Botões e contratos

Applies to Windows only

O aplicativo Halo 4 e o painel Compartilhar

 

Os contratos e botões são os elementos que unem os aplicativos da Windows Store à interface do usuário do sistema. Juntos, eles fornecem um modo consistente de executar as tarefas mais comuns, como pesquisar e compartilhar. Os botões e contratos permitem que aplicativos diferentes interajam entre si de uma maneira previsível e familiar.

Os botões e contratos simbolizam o princípio de design da Microsoft de vantagem de forma única, porque eles integram aplicativos díspares ao fornecer um local unificado para pesquisa, compartilhamento e configurações de ajuste.

Botões no Windows

Aplicativo Fotos e botões

 

Há cinco botões os quais os usuários podem acessar ao fazer o momento do canto direito da tela ou ao apontar para o canto direito superior ou inferior da tela. Além de fornecer uma maneira esperada de interagir com o aplicativo, os botões também permitem que seu aplicativo compartilhe dados. Você pode passar imagens entre diferentes aplicativos, informações de e-mail diretamente de um aplicativo para uma fonte externa ou até fornecer termos que são exibidos em consultas de pesquisa acionadas a partir de outros aplicativos.

Os cinco botões são os seguintes:

Ícone do botão Pesquisar

Pesquisa

Esse botão permite que o usuário pesquise no aplicativo atualmente aberto, bem como entre outros aplicativos, arquivos ou na Web.

Ícone do botão Compartilhar

Compartilhamento

Esse botão permite que o usuário compartilhe conteúdo fora do aplicativo atual.

Ícone do botão Iniciar

Iniciar

Esse botão leva o usuário até a tela inicial.

Ícone do botão Dispositivos

Dispositivos

Esse botão permite que os aplicativos imprimam conteúdo ou enviem para um dispositivo Reproduzir em.

Ícone do botão Configurações

Configurações

Esse botão fornece ao usuário uma maneira confiável e consistente de acessar configurações de aplicativos em todo o sistema.

 

Contratos no Windows

No Windows 8.1, os botões trabalham junto com contratos para dar apoio a uma variedade de cenários ponta a ponta. Um contrato é um acordo entre um ou mais aplicativos. Os contratos definem os requisitos que os aplicativos devem atender para participar nestas manipulações exclusivas do Windows. Por exemplo, o Windows permite que os usuários compartilhem conteúdo de um aplicativo para outro ao usar um contrato. O aplicativo que compartilha conteúdo dá suporte a um contrato de origem atendendo a requisitos específicos, enquanto o aplicativo que recebe o conteúdo compartilhado dá suporte a um contrato de destino atendendo a um conjunto diferente de requisitos. Nenhum dos aplicativos precisa saber nada sobre o outro. Todos os aplicativos que participam do contrato de compartilhamento podem confiar que o fluxo de trabalho de compartilhamento é totalmente compatível, de ponta a ponta, com o Windows.

O Windows oferece muitos contratos além daqueles invocados pelos botões. Por exemplo, você pode permitir que os usuários selecionem arquivos em seu computador local, vinculado a dispositivos de armazenamento ou outros aplicativos. O aplicativo pode fornecer detecção do local. E você pode garantir que seu aplicativo funcione bem com multimídia. Investigue a lista completa de Contratos e extensões de aplicativos e este guia.

Inovação com botões e contratos

Há muitos cenários para compartilhar conteúdo entre aplicativos. Os usuários podem localizar e compartilhar conteúdo de mídia ou até criar e enviar uma playlist para um amigo ao acionar um botão compartilhar. Os usuários também podem enviar conteúdo de um PC para dispositivos em rede, como TV's e receptores de áudio/vídeo para habilitar a visualização em grupo. Você pode adicionar QuickLinks ao seu aplicativo, que são links rápidos para as exibições do painel Compartilhar. Eles são personalizados pelo usuário e permitem compartilhar conteúdo instantaneamente com contatos usados frenquentemente. Para saber mais, veja Início rápido: recebendo conteúdo compartilhado.

 

Aplicativo Fotos com o painel Compartilhar aberto

Exemplos

Viagem Bing

Neste exemplo, o Viagem Bing foi otimizado eficazmente por seus usuários, ao usar o botão Compartilhar para transferir rápida e facilmente um itinerário completo de viagem para um contato via e-mail.

O aplicativo Bing Viagem com o painel Compartilhar aberto e depois o aplicativo Mail para compartilhar conteúdo

 

Wired Epicenter

Compartilhar conteúdo de um aplicativo para o outro, como demonstrado pelo aplicativo Wired Epicenter, pode maximizar a produtividade enquanto que preserva o contexto. Neste exemplo, o usuário compartilha um artigo do Facebook sem necessidade de navegar para fora do conteúdo atual.

O aplicativo O aplicativo Wired Epicenter com o painel Compartilhar aberto e depois o aplicativo People para compartilhar conteúdo para o Facebook

 

Xbox Music

O compartilhamento de dados vai além da transferência simples de conteúdo de um aplicativo para outro. O exemplo a seguir demonstra como você pode coletar dados de um site de músicas, neste caso, o Decibel’s Festival Lineup, e agregá-lo em uma playlist. O usuário não tem de pesquisar por músicas individuais e depois copiá-las e colá-las. Em vez, disso, basta o usuário tocar no botão Compartilhar, selecionar Xbox Music - Criar uma playlist, e o Windows faz o resto.

O site Decibel Festival Lineup com o painel Compartilhar e depois o compartilhamento para o Xbox Music e criação e uma playlist

Tópicos relacionados

Contratos e extensões de aplicativo
Diretrizes e lista de verificação para pesquisa
Diretrizes para compartilhamento de conteúdo
Diretrizes para impressão
Diretrizes para configurações de aplicativos
Índice das diretrizes de experiência do usuário
Bordas

 

 

Mostrar:
© 2014 Microsoft