Passo a passo: portabilidade de um aplicativo simples em Direct3D 9 para o DirectX 11 e a Windows Store

Applies to Windows and Windows Phone

Este exercício de portabilidade mostra como levar uma estrutura de renderização simples do Direct3D 9 para o Direct3D 11 e a Windows Store.

Nesta seção

TópicoDescrição

Inicializar o Direct3D 11.

Veja como converter o código de inicialização do Direct3D 9 para utilizá-lo no Direct3D 11. Saiba também como obter identificadores para o dispositivo Direct3D e seu respectivo contexto e como usar DXGI para configurar uma cadeia de permuta.

Converter a estrutura de renderização

Veja como converter uma estrutura de renderização simples do Direct3D 9 para o Direct3D 11. Saiba também como fazer a portabilidade de buffers de geometria, como compilar e carregar programas de sombreadores HLSL e como implementar a cadeia de renderização no Direct3D 11.

Fazer a portabilidade do loop do jogo

Veja como implementar uma janela para um jogo da Windows Store ou do Windows Phone e como ativar o loop do jogo, inclusive como criar uma IFrameworkView para controlar uma CoreWindow em tela inteira.

 

Este tópico mostra dois códigos que realizam a mesma tarefa básica relativa a gráficos: exibir um cubo giratório sombreado por vértices. Nos dois casos, o código abrange o seguinte processo:

  1. Criar um dispositivo em Direct3D e uma cadeia de permuta.
  2. Criar um buffer de vértices e um buffer de índices para representar uma malha cúbica colorida.
  3. Criar um sombreador de vértice que transforme esses vértices em espaço na tela e um sombreador de pixel que mescle valores de cores; compilar os sombreadores; e carregá-los como recursos do Direct3D.
  4. Implementar a cadeia de renderização e apresentar o cubo desenhado na tela.
  5. Criar uma janela, iniciar um loop principal e cuidar do processamento de mensagens da janela.

Depois de concluir este guia passo a passo, você conhecerá as seguintes diferenças básicas entre o Direct3D 9 e o Direct3D 11:

  • A diferença entre dispositivo, contexto de dispositivo e infraestrutura gráfica.
  • O processo de compilação de sombreadores e carregar códigos de bytes de sombreadores em tempo de execução.
  • Como configurar dados por vértices para o estágio de IA (assembler de entrada).
  • Como usar uma IFrameworkView para criar uma exibição CoreWindow.

Observe que este passo a passo usa CoreWindow por questão de simplicidade e não abrange a interoperabilidade com XAML.

Pré-requisitos

Você deve preparar seu ambiente para o desenvolvimento do jogo da Windows Store em DirectX. Você ainda não precisa de um modelo, mas é necessário que o Microsoft Visual Studio 2013 carregue os exemplos de códigos neste guia passo a passo.

Baixe o exemplo simples de portabilidade do Direct3D 9 para o DirectX 11 da Windows Store. Esse exemplo inclui os códigos do Direct3D 9 e da Windows Store mostrados neste guia passo a passo. Apesar de este exemplo usar um aplicativo da Windows Store, os conceitos de portabilidade tratados são aplicáveis aos aplicativos do Windows Phone também.

Visite o tópico de conceitos e considerações sobre portabilidade para conhecer melhor os conceitos de programação do DirectX 11 e da Windows Store mostrados neste guia.

Tópicos relacionados

Direct3D
Desenvolvendo para diferentes níveis de recursos do Direct3D
Escrevendo sombreadores HLSL no Direct3D 9
Criar um novo projeto do DirectX 11 para a Windows Store
Windows Store
Microsoft::WRL::ComPtr
Handle to Object Operator (^)

 

 

Mostrar:
© 2014 Microsoft