Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

A operação de montagem CloudDrive leva muito tempo para ser concluída

Atualizado: abril de 2014

Sintoma: quando você chama o método Mount para montar uma unidade que contém um grande número de arquivos, a operação de montagem leva muito mais tempo do que o esperado para ser concluída ou esgota o tempo limite.

Causa: o problema é causado por um problema conhecido que ocorre quando a unidade que está sendo montada contém milhares ou até mesmo milhões de arquivos. Grande parte do tempo necessário para executar a operação Mount é utilizado na atualização das ACLs (listas de controle de acesso) em todos os arquivos da unidade. A API tenta alterar essas ACLs na raiz da unidade de modo que as funções menos privilegiadas, como funções Web e funções de trabalho, possam acessar o conteúdo da unidade depois que ela é montada. No entanto, a configuração padrão de ACLs em um sistema de arquivos NTFS é herdar as ACLs do pai, para que essas alterações de ACL sejam propagadas para todos os arquivos na unidade.

Resolução: para resolver esse problema e diminuir significativamente o tempo gasto pela operação Mount, você precisará desativar a herança automática de ACL na operação. Para interromper a cadeia de heranças de ACL, monte a unidade, abra um shell de comando e execute os seguintes comandos, substituindo “z: ” pela letra da unidade montada:

z:
cd \
icacls.exe * /inheritance:d

O icacls.exe imprimirá uma lista de arquivos e diretórios de processamento, seguido por algumas estatísticas:

processed file: examplefile1
processed file: examplefile2
Successfully processed 2 files; Failed processing 0 files

Por fim, você deve desmontar a unidade. As chamadas subsequentes a Mount devem ser executadas com muito mais rapidez.

Consulte também

Mostrar:
© 2014 Microsoft