Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Este tópico ainda não foi avaliado como - Avalie este tópico

Considerações de desempenho para o SQL Server em máquinas virtuais do Windows Azure

Atualizado: fevereiro de 2014

Ao executar o SQL Server em máquinas virtuais do Windows Azure, recomendamos que você continue usando as mesmas opções de ajuste de desempenho do banco de dados que são aplicáveis ao SQL Server no ambiente de servidor local. Entretanto, o desempenho de um banco de dados relacional na nuvem pública depende de muitos fatores como o tamanho de uma máquina virtual e a configuração dos discos de dados.

Observação importante: Para obter informações mais atualizadas e abrangentes, consulte o white paper Orientação sobre desempenho para o SQL Server em máquinas virtuais do Windows Azure.

Este tópico apresenta algumas recomendações e diretrizes preliminares para a otimização do desempenho do SQL Server em máquinas virtuais do Windows Azure.

Consulte a política de suporte para saber o tamanho de máquina virtual recomendado a ser usado para cargas de trabalho do SQL Server. Para obter informações atualizadas sobre tamanhos de máquina virtual com suporte, consulte Máquinas virtuais.

Configurando o desempenho dos discos

Quando você criar uma máquina virtual do Windows Azure, a plataforma anexará pelo menos um disco à VM para o seu disco do sistema operacional. Esse é um disco VHD armazenado como um blob de página no armazenamento. Você também pode anexar discos adicionais à máquina virtual como discos de dados e esses serão incluídos no armazenamento como blobs de página. Há outro disco presente em máquinas virtuais do Windows Azure denominado disco temporário. Esse é um disco no nó que pode ser usado para o espaço transitório.

Disco do sistema operacional

Um disco do sistema operacional é um VHD que pode ser inicializado e instalado como uma versão em execução de um sistema operacional e denominado como unidade C.

  • Arquivos de Dados: o disco do sistema operacional tem um limite de 127 GB. Esse disco pode ser considerado para armazenar os arquivos de banco de dados com tamanhos de até 10 GB.

  • Caching: por padrão, o disco do sistema operacional é configurado com o cache de leitura e gravação. A habilitação do cache de “Leitura/Gravação” (configuração padrão) do disco de sistema operacional ajuda a aprimorar o desempenho geral do sistema operacional e o tempo de inicialização. E também ajuda a reduzir a latência de leitura para cargas de trabalho com bancos de dados menores (10 GB ou menores) que requerem um número menor de E/Ss de leitura simultâneas. Isso se deve porque o conjunto de trabalho pode ajustar-se ao cache do disco ou à memória, reduzindo a quantidade de viagens ao armazenamento de blob do back-end. Para bancos de dados maiores do que 10 GB, é recomendável que você use discos de dados. Para obter instruções sobre como configurar o cache de disco, consulte os seguintes tópicos: Set-AzureOSDisk, Set-AzureDataDisk e Gerenciando máquinas virtuais com os cmdlets do Windows Azure PowerShell.

Disco temporário

A unidade de armazenamento temporário, denominada a unidade D:, não é persistente e não é salva no armazenamento de Blob do Windows Azure. Ela é usada principalmente para o arquivo de paginação e seu desempenho não é garantido como previsível. As tarefas de gerenciamento, como uma alteração no tamanho da máquina virtual, redefinem a unidade D:. Além disso, o Windows Azure apaga os dados na unidade de armazenamento temporário quando ocorre o failover de uma máquina virtual. A unidade D: não é recomendada para armazenar arquivos de usuário ou de banco de dados do sistema, inclusive tempdb.

Disco de Dados

  • Arquivos de Dados: os bancos de dados com mais de 10 GB devem ser colocados no disco de dados. Coloque o banco de dados, o log e os arquivos de backup em um único disco de dados quando possível. Dependendo do tamanho dos arquivos ou do número de bancos de dados, discos de dados adicionais poderão ser necessários. Com base nos testes, você também poderá usar discos adicionais se o sistema tiver uma carga de trabalho de E/S intensiva e os requisitos de E/S por segundo (IOPs) excederem o que um único disco de dados puder fornecer. Examine as recomendações de distribuição de disco abaixo se for necessário usar vários discos de dados. Para obter informações sobre a orientação máxima de E/S por segundo para discos de dados, consulte Tamanhos de máquina virtual e de serviço de nuvem do Windows Azure.

  • Distribuição de Disco: se você estiver usando mais de um disco de dados, distribua os arquivos de dados em grupos de arquivos do banco de dados, em vez de usar a distribuição de disco do sistema operacional. Para obter mais informações, consulte Arquivos de banco de dados e grupos de arquivos. Talvez também seja necessário desabilitar a replicação geográfica e configurar uma tecnologia de Recuperação de Desastres do SQL Server entre dois datas centers do Azure. Para obter mais informações, consulte Alta disponibilidade e recuperação de desastres para o SQL Server em máquinas virtuais do Windows Azure.

    Se mais de um disco de dados for usado para armazenar os arquivos de um banco de dados, faça o seguinte:

    • Distribua os arquivos de dados em grupos de arquivos do banco de dados, em vez de usar a distribuição de disco do sistema operacional. Para obter mais informações, consulte Arquivos de banco de dados e grupos de arquivos.

    • Desative a replicação geográfica, pois ela não garante a consistência dos dados em vários discos de dados.

  • Caching: no disco de dados, os caches de leitura e gravação são desabilitados por padrão. Se a carga de trabalho exigir uma alta taxa de E/Ss aleatórias e a produtividade for importante para você, a orientação geral é manter o cache configurado para o valor padrão desativado no disco de dados. Se a carga de trabalho for sensível à latência e exigir um número baixo de E/Ss de leitura simultâneas, considere a habilitação do cache de leitura no disco de dados. No entanto, é altamente recomendável que a configuração do disco seja testada antes da implementação da configuração do cache de leitura para cargas de trabalho de produção. Para obter mais informações sobre o cache em disco, consulte Gerenciar discos e imagens

    Para obter instruções sobre como configurar o cache de disco, consulte os seguintes tópicos: Set-AzureOSDisk, Set-AzureDataDisk e Gerenciando máquinas virtuais com os cmdlets do Windows Azure PowerShell.

Considerações sobre desempenho de E/S

  • Considere usar a compactação de página de banco de dados, pois isso pode ajudar a melhorar o desempenho de cargas de trabalho intensivas de E/S. No entanto, a compactação de dados pode aumentar o consumo da CPU no servidor de banco de dados.

  • Considere compactar qualquer arquivo de dados ao transferir para dentro e para fora do Windows Azure.

  • Considere habilitar a inicialização de arquivo instantânea para reduzir o tempo necessário para a alocação de arquivo inicial. Para tirar proveito da inicialização imediata de arquivo, conceda SE_MANAGE_VOLUME_NAME à conta de serviço do SQL Server (MSSQLSERVER) e adicione-a à política de segurança Executar tarefas de manutenção de volume. Se você estiver usando uma imagem da plataforma do SQL Server para Windows Azure, a conta de serviço padrão (NT Service\MSSQLSERVER) não será adicionada à política de segurança Executar tarefas de manutenção de volume. Em outras palavras, a inicialização imediata de arquivo não é habilitada em uma imagem da plataforma SQL Server para Windows Azure. Depois de adicionar a conta de serviço do SQL Server à política de segurança Executar tarefas de manutenção de volume reinicie o serviço do SQL Server. Para obter mais informações, consulte Inicialização de arquivos de bancos de dados.

  • Considere usar os valores padrão para o tamanho de unidade de alocação NTFS ao formatar um disco de dados.

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.