Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Monitoramento do Workflow Manager 1.0

Para garantir a alta disponibilidade e confiabilidade do Workflow Manager 1.0 é importante monitorar o servidor para garantir que ele esteja operando corretamente e para detectar as falhas assim que ocorram, de modo que medidas corretivas possam ser tomadas. Este artigo discutirá as funcionalidades disponíveis para monitorar o ambiente do Workflow Manager 1.0.

Monitorar um servidor Workflow Manager 1.0

As maneiras comuns de monitorar um servidor incluem as seguintes:

  1. Contadores de desempenho

  2. Rastreamento de eventos

  3. PowerShell

  4. Pacote de gerenciamento do System Center Operations Manager

Contadores de desempenho

Os contadores de desempenho são excelentes para fornecer informações sobre a qualidade de desempenho do servidor. Os contadores de desempenho estão agrupados em Conjuntos de contadores.

O Workflow Manager 1.0 emite o seu próprio conjunto de Contadores de desempenho para ajudá-lo a monitorar o servidor. O Workflow Manager 1.0 define dois conjuntos de contadores: Gerenciamento e Dispatcher. Os contadores individuais são definidos sob o respectivo conjunto de contadores. É possível encontrar contadores de desempenho nesses conjuntos de contadores quando se abre o monitor de desempenho em um computador com o Workflow Manager 1.0 instalado. Então é possível consultar os conjuntos de contadores de "Gerenciamento de Workflow" e "Dispatcher de Workflow".

A tabela abaixo resume os contadores de desempenho disponíveis nesses dois conjuntos

 

Índice Contador de desempenho Detalhes

1

Solicitações de gerenciamento por segundo

Número de solicitações processadas pelo front-end por segundo em um determinado nó.

2

Eventos de fluxo de trabalho por segundo

Número de chamadas PublishNotification bem-sucedidas por segundo em um determinado nó.

3

Falhas de solicitações de gerenciamento por segundo

Número de chamadas de front-end por segundo resultando em uma resposta de erro ao chamador em um determinado nó (por segundo). Os erros podem ocorrer devido a solicitações inválidas, erros de autorização ou erros de validação.

4

Erros de autorização por segundo

Número de erros de autorização por segundo em um determinado nó.

5

Duração de evento do fluxo de trabalho de publicação

Latência média de publicação de uma notificação de fluxo de trabalho.

6

Episódios pendentes

Número de instâncias de fluxo de trabalho em execução em um determinado nó de back-end.

7

Episódios com falha por segundo

Número de erros de execução de instâncias de fluxo de trabalho relatados por segundo em um determinado nó de back-end.

8

Eventos processados por segundo

Número de notificações de fluxo de trabalho processadas com sucesso por segundo em um determinado nó.

O exemplo a seguir é um modelo de integridade derivado dos contadores de desempenho acima.

 

Sintoma Origem Conteúdo: Causa, Resolução, Resumo

O nó parece não estar processando nenhuma mensagem.

RequestsProcessedPerSecond

Nenhuma atividade por 10 minutos.

A instância de fluxo de trabalho parece não concluir

(EpisodesCompletedPerSecond / RequestsProcessedPerSecond) * 100

Abaixo de N% - N pode ser definido pelo usuário; por exemplo, 10.

Falha da instância de Workflow

RequestsFailedPerSecond

Número de falhas.

É possível adicionar contadores de desempenho do Windows, como CPU e uso de memória.

Rastreamento de eventos

Os componentes do Workflow Manager 1.0 usam o Rastreamento de Eventos para Windows (ETW) para rastrear. O ETW é a escolha ideal para rastrear, uma vez que tem a menor sobrecarga em termos de desempenho. Além disso, os logs do ETW são menores que os logs em outros formatos. Todos os componentes do serviço usam um provedor de ETW chamado Microsoft-Workflow.

O Workflow Manager 1.0 usa os seguintes canais de ETW, que estão disponíveis por padrão.

  • Operational Channel: esse canal é usado para rastreamentos que relatam problemas críticos que requerem envolvimento do operador. Os exemplos incluem falhas de serviço ou limite SLA atingido.

  • Debug Channel: todos os rastreamentos de diagnóstico usam esse canal.

  • Analytic Channel: esse canal é usado para rastreamentos de valor alto, como a quantidade de tempo necessária para concluir uma operação. Os eventos podem ter metadados adicionais como escopo ou nome da operação.

Uma lista completa dos eventos gerados pelo Workflow Manager 1.0 pode ser encontrada no arquivo Manifesto de ETW Microsoft.Workflow.EventDefinitions.man localizado na pasta [InstallDrive]:\Program Files\Workflow Manager\1.0\Workflow.

Alguns dos eventos de interesse nesse arquivo, que são particularmente importantes para monitorar a integridade do servidor, estão listados na tabela abaixo.

 

Problema IDs de evento emitidas

Falha na inicialização do back-end de WF

289

Exceção não manipulada

1, 10, 19

Exceções não manipuladas frequentes em um determinado nó

5 eventos de 1, 10 ou 19 em 30 minutos

Eventos de serviços iniciados com frequência

5 eventos de 288 ou 582 em 30 minutos

Cmdlets PowerShell

O PowerShell é um ótimo meio para administrar o servidor Workflow Manager 1.0. O Workflow Manager 1.0 inclui cmdlets que fornecem o estado do farm do Workflow e o seu status de integridade. O Workflow Manager 1.0 fornece aos administradores um atalho para iniciar o prompt do Workflow PowerShell no grupo de programas do Workflow Manager 1.0 no menu Iniciar. Você também pode invocar estes cmdlets de forma programática ao importar os módulos PowerShell do Workflow Manager 1.0. Todos os cmdlets do Workflow Manager 1.0 estão definidos no módulo PowerShell de Microsoft.Workflow.Commands encontrado no diretório de instalação do Workflow Manager 1.0.

Existem dois cmdlets que são particularmente úteis para o monitoramento de servidores: Get-WFFarm e Get-WFFarmStatus.

Get-WFFarm

O cmdlet Get-WFFarm é uma maneira rápida de recuperar todos os detalhes sobre o farm do Workflow. Esse cmdlet irá retornar a informação abaixo sobre o farm.

 

Valor Descrição

Hosts

Lista os hosts (ou computadores) no farm.

Pontos de extremidade

Lista os pontos de extremidade http e https nos hosts.

WFFarmDBConnectionString

A cadeia de conexão do banco de dados do farm do fluxo de trabalho. O banco de dados do farm do fluxo de trabalho contém todas as informações de configuração do farm.

RunAsAccount

A conta sob a qual cada serviço de back-end do fluxo de trabalho é executado.

AdminGroup

Retorna qual Grupo de segurança de autenticação do Windows está configurado como o grupo de administradores do farm do Workflow.

InstanceDBConnectionString

A cadeia de conexão do banco de dados de instâncias. O banco de dados de instâncias contém informações de instâncias dos fluxos de trabalho mantidos. É altamente recomendado que você não atualize qualquer informação nesse banco de dados. Essa cadeia de conexão apenas é usada para fornecimento de outros cmdlets offline, como aqueles usados para recuperação de desastres.

ResourceDBConnectionString

A cadeia de conexão do banco de dados de recursos. O banco de dados de recursos contém as definições de atividade e de fluxo de trabalho. É altamente recomendado que você não atualize qualquer informação nesse banco de dados. Essa cadeia de conexão apenas é usada para fornecimento de outros cmdlets offline, como aqueles usados para recuperação de desastres.

HttpPort

Lista o Httpport do front-end do Workflow se o serviço for configurado com http.

HttpsPort

Lista o Httpsport do front-end do Workflow.

OutboundCertificate

Retorna a impressão digital do certificado de saída. Também retorna se este certificado foi gerado automaticamente durante a instalação.

SslCertificate

Retorna a impressão digital do certificado SSL. Também retorna se este certificado foi gerado automaticamente durante a instalação.

Get-WFFarmStatus

noteObservação
Get-AzureWFFarmStatus não está incluído no Workflow Manager 1.0, mas será incluído como parte do 1.0 RTM.

O cmdlet Get-AzureWFFarmStatus fornece o status básico do farm e dos seus nós.

A partir de cada um dos nós, o Get-AzureWFFarmStatus fornecerá a integridade do serviço de Back-end do Workflow do Windows e se o Front-end do Workflow estava alcançável nesse nó ou não.

Pacote de gerenciamento

noteObservação
O Workflow Manager 1.0 não inclui um Pacote de gerenciamento como parte da instalação, mas ele estará disponível para download separadamente na época do lançamento do 1.0 RTM. Esse Pacote de gerenciamento irá suportar o Microsoft System Center 2012, bem como o System Center 2007 R2.

Os contadores de desempenho, rastreamentos de evento e cmdlets PowerShell fornecem percepções mais aprofundadas da integridade do farm. Contudo, a verdadeira confiabilidade de nível corporativo requer não apenas monitoramento constante do servidor, mas também um mecanismo de alerta que é ativado quando uma falha é detectada. O Pacote de gerenciamento do Microsoft System Center Operations Manager fornece essa funcionalidade de alerta.

A maioria dos contadores de desempenho e de eventos abordados nesse artigo será suportada no System Center Management Pack. O pacote de gerenciamento será orientado para o monitoramento do farm do Workflow Manager 1.0 e de seus nós e, não apenas, orientado para o monitoramento dos artefatos do Workflow Manager 1.0, como instâncias de fluxo de trabalho.

O diagrama a seguir mostra um modelo de integridade típico para o Workflow Manager 1.0.

Modelo de integridade de fluxo de trabalho

Workflow Manager 1.0 MSDN Community Forum


Data da compilação:

2013-10-23

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft