Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Este tópico ainda não foi avaliado como - Avalie este tópico

Como usar o SQL Server Data Tools para migrar um banco de dados para o Banco de dados SQL do Windows Azure

Atualizado: abril de 2014

O SQL Server Data Tools (SSDT) é usado para desenvolvimento offline de bancos de dados para o SQL Server e o Banco de dados SQL do Windows Azure. O SSDT é uma boa escolha para gerenciar o trabalho de desenvolvimento de banco de dados em projetos de migração do banco de dados.

Autor: Shaun Tinline-Jones
Revisor: Bill Gibson

Antes de começar

Os bancos de dados que estão sendo migrados para o Banco de dados SQL podem exigir alterações de esquema para resolver dependências dos recursos sem suporte pelo Banco de dados SQL. Os projetos de banco de dados do SSDT são uma boa ferramenta para gerenciar o trabalho de desenvolvimento do banco de dados, teste e implantação. O SSDT dá suporte à integração do projeto de banco de dados em uma solução do Visual Studio que também inclui os projetos de aplicativo quando as alterações de aplicativo são necessárias como parte da migração.

Recomendações

Os projetos complexos de migração que exigem várias alterações de esquema geralmente têm que incorporar várias tarefas, como:

  • Importar o esquema em um projeto de banco de dados no SSDT.

  • Definir o destino do projeto para que o Banco de dados SQL realize uma compilação para fazer a primeira análise de objetos sem suporte pelo Banco de dados SQL. A compilação exibirá uma lista de erros para objetos sem suporte no Banco de dados SQL. Deixe o destino definido para o Banco de dados SQL de forma que o SSDT valide a sintaxe em relação aos requisitos do Banco de dados SQL à medida que as alterações de esquema do banco de dados são feitas.

  • Execute uma tarefa de desenvolvimento do banco de dados para fazer todas as alterações necessárias do esquema, trabalhando na lista de erros de compilação e resolvendo cada problema reportado. Quando uma compilação desse projeto informar que nenhum objeto sem suporte permanece, execute uma implantação de teste para o Banco de dados SQL para garantir que os objetos restantes no banco de dados sejam aceitos pelo Banco de dados SQL.

  • Executar uma tarefa simultânea de desenvolvimento de aplicativos para fazer todas as alterações de código orientadas pelas alterações de esquema. Gere rastreamentos de instruções Transact-SQL geradas pelos aplicativos, e use o Assistente de Migração do Banco de dados SQL para examinar a sintaxe sem suporte no Banco de dados SQL. Também execute uma tarefa simultânea de desenvolvimento para criar os processos para transferir dados do banco de dados de origem para a nova versão.

  • Criar um pacote de implantação para o esquema de banco de dados.

  • Executar o teste integrado de banco de dados e aplicativo. Implantar o banco de dados para um serviço do Banco de dados SQL de teste. Importar um conjunto representativo de dados como um teste dos processos de transferência de dados. Faça testes funcionais relativamente abrangentes do aplicativo no banco de dados de teste para garantir que as instruções Transact-SQL geradas pelos aplicativos funcionem no Banco de dados SQL.

  • Executar uma implantação integrada do esquema de banco de dados, aplicativos e execute o processo de transferência de dados.

Para obter mais informações sobre como executar um projeto do Banco de dados SQL, consulte Planejando um projeto de migração do Banco de dados SQL do Windows Azure.

Para obter mais informações sobre como fazer o desenvolvimento do banco de dados usando o SSDT, consulte SQL Server Data Tools (SSDT).

Para obter mais informações sobre como usar o SSDT para migrar um banco de dados para o Banco de dados SQL, consulte Migrando um banco de dados para o Banco de dados SQL do Windows Azure usando o SSDT.

Limitações e restrições

A versão atual do SSDT não detecta todos os problemas de esquema quando a propriedade de destino do projeto é definida como Banco de dados SQL. Após o SSDT não informar nenhum problema de esquema do Banco de dados SQL, verifique isso implantando o banco de dados para um serviço do Banco de dados SQL de teste.

[Início]

Pré-requisitos

Para obter informações sobre a instalação do SSDT, consulte Instalar o SQL Server Data Tools

[Início]

Use o SSDT com pacotes de DAC

Ao usar o SSDT para gerenciar as alterações do banco de dados necessárias por uma migração, você poderá usar pacotes de DAC como o mecanismo para transferir as alterações do esquema.

  1. Use o SQL Server Management Studio ou um script do PowerShell para extrair um pacote de DAC do banco de dados de origem.

  2. Crie um projeto de banco de dados no SSDT e importe o pacote de DAC.

  3. Defina a propriedade do destino do projeto de banco de dados do SSDT para Banco de dados SQL.

  4. Faça as alterações necessárias para garantir que todos os objetos de banco de dados tenham suporte pelo Banco de dados SQL.

  5. Defina a propriedade de compilação do projeto para o pacote de DAC.

  6. Compile o projeto para gerar um pacote de DAC.

  7. Use o SQL Server Management Studio ou um script do PowerShell para implantar o pacote de DAC para o serviço do Banco de dados SQL.

Para obter mais informações sobre como extrair e implantar pacotes de DAC, consulte Como usar o pacote de DAC para migrar um banco de dados para o Banco de dados SQL do Windows Azure.

[Início]

Usar o SSDT com conexões diretas

Você pode conectar-se diretamente ao banco de dados de origem para importar o esquema. Após a conclusão do trabalho para garantir que todos os objetos tenham suporte no Banco de dados SQL, você pode se conectar ao serviço do Banco de dados SQL de destino para publicar um banco de dados que contém o novo esquema.

  1. Crie um projeto de banco de dados no SSDT.

  2. Conecte-se diretamente ao banco de dados de origem e importe o esquema para o projeto do SSDT.

  3. Defina a propriedade do destino do projeto de banco de dados do SSDT para Banco de dados SQL.

  4. Faça as alterações necessárias para garantir que todos os objetos de banco de dados tenham suporte pelo Banco de dados SQL.

  5. Para implantar o novo esquema, conecte-se ao serviço do Banco de dados SQL de destino e execute uma operação de publicação.

Para obter mais informações sobre como extrair e implantar pacotes de DAC, consulte Como usar o pacote de DAC para migrar um banco de dados para o Banco de dados SQL do Windows Azure.

[Início]

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.