Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Escolhendo o modelo de recuperação para um banco de dados

O modelo de recuperação simples geralmente é apropriado para um banco de dados de teste ou desenvolvimento. Entretanto, para um banco de dados de produção, geralmente, a melhor opção é o modelo de recuperação completa, opcionalmente suplementado pelo modelo de recuperação bulk-logged. Porém, o modelo de recuperação simples às vezes é apropriado para um banco de dados de produção pequena, especialmente se for predominante ou completamente somente leitura, ou para um data warehouse.

Para escolher o modelo de recuperação ideal para um determinado banco de dados, você deve considerar as metas de recuperação e os requisitos para o banco de dados e se você pode gerenciar backups de log.

Observação Observação

Um novo banco de dados herda seu modelo de recuperação do banco de dados modelo.

Para selecionar o melhor modelo de recuperação, considere as metas e os requisitos de recuperação do banco de dados. Responder às seguintes perguntas pode ajudar a determinar os requisitos de disponibilidade e a sensibilidade à perda de dados.

Requisitos de recuperação

  • Qual a importância de nunca perder uma alteração?

  • Seria fácil recriar dados perdidos?

  • Você tem dois ou mais bancos de dados que devem ser logicamente consistentes?

    Se isso for verdadeiro, considere o uso de transações do MS DTC (Coordenador de Transações Distribuídas da Microsoft). Para obter mais informações, consulte Transações distribuídas MS DTC.

    Observação Observação

    No modelo de recuperação completa, se as transações foram marcadas em cada um dos bancos de dados relacionados, você poderá recuperar o banco de dados até um ponto consistente. Isso exige a restauração de cada um dos bancos de dados com a mesma marca de transação do ponto de recuperação. Porém, usar uma marca para um ponto de recuperação acarreta perda de qualquer transação confirmada depois desse ponto. Para obter mais informações, consulte Usando transações marcadas (modelo de recuperação completa).

Considerações sobre pessoal

Sua organização usa administradores de sistema ou de banco de dados? Caso não use, quem será responsável pela execução de operações de backup e recuperação, e como os indivíduos serão treinados?

Padrões de uso de Dados

Para cada banco de dados, considere as seguintes perguntas:

  • Com que freqüência são alterados os dados no banco de dados?

  • Algumas tabelas são modificadas significativamente com mais freqüência que outras?

  • Há períodos de produção críticos? Se houver, quais serão os padrões de uso durante esses períodos? O banco de dados tem períodos de pico para inserção e outras operações de atualização?

    É aconselhável programar os backups de dados para horas de pouca atividade. Quando o sistema de E/S está em pleno uso, geralmente só devem ser usados backups de log.

  • O banco de dados está sujeito a atualizações arriscadas ou erros de aplicativo que podem não ser detectados imediatamente?

    Em caso positivo, considere usar o modelo de recuperação completa. Isso permite usar backups de log para recuperar o banco de dados a um point-in-time específico.

Use o modelo de recuperação simples se o seguinte for verdadeiro:

  • A recuperação de ponto de falha não é necessária. Se o banco de dados for perdido ou danificado, você estará propenso a perder todas as atualizações entre a falha e o backup anterior.

  • Você está disposto a arriscar a perda de alguns dados no log.

  • Você não quer fazer backup e restaurar o log de transações, preferindo confiar exclusivamente nos backups diferenciais e completos.

Para obter mais informações, consulte Backup com o modelo de recuperação simples.

Use o modelo de recuperação completa e, opcionalmente, também o modelo de recuperação bulk-logged se qualquer uma das seguintes condições for verdadeira:

  • Você deve ser capaz de recuperar todos os dados.

  • Se o banco de dados contiver diversos grupos de arquivos, e você quiser a restauração por etapas de grupos de arquivos secundários de leitura/gravação e, opcionalmente, grupos de arquivos somente leitura.

  • Você deve ser capaz de recuperar até o ponto de falha.

  • Você quer fazer a restauração de páginas individuais.

  • Você está disposto a incorrer em despesas administrativas de backups de log de transações.

Para obter mais informações, consulte Backup com o modelo de recuperação completa.

O modelo de recuperação bulk-logged é estritamente planejado como um suplemento para o modelo de recuperação completa. Recomendamos que você só o utilize durante períodos em que esteja executando grandes operações em massa, nas quais não é necessária uma recuperação pontual do banco de dados.

  • O banco de dados está sujeito a operações em massa periódicas no banco de dados?

    Nesse modelo de recuperação, a maioria das operações em massa é minimamente registrada. Se você usar o modelo de recuperação completa, você poderá alternar temporariamente para o modelo de recuperação bulk-logged antes de executar tais operações em massa. Para obter mais informações sobre quais operações são registradas de forma mínima no modelo de recuperação bulk-logged, consulte Operações que podem ser minimamente registradas em log.

    Geralmente, o modelo de recuperação bulk-logged se assemelha ao modelo de recuperação completa, a não ser por registrar minimamente a maioria das operações em massa. Uma transação de backup de log capta o log e também os resultados de qualquer operação minimamente registrada concluída desde o último backup. Isso pode tornar os backups de log muito grandes. Portanto, o modelo de recuperação bulk-logged só se destina ao uso durante operações em massa que permitem registro mínimo. Recomendamos que você use o modelo de recuperação completa no restante do tempo. Assim que um conjunto de operações em massa terminar, recomendamos que você alterne imediatamente para o modelo de recuperação completa.

Para obter mais informações sobre o modelo de recuperação bulk-logged, inclusive suas restrições, consulte Backup no modelo de recuperação com log de operações em massa.

Para obter mais informações sobre operações de restauração com suporte nos diferentes modelos de recuperação, consulte Visão geral da restauração e recuperação (SQL Server).

Um novo banco de dados herda seu modelo de recuperação do banco de dados modelo. O modelo de recuperação padrão do banco de dados modelo depende da versão do SQL Server. Mas isso pode ser alterado por qualquer um que tenha a permissão ALTER no banco de dados. Para obter informações sobre como exibir o modelo de recuperação atual do banco de dados modelo, consulte Como exibir ou alterar o modelo de recuperação de um banco de dados (SQL Server Management Studio).

Para exibir ou alterar o modelo de recuperação de um banco de dados

Para alternar entre os modelos de recuperação

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft