Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Empacotamento dinâmico

Atualizado: maio de 2014

O Serviços de Mídia do Microsoft Azure pode ser usado para fornecer diversos formatos de arquivo de origem de mídia, formatos de streaming de mídia e formatos de proteção de conteúdo para uma variedade de tecnologias cliente (por exemplo: iOS, XBOX, Silverlight, Windows 8). Estes clientes entendem protocolos diferentes, por exemplo o iOS requer um formato HTTP Live Streaming (HLS) V4 e o Silverlight e o Xbox requerem streaming suave. Caso tenha um conjunto de arquivos MP4 (ISO Base Media 14496-12) com múltiplas taxas de bits adaptativos ou arquivos de Smooth Streaming que deseje fornecer a clientes que entendam MPEG DASH, HLS ou Smooth Streaming, você deve aproveitar o empacotamento dinâmico do Serviços de Mídia.

Com o empacotamento dinâmico tudo o que você precisa é criar um ativo que contenha um conjunto de arquivos MP4 com múltiplas taxas de bits ou arquivos de origem de streaming suave com múltiplas taxas de bits. Então, com base no formato especificado na solicitação de fragmento ou manifesto, o servidor de streaming por demanda irá garantir que você receba o fluxo no protocolo escolhido. Como resultado, só é necessário armazenar e pagar pelos arquivos em um único formato de armazenamento e o serviço Serviços de Mídia irá criar e fornecer a resposta apropriada com base nas solicitações de um cliente.

noteObservação
Para aproveitar o empacotamento dinâmico, primeiro você deve obter no mínimo um unidade reservada de streaming por demanda. Para obter mais informações, consulte Como dimensionar um Media Service.

noteObservação
Você pode usar o Empacotamento dinâmico para fornecer DASH/CSF criptografados com CENC, HLS v3 e v4 criptografados com PlayReady ou Smooth Streaming criptografado com PlayReady apenas caso seu ativo de entrada seja Smooth Streaming criptografado com PlayReady. Você deve usar o empacotamento estático e criptografia para proteger o seu Smooth Streaming com PlayReady. Para obter mais informações, consulte Proteger Smooth Stream e MPEG DASH com PlayReady.

Atualmente, não se pode usar o Empacotamento dinâmico para entregar DASH/CSF, HLS ou Smooth Streaming criptografado com padrão avançado de criptografia (AES).

Para obter uma visão geral sobre o empacotamento dinâmico, consulte Introdução ao empacotamento dinâmico.

Este tópico orienta você pelas etapas de

Para preparar o ativo para o streaming dinâmico você tem duas opções descritas nesta seção.

noteObservação
Nem todos os formatos de arquivo MP4 têm suporte por empacotamento dinâmico; para obter mais informações, consulte Formatos sem suporte para empacotamento dinâmico.

Para usufruir do empacotamento dinâmico, é necessário executar as etapas a seguir:

  1. carregar um arquivo de entrada (chamado de arquivo mezzanine). Por exemplo, H.264, MP4 ou WMV (para obter a lista de formatos compatíveis, consulte Formatos suportados pelo Media Services Encoder).

  2. Codificar o arquivo mezzanine como conjuntos de MP4 H.264 com taxas de bits adaptativas.

  3. Publicar o ativo que contenha o conjunto de MP4 com taxa de bits adaptativa ao criar o localizador sob demanda.

  4. Construir as URLs de transmissão para acessar e transmitir o conteúdo.

O tópico Criar um trabalho de codificação com SDK do Media Services para .NET demonstra como executar todas estas etapas.

Geralmente, você executaria esta tarefa se estivesse carregando um conjunto de arquivos MP4 com taxa de bits adaptativa que não tivessem sido codificados com o Media Services Encoder. O tópico Validar MP4 com múltiplas taxas de bits codificado com codificadores externos mostra como alcançar esta tarefa.

Assim que você tiver os conjuntos com taxa de bits adaptável no servidor de streaming por demanda do Azure Media, você pode pedir um localizador e compor as URLs de streaming para o Smooth Steaming, MPEG DASH, HLS e HDS (apenas para licenciados do Adobe PrimeTime/Access).

ImportantImportante
Certifique-se de obter no mínimo uma unidade reservada de streaming por demanda. Para obter mais informações, consulte Como dimensionar um Media Service.

Para fornecer aos usuários URLs de streaming, primeiro você deve criar um localizador OnDemandOrigin. Criar um localizador, oferece a base Path ao ativo que contém o conteúdo que deseja fazer a transmissão. No entanto, para ser capaz de transmitir este conteúdo, é necessário modificar esse caminho ainda mais. Para construir uma URL completa para o arquivo de manifesto de streaming, você deve concatenar o valor Path do localizador e o nome do arquivo de manifesto (filename.ism). Então, anexe /Manifest e um formato apropriado (se necessário) ao caminho do localizador de origem. A tabela a seguir descreve os formatos e fornece exemplos:

 

Smooth Streaming

{nome da conta de serviços de mídia}.origin.mediaservices.net/{ID do localizador}/{nome do arquivo}.ism/Manifest

http://test001.origin.mediaservices.windows.net/fecebb23-46f6-490d-8b70-203e86b0df58/BigBuckBunny.ism/Manifest

MPEG DASH

{nome da conta de serviços de mídia}.origin.mediaservices.net/{ID do localizador}/{nome do arquivo}.ism/Manifest(format=mpd-time-csf) 

http://test001.origin.mediaservices.windows.net/fecebb23-46f6-490d-8b70-203e86b0df58/BigBuckBunny.ism/Manifest(format=mpd-time-csf)

Apple HTTP Live Streaming (HLS) V4

{nome da conta de serviços de mídia}.origin.mediaservices.net/{ID do localizador}/{nome do arquivo}.ism/Manifest(format=m3u8-aapl)

http://test001.origin.mediaservices.windows.net/fecebb23-46f6-490d-8b70-203e86b0df58/BigBuckBunny.ism/Manifest(format=m3u8-aapl)

Apple HTTP Live Streaming (HLS) V3

{nome da conta de serviços de mídia}.origin.mediaservices.net/{ID do localizador}/{nome do arquivo}.ism/Manifest(format=m3u8-aapl-v3)

http://test001.origin.mediaservices.windows.net/fecebb23-46f6-490d-8b70-203e86b0df58/BigBuckBunny.ism/Manifest(format=m3u8-aapl-v3)

HDS (apenas para licenciados Adobe PrimeTime/Access)

{nome da conta de serviços de mídia}.origin.mediaservices.net/{ID do localizador}/{nome do arquivo}.ism/Manifest(format=f4m-f4f)

http://test001.origin.mediaservices.windows.net/fecebb23-46f6-490d-8b70-203e86b0df58/BigBuckBunny.ism/Manifest(format=f4m-f4f)

Para obter mais informações sobre o streaming de conteúdo, consulte: Distribuição de conteúdo, Distribuição de ativos com o SDK do Media Services para .NET e Fornecendo ativos com a API REST dos Serviços de Mídia.

Os seguintes formatos de arquivo de origem não têm suporte por empacotamento dinâmico.

  • Os arquivos de origem contendo os seguintes codecs:

    • Arquivos de MP4 dolby digital plus.

    • Arquivos dolby digital plus smooth.

    noteObservação
    Estes codecs são compatíveis com o Azure Media Packager.

  • Conteúdo protegido:

    • Armazenamento criptografado

    • Protegido pelo PlayReady

      Você pode usar o Empacotamento dinâmico para fornecer DASH/CSF criptografados com CENC, HLS v3 e v4 criptografados com PlayReady ou Smooth Streaming criptografado com PlayReady apenas caso seu ativo de entrada seja Smooth Streaming criptografado com PlayReady. Atualmente, você deve usar a criptografia estática para criptografar o Smooth Streaming com PlayReady. Para obter mais informações, consulte Proteger Smooth Stream e MPEG DASH com PlayReady.

    • Padrão de Criptografia Avançada (AES) criptografado

      Atualmente, não se pode usar o empacotamento estático para entregar DASH/CSF, HLS ou Smooth Streaming criptografado com AES.

    noteObservação
    Estes codecs são compatíveis com o Azure Media Encryptor e Azure Media Packager.

  • Fontes HLS:

    • HLS protegido PlayReady

      Você pode usar o empacotamento estático para fornecer HLS v3 e v4 criptografados com PlayReady apenas caso seu ativo de entrada seja o Smooth Streaming criptografado com PlayReady.

    • Arquivos HLS MS IIS

    • Apresentações HLS MS IIS do Transform Manager ou do Serviços de Mídia Packager

    • HLS segmentado

Consulte também

Mostrar:
© 2014 Microsoft