, agora é possível testar/desenvolver com o novo Visual Studio diretamente na nuvem
  • Visual Studio Server Explorer: O Server Explorer foi redesenhado e os filtros melhorados com o carregamento automático dos recursos locados da subscrição

Este post do Vinícius Souza traz algumas informações adicionais sobre esta nova versão do SDK, e este link do MSDN mostra em mais detalhes a lista de novidades introduzidas em cada lançamento do SDK.

A segunda novidade é o plugin de Windows Azure para o Eclipse. Este é um importante anúncio que reforça a estratégia de interoperabilidade da Microsoft, veja mais informações neste post.

E, por fim, aterceiranovidade é a atualização de Agosto de 2013 do Windows Azure Training Kit. Esta atualização inclui uma nova versão do laboratório de introdução ao Access Control Service 2.0, nova experiência do portal e MVC 4; como começar com o Windows Azure Storage com dois exercícios extras mais avançados no tema abstração de segurança, além de 4 laboratórios mostrando as novas funcionalidades do portal de gerenciamento.

Veja abaixo a lista detalhada do conteúdo atualizado:

  • Novo Laboratório: Going Live with Windows Azure Web Sites

     

  • Novo Laboratório: Automatically Scaling Web Applications on WindowsAzure Web Sites

  • Novo Laboratório: Creating a Windows Azure Mobile Service with a Custom API

  •  

    Novo Laboratório: Introduction to Windows Azure Active Directory
  • Laboratório Atualizado: Introduction to Windows Azure Access Control Service 2.0

     

  • Novo Exercício: Getting Started Windows Azure Storage

Faça o download do Training Kit aqui.

Visual Studio
Instale e experimente o Visual Studio2013hoje e tenha o futuro do desenvolvimento em suas mãos
 
AppStudio
Você já ouviu falar do APP STUDIO?

Uma nova ferramenta que permite seus usuários desenvolverem um aplicativo para Windows Phone, sem precisar ter conhecimento avançado em desenvolvimento!

O que há de diferente:

  • Novas conexões para fontes de dados externos e adicionais;
  • Melhoria da legibilidade de código;
  • Novos templates;
  • Fonte de dados do Flickr;
  • Mudanças fundamentais para o App Studio visando melhorar o desempenho e escalabilidade do Sistema;  

Para saber mais e fazer seu app acesse: http://apps.windowsstore.com/default.htmEntenda como fazer o seu app com Rodolpho Marques do Carmo: https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Ps9skZn66RM

 

Notícias

Visual Studio LIVE!
sexta-feira, 23 ago

Disponibilidade de Windows Server 2012 R2, System Center 2012 R2, Windows Intune e Windows Azure
sábado, 17 ago

TFS Planning Guide
quinta-feira, 15 ago 

 
Apps em destaque
Veja.com
No aplicativo de VEJA para Windows 8 você se informa em tempo real sobre o Brasil e o mundo, e tem as últimas notícias sobre economia, celebridades, esportes, ciência, saúde e vida digital
http://apps.microsoft.com/windows/pt-br/app/veja-com/5776c2a6-9137-45b8-88bd-de2a54c4d83d
 
Imagem & Ação
O clássico jogo de tabuleiro Imagem e Ação, que vem divertindo gerações de brasileiros de todas as idades, agora também é online!
http://apps.microsoft.com/windows/pt-br/app/imagem-acao-gratis/de2d32c9-a24f-4e6e-b33a-5a969db5855c
 
Sua Loteria! Mega-Sena
Este aplicativo gera de maneira aleatória ou equilibrada, números para apostas na Mega-Sena. Facilitando sua maneira de realizar suas apostas.
http://apps.microsoft.com/windows/pt-br/app/sua-loteria-mega-sena/b9cfbe9d-75b4-4340-afd4-c4435768367c
 
Revista Old!Gamer
Publicação bimestral dedicada exclusivamente ao segmento retrô dos videogames. A OLD!Gamer oferece amplas reportagens sobre videogames e jogos clássicos, entrevistas com os profissionais que criaram os alicerces da indústria gamer, curiosidades, galerias de arte e uma perspectiva atual sobre eventos históricos.
http://apps.microsoft.com/windows/pt-br/app/2c790123-6386-4fb4-8b4c-6b3194d5b74e
 
Artigos em destaque

Reestruturando seu código legado usando MVVM e Dependency Injection com Unity
No artigo anterior, Testando o intestável com Fakes, mostrei como criar testes unitários para código legado que não possibilitava testes. Com estes testes, podemos dar um passo adiante na reestruturação do nosso código: usar boas práticas de projeto, criando código que possa ser facilmente mantido no futuro.

Testando o intestável com Microsoft Fakes
Muitas vezes devemos fazer mudanças em programas que estão em produção há muito tempo e que não foram desenvolvidos com boas práticas de programação. Nesta hora, nossa primeira ideia é correr o mais rápido possível para longe disso: a possibilidade de dar problemas é muito grande e mexer no código é quase impossível – estamos trabalhando com um castelo de cartas, onde o menor movimento pode derrubar tudo.

ASP.NET Web API - Formatadores
Um dos maiores benefícios ao se utilizar uma biblioteca ou um framework é a facilidade que ele nos dá para tornar a construção de algo mais simplificada, abstraindo alguns pontos complexos, permitindo com que o utilizador foque diretamente (e na maioria das vezes) na resolução de problemas voltados ao negócio, sem gastar muito tempo com questões inerentes à infraestrutura e/ou similares.

ASP.NET Web API – Estensibilidade e Arquitetura
Para que seja possível tirar um maior proveito do que qualquer biblioteca ou framework tem a oferecer, é termos o conhecimento mais profundo de sua arquitetura. Apesar de ser opcional no primeiro momento, é de grande importância o conhecimento destes mecanismos, pois podem ser úteis durante alguma depuração que seja necessária ou durante a estensão de algum ponto para uma eventual customização, algo que também será abordado neste capítulo.

ASP.NET Web API – Testes e Tracing
É importante testarmos a maioria dos códigos que escrevemos, e quando estamos falando em testes, não estamos necessariamente nos referindo sobre testes de alto nível, onde colocamos o usuário para realizar os testes. Nos referimos a testes automatizados, onde conseguimos escrever códigos para testar códigos, possibilitando a criação de diversos cenários para se certificar de que tudo funcione como esperado.

 
 
   facebook Twitter