Diretrizes para seletores de arquivos

Applies to Windows and Windows Phone

O seletor de arquivos permite que um aplicativo acesse arquivos e pastas e salve um arquivo.

O que fazer e o que não fazer

  • Adicionar um controle ao aplicativo que chame o seletor de arquivos para permitir ao usuário selecionar os arquivos que serão manipulados pelo seu aplicativo.
  • Adicionar um controle à interface do usuário do seu aplicativo que chame um seletor de arquivos para que o usuário possa especificar o nome, o tipo de arquivo e/ou o local de gravação (por exemplo, outro aplicativo) desse arquivo.
  • Defina os tipos de arquivo para garantir que os usuários possam selecionar ou salvar somente tipos de arquivo compatíveis com o seu aplicativo.
  • Para o acesso a arquivos e pastas, defina o modo de exibição de acordo com os tipos de itens que o usuário estiver selecionando.
  • Defina o botão de confirmação de acordo com a tarefa atual do usuário.
  • Defina o local inicial sugerido como o local mais relevante possível de acordo com a tarefa atual do usuário.
  • Para o acesso a arquivos, permita que o usuário selecione um ou vários arquivos de acordo com a tarefa atual.
  • Para a gravação de arquivos, defina um nome de arquivo padrão para o arquivo a ser salvo.
  • Não use o seletor de arquivos para explorar, consumir ou gerenciar conteúdo de arquivos.
  • Não use o seletor de arquivos para salvar um arquivo se houver necessidade de um nome ou local de arquivo exclusivo e especificado pelo usuário.

Diretriz de uso adicional

  • Acessar arquivos e pastas.

    Adicionar um controle ao aplicativo que chame o seletor de arquivos para permitir ao usuário selecionar os arquivos que serão manipulados pelo seu aplicativo. O usuário pode selecionar os arquivos usando a interface do usuário do seletor de arquivos, como mostrado na captura de tela.

    Por exemplo, esta captura de tela mostra um seletor de arquivos que foi chamado para permitir que o usuário selecione alguns arquivos. Na captura de tela, o usuário selecionou dois arquivos. Uma captura de tela do seletor de arquivos com dois arquivos selecionados para serem abertos.

    O usuário pode selecionar arquivos de qualquer local (inclusive de outros aplicativos) relacionado na lista suspensa na parte superior esquerda do seletor de arquivos.

  • Adicionar "salvar como" ao seu aplicativo.

    Adicionar um controle à interface do usuário do seu aplicativo que chame um seletor de arquivos para que o usuário possa especificar o nome, o tipo de arquivo e/ou o local de gravação (por exemplo, outro aplicativo) desse arquivo. O usuário pode navegar e salvar o arquivo usando a interface do usuário do seletor de arquivos, como mostrado na captura de tela.

    Uma captura de tela de um seletor de arquivos usado para salvar um arquivo no OneDrive.

Recomendamos que você permita que os usuários explorem, consumam e/ou gerenciem conteúdo de arquivos criando páginas e interfaces de usuário dedicadas no seu aplicativo. Isso ajuda os usuários a se concentrarem na tarefa atual que estão executando e a evitar que recursos desnecessários os atrapalhem enquanto selecionam arquivos.

Por exemplo, um aplicativo de galeria de fotos deve fornecer uma página personalizada dedicada e uma interface que permita aos usuários organizar e visualizar arquivos de imagem no aplicativo. O aplicativo pode personalizar essa interface do usuário para melhor adaptá-la às necessidades do usuário. Quando o usuário quiser adicionar arquivos à galeria, ele deve chamar o seletor de arquivos que proporciona uma experiência específica para essa finalidade.

Se o usuário não precisar especificar um nome, tipo ou local de gravação para o arquivo, é recomendável que o aplicativo grave o arquivo automaticamente em tela de fundo (sem abrir o seletor de arquivos). Isso ajuda a eliminar interações desnecessárias do usuário, acelerando e facilitando o processo de gravação de arquivos.

Diretrizes sobre experiência do usuário: acessando e salvando arquivos e pastas

  • Seja para a seleção ou gravação de arquivos e pastas, personalize o seletor de aplicativos para exibir somente os tipos de arquivo compatíveis com seu aplicativo e relevantes para a tarefa atual do usuário. Por exemplo, se o usuário estiver selecionando ou salvando um vídeo, defina os tipos de arquivo de modo que ele possa selecionar ou salvar somente formatos de arquivo de vídeo compatíveis com seu aplicativo.

    Isso também se aplica à seleção de pastas em que o usuário manipula os arquivos exibidos no seletor de arquivos para determinar a pasta a ser selecionada. Filtrando o modo de exibição pelo tipo de arquivo apropriado, você ajuda o usuário a identificar a pasta correta mais rapidamente.

  • Se o usuário estiver selecionando imagens ou vídeos, defina o modo de exibição como Thumbnail. Se estiver selecionando outros tipos de arquivo ou pasta, defina o modo de exibição como List.

    Em alguns casos, o usuário pode desejar selecionar uma imagem/vídeo ou qualquer outro tipo de arquivo (por exemplo, se o usuário estiver selecionando um arquivo para anexar a um email ou enviar por meio de IM). Neste caso, você deve dar suporte aos dois modos de exibição adicionando dois controles de interface de usuário a seu aplicativo. Um controle deve chamar o seletor de arquivos usando o modo de exibição Thumbnail, assim o usuário pode selecionar imagens e vídeos, e o outro deve chamar o seletor de arquivos usando o modo de exibição List, dessa forma, o usuário pode selecionar outros tipos de arquivos. Por exemplo, um aplicativo de email teria dois botões: Anexar Imagem ou Vídeo e Anexar Documento.

  • Seja para a seleção ou gravação de arquivos e pastas, personalize o seletor de arquivos definindo o texto do botão de confirmação de modo a refletir a tarefa atual do usuário. Por exemplo, se o usuário quiser selecionar um conjunto de arquivos para carregar no aplicativo, defina o texto do botão de confirmação como "Carregar".

  • Seja para a seleção ou gravação de arquivos e pastas, personalize o seletor de arquivos para sugerir o local inicial mais relevante possível de acordo com a tarefa atual do usuário e a lista de possíveis locais iniciais fornecida pela enumeração PickerLocationId. Por exemplo, se o usuário estiver selecionando imagens, defina o local inicial sugerido como as Imagens do usuário.

  • Se o usuário estiver selecionando uma imagem de perfil, chame o seletor de arquivos que seleciona um único arquivo. Se ele estiver selecionando fotos para enviar para um amigo, chame o seletor de arquivos que seleciona vários arquivos.

  • Se o usuário aceitar o nome de arquivo padrão fornecido, ele não precisará perder tempo digitando um novo nome e poderá concluir a tarefa "salvar como" mais rapidamente. Você pode usar a propriedade FileSavePicker.SuggestedFileName para definir o nome do arquivo padrão.

Tópicos relacionados

Para designers
Integrando contratos de seletor de arquivos
Diretrizes de contratos de seletor de arquivos
Para desenvolvedores (HTML)
Acessando dados e arquivos
Adicionando controles e conteúdo
Guia de início rápido: acessando arquivos com seletores de arquivos
Como salvar arquivos usando seletores de arquivos
Windows.Storage.Pickers
Windows.Storage.Pickers.Provider
Windows.Storage.AccessCache
PickerLocationId
FileSavePicker.SuggestedFileName
Para desenvolvedores (XAML)
Windows.Storage.Pickers
Windows.Storage.Pickers.Provider
Windows.Storage.AccessCache
PickerLocationId
FileSavePicker.SuggestedFileName

 

 

Mostrar:
© 2014 Microsoft