Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Excluir serviço de nuvem

Atualizado: abril de 2014

A operação Delete Cloud Service exclui o serviço de nuvem especificado da sua assinatura.

A solicitação Delete Cloud Service pode ser especificada da seguinte maneira. Substitua <subscription-id> por sua ID da assinatura e <cloudservice-name> pelo nome do serviço de nuvem.

 

Método URI de solicitação Versão HTTP

DELETE

https://management.core.windows.net/<subscription-id>/services/hostedservices/<cloudservice-name>

HTTP/1.1

 

Parâmetro URI Descrição

comp=media

Opcional. Especifica que o disco do sistema operacional, discos de dados anexados e os blobs de origem para os discos também devem ser excluídos do armazenamento.

O parâmetro comp=media só está disponível com a versão 2013-08-01 e posterior.

A tabela a seguir descreve os cabeçalhos da solicitação.

 

Cabeçalho de solicitação Descrição

x-ms-version

Obrigatório. Especifica a versão da operação a ser usada para esta solicitação. O valor deste cabeçalho deve ser definido como 2010-10-28 ou superior. Para obter mais informações sobre cabeçalhos de controle de versão, consulte Controle de versão de gerenciamento de serviço.

A resposta inclui um código de status HTTP e um conjunto de cabeçalhos de resposta.

Quando você usa o parâmetro comp=media, a operação Delete Cloud Service é assíncrona, que exige que você chame Obter status da operação para determinar se a operação foi concluída, se falhou ou se ainda está em andamento.

Se você usar o parâmetro comp=media, o Delete Cloud Service é uma operação assíncrona e sempre retornará o código de status 202 (Aceito). O código de status para a solicitação é inserido na resposta; se for bem-sucedido, o código de status será 200 (OK).

A resposta para esta operação inclui os cabeçalhos a seguir. A resposta também pode incluir cabeçalhos padrão HTTP adicionais. Todos os cabeçalhos padrão obedecem à especificação de protocolo HTTP/1.1.

 

Cabeçalho de resposta Descrição

x-ms-request-id

Um valor que identifica exclusivamente uma solicitação feita no serviço de Gerenciamento. Para uma operação assíncrona, você pode obter o status da operação com o valor do cabeçalho para determinar se a operação foi concluída, se falhou ou se ainda está em andamento. Consulte Controlando solicitações assíncronas de gerenciamento de serviço para obter mais informações.

Qualquer certificado de gerenciamento associado à assinatura especificada por <subscription-id> pode ser usado para autenticar esta operação. Para obter mais detalhes, consulte Autenticando solicitações do gerenciamento de serviços.

Se você não usar o parâmetro comp=media, deverá excluir todas as implantações em um serviço de nuvem antes de poder excluir o serviço de nuvem. Você pode usar o Portal de Gerenciamento do Windows Azure ou usar Excluir implantação para excluir implantações.

Mostrar:
© 2014 Microsoft