Informações
O tópico solicitado está sendo mostrado abaixo. No entanto, este tópico não está incluído nesta biblioteca.

Criando sites habilitados para padrões

Os sites modernos podem ser exibidos em uma ampla variedade de dispositivos, incluindo telefones celulares, dispositivos de computação tablet, televisões e mais. Esse conjunto de dispositivos inclui uma variedade de navegadores da Web e diversas versões de navegadores da Web. Como resultado, existem várias oportunidades para sites serem mostrados de maneiras diferentes quando exibidos em navegadores e dispositivos diferentes.

No passado, vários desenvolvedores da Web lidavam com tais diferenças detectando o navegador usado para exibir uma página da Web e servindo conteúdo ajustado especificamente para esse navegador. Com o tempo, comprovou-se que essa prática era difícil de manter, especialmente porque navegadores diferentes lançam novas versões com novos recursos e alteram recursos com suporte anterior.

Uma melhor prática é criar sites habilitados para padrões, que utilizam recursos definidos por padrões de mercado com amplo suporte, como HTML5, CSS3 (Cascading Style Sheets, Level 3), SVG (Scalable Vector Graphics) e ECMAScript Language Specification, 5ª edição. Como vários navegadores modernos cumprem esses padrões, os sites criados com recursos definidos por esses padrões provavelmente serão exibidos corretamente quando mostrados em uma ampla variedade de dispositivos e navegadores.

Entretanto, também é importante reconhecer que nem todos os navegadores da Web oferecem o mesmo nível de suporte para padrões individuais. Além disso, o suporte para um determinado padrão pode variar entre versões do navegador da Web usado. Como resultado, será necessário determinar se os recursos individuais têm suporte antes de usá-los.

Esta seção mostra como criar sites habilitados para padrões. Mostra como habilitar o nível mais alto de suporte a padrões para o Windows Internet Explorer, demonstra como escolher um recurso baseado em padrões em detrimento de um recurso que não tenha amplo suporte, descreve como detectar recursos de forma efetiva e mostra como criar estratégias de fallback que permitam que sites sejam usados por navegadores que não ofereçam suporte a técnicas baseadas em padrões.

Leitura adicional

Nesta seção

TópicoDescrição

Como habilitar o suporte a padrões

As versões recentes do Windows Internet Explorer aprimoraram o suporte a diversos padrões estabelecidos e emergentes, como HTML5, CSS3, SVG e outros. Para exibir páginas da Web que incorporam recursos desses e de outros padrões modernos, as páginas da Web precisam ser exibidas no modo Padrões.

Como escolher técnicas baseadas em padrões

Este artigo discute como escolher abordagens baseadas em padrões mostrando como a solução de um problema comum muda para oferecer suporte a uma solução baseada em padrões e como boas práticas de design podem ajudar você a criar soluções efetivas entre navegadores que favoreçam recursos baseados em padrões em detrimento a recursos proprietários.

Como detectar recursos em vez de navegadores

Este artigo mostra como usar a detecção de recursos para verificar o suporte a recursos baseados em padrões e demonstra formas diferentes de detectar recursos com eficiência.

Como criar estratégias de fallback efetivas

Este artigo mostra como criar estratégias eficazes para exibir as páginas da Web corretamente em navegadores que não dão suporte a recursos definidos por padrões estáveis e amplamente difundidos.

 

 

 

Mostrar:
© 2014 Microsoft