Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Executar o aplicativo Memcache com o serviço de cache gerenciado do Azure

Atualizado: setembro de 2014

noteObservação
Para orientação sobre como escolher a oferta Azure Cache para seu aplicativo, consulte Qual oferta de cache do Azure é ideal para mim?.

O Serviço de cache gerenciado oferece suporte à migração de aplicativos clientes Memcache de serviços de nuvem baseados em função para usar o Serviço de cache gerenciado por meio do fornecimento de um shim de cliente Memcache. Este tópico fornece orientação sobre o uso desse shim para habilitar aplicativos clientes Memcache para usar o Serviço de cache gerenciado.

Memcache é uma solução de cache distribuída na memória usada para ajudar a acelerar aplicativos web de grande escala por meio da redução da pressão sobre o banco de dados. O Memcache é usado por muitos dos maiores sites da Internet e foi mesclado a outras tecnologias de maneiras inovadoras.

O Azure oferece suporte ao protocolo Memcache para facilitar a migração de clientes com implementações de Memcache existentes para o Azure. Se um aplicativo já usa Memcache, não há necessidade de substituir esse código pelo novo.

Executar o cache do Azure com o Memcache é uma opção melhor do que, por exemplo, executar apenas o Memcache em uma função de trabalho. Isso ocorre porque o cache do Azure oferece recursos de valor agregado, como, entre outros, desligamento normal, cache local, notificações, consistência dos dados, alta disponibilidade (HA) e dimensionamento fácil e transparente aos clientes para mais ou para menos. Por exemplo, o gerenciamento de partição e o esquema de hash do servidor no cache do Azure com Memcache ajudam no balanceamento de carga e preservam a consistência dos dados.

O cache do Azure oferece suporte ao protocolo eletrônico Memcache. Existem duas versões do protocolo: uma versão binária e uma versão de texto.

Um cliente Memcache deve esperar compatibilidade com Azure. O cache do Azure oferece suporte a quase todas as APIs que têm suporte em outras implementações do Memcache.

Consequentemente, quando um usuário traz um aplicativo Memcache para o Azure e o aponta para a implementação do Memcache no Azure, o aplicativo deve continuar a funcionar na forma em que está, sem qualquer modificação adicional.

O shim de cliente Memcache é instalado no cliente que está acessando o cache. Isso geralmente é a função do Azure que contém o próprio aplicativo. O shim de cliente oferece suporte a cache local.

O shim é uma camada de conversão. Ele converte chamadas de clientes Memcache para a API do cache do Azure. O shim possui duas partes: um manipulador de protocolo Memcache e um cliente de cache do Azure. O shim – a camada de conversão – é instalado no próprio cliente, de onde são gerados as chamadas Get e Put para a API do cache do Azure.

Quando o cliente Memcache é apontado para um host local como servidor Memcache, as operações de Memcache são manipuladas inicialmente pela instância local do shim. O shim converte a operação para uma solicitação de API de cache e a envia para o cache do Azure.

noteObservação
Antes de começar, certifique-se de que você tem o ponto de extremidade do cache e a chave de acesso para o seu cache. Para obter mais informações sobre criação de um cache, consulte Como: Criar um cache para o serviço de cache gerenciado do Azure. Para obter mais informações sobre chaves de acesso, consulte Controlling Access using Access Keys.

  1. Na função que contém o cliente Memcache, clique com o botão direito do mouse no nome da função e selecione "Adicionar Referência a Pacote de Biblioteca" para iniciar a janela do NuGet.

  2. Procure por "Azure Caching Memcache Shim" (Shim Memcache do Cache do Azure). Instale esse pacote NuGet.

  3. O pacote criará a tarefa de inicialização, adicionará um ponto de extremidade interno para memcache_default, que será mapeado para 11211, e adicionará as seções dataCacheClientes apropriadas a App.config e web.config. Isso pode ser alterado na guia de pontos de extremidade internos.

  4. Forneça o ponto de extremidade do cache do Azure no elemento autoDiscovery e a chave de acesso em authorizationInfo, na seção dataCacheClient do arquivo App.config ou Web.config.

  5. O cliente agora está configurado para "apontar" para o shim. Edite a configuração do cliente Memcache e defina o servidor como "localhost". O número de porta(s) correto também deverá ser definido (o padrão é 11211).

Mostrar:
© 2014 Microsoft