VENDAS: 1-800-867-1389

Recuperar arquivos e pastas usando o Windows Azure Backup Agent

Publicado: fevereiro de 2012

Atualizado: abril de 2014

Aplica-se a: Windows Server 2008 R2 with SP1, Windows Server 2012

Você pode recuperar dados dos quais foi feito backup com Backup do Windows Azure em qualquer servidor que executa o Windows Server 2012 ou o Windows Server 2008 R2 SP1 que é conectado à Internet. Isso pode ser útil em situações de recuperação de desastres onde você não pode obter o acesso físico ou de rede aos seus servidores. Para continuar operações, os novos servidores podem ser configurados no local temporário, e os dados armazenados de servidores originais podem ser restaurados nos novos servidores, permitindo que usuários recuperem mais rápido o acesso aos dados.

Neste documento

noteObservação
Este tópico inclui cmdlets de exemplo do Windows PowerShell que podem ser usados para automatizar alguns dos procedimentos descritos. Para obter mais informações, consulte Usando cmdlets.

A recuperação de um backup com o Backup do Windows Azure exige uma assinatura válida do Windows Azure e a instalação do Agente de backup do Azure e de todos os pré-requisitos, conforme descrito em Instalar o Windows Azure Backup Agent e carregar o certificado. Ela também exige que você registre o servidor com o Backup do Windows Azure, conforme descrito em Registrar servidores com o Windows Azure Backup e faça pelo menos um backup do servidor, como descrito em Agendar backups usando o Windows Azure Backup Agent. Depois que essas tarefas são concluídas com êxito, você pode recuperar backups usando o snap-in do Backup do Windows Azure (obsadmin.msc) ou cmdlets do Windows PowerShell para o Backup do Azure.

Use este procedimento para restaurar arquivos e pastas danificados ou ausentes para o mesmo servidor.

Execute esta etapa usando o Windows PowerShell

  1. Pressione a tecla do logotipo do Windows + Q para abrir o menu Aplicativos e clique em Windows Azure Backup Agent. O snap-in do Agente de backup do Azure deve ser aberto.

  2. No menu Ação, clique em Recuperar Dados para abrir o Assistente para recuperar dados. A página Guia de Introdução é exibida. Clique em Este servidor e em Avançar para continuar.

  3. A página Selecionar Modo de Recuperação é exibida. Escolha um dos seguintes modos:

    • Procurar arquivos. Escolha esta opção para procurar a listagem de diretórios do volume de backup, e selecione especificamente os arquivos ou pastas apropriadas para recuperação.

    • Pesquisar arquivos. Escolha esta opção para pesquisar um arquivo ou pasta específica por nome. Você pode usar caracteres curinga para pesquisar arquivos ou pastas quando você não sabe o nome inteiro.

    Clique em Avançar para continuar.

  4. A página Selecionar Volume e Data é exibida. Nessa página, você pode selecionar o volume e o momento determinado do backup a ser restaurado. Se vários backups foram feitos em um único dia, você pode usar a seta para baixo ao lado do horário para selecionar o backup desejado.

    Clique em Avançar para continuar.

  5. A página Selecionar Itens para Recuperar é exibida. A diferenciação dessa página depende da opção selecionada, Procurar arquivos ou Pesquisar arquivos.

    1. Opção Procurar arquivos Apresenta um controle de árvore que você pode navegar para selecionar os arquivos a serem recuperados.

    2. Opção Pesquisar arquivos Apresenta um campo de entrada de texto onde você pode identificar o volume a ser pesquisado e digitar o nome de arquivo ou padrão a ser pesquisado. Os arquivos que correspondem aos critérios de pesquisa são listados de modo que você possa selecionar os arquivos a serem recuperados.

    Após selecionar todos os arquivos ou pastas a serem recuperadas, clique em Avançar para continuar.

  6. A página Especificar opções de recuperação é exibida.

    Escolha como controlar conflitos de arquivos em potencial durante o processo de recuperação, escolhendo uma das seguintes opções:

    • Criar cópias para ter ambas as versões Esta opção faz uma cópia do arquivo com um novo nome de arquivo no mesmo local que o arquivo duplicado. O nome de arquivo do novo arquivo começa com a seguinte cadeia de caracteres de texto (<recovery date>Cópia de<original file name>)

    • Substituir as versões existentes pelas versões recuperadas Esta opção substitui o arquivo, e a única versão que existirá no local de restauração é a versão de arquivo recuperado.

      CautionCuidado
      A opção de substituir restauração remove qualquer arquivo com o mesmo nome de arquivo. Você deve garantir que dados valiosos não sejam substituídos quando você escolher essa opção.

    • Não recuperar os itens que já existem no destino da recuperação Esta opção retém a versão atual de arquivos já existentes no destino da recuperação. A recuperação ocorrerá somente para os dados que não existem no destino da recuperação.

    Em Configurações de segurança, marque a caixa de seleção para restaurar as configurações da ACL (lista de controle de acesso) dos arquivos e pastas que são recuperados, ou desmarque a caixa de seleção para que os arquivos e pastas restaurados herdem as ACLs presentes no destino da recuperação. Clique em Avançar para continuar.

    WarningAviso
    As configurações de compartilhamento não são recuperáveis. Se um arquivo ou pasta for compartilhado quando for feito seu backup, ele não será compartilhado quando for recuperado. Você deve redefinir manualmente as configurações de compartilhamento após a recuperação.

  7. A página Confirmação é exibida. Verifique se os itens que você vai recuperar são os desejados e se estão sendo recuperados para o local correto com as configurações corretas. Se tudo parece ocorrer conforme esperado, clique em Recuperar para iniciar o processo de recuperação.

  8. A página Progresso da Recuperação é exibida, mostrando o progresso da operação de recuperação. Você pode fechar o assistente durante a recuperação e controlar o progresso através do snap-in do Backup do Windows Azure. O painel Trabalhos mostra o status Trabalho concluído quando a recuperação é feita.

Logotipo do PowerShell Comandos equivalentes do Windows PowerShell

O cmdlet ou cmdlets do Windows PowerShell a seguir executam a mesma função que o procedimento anterior. Insira cada cmdlet em uma única linha, embora eles apareçam com quebra de linha em várias linhas aqui devido a restrições de formatação.

Os seguintes cmdlets do Windows PowerShell fornecem um exemplo de como você pode executar uma recuperação local (os dados dos quais é feito backup usando o Backup do Windows Azuree que são recuperados no mesmo servidor):

$source = Get-OBRecoverableSource
$item = Get-OBRecoverableItem -Source $source[0]
$FinalItem = Get-OBRecoverableItem -ParentItem $item[0]
$paging_context = New-OBPagingContext

#To use the search function to find all .log files from a backed up location:
$search_page1 = Get-OBRecoverableItem –RecoveryPoint $item[0] –PagingContext $paging_context -SearchString *.log -Location C:\Windows\Logs


#To use the browse function to locate a certain file across backups, first establish the location parameters for the top and bottom of the search range: 
$recover_levelone = Get-OBRecoverableItem –PagingContext $paging_context -ParentItem $item
$recover_leveltwo = Get-OBRecoverableItem –PagingContext $paging_context -ParentItem $FinalItem

#Then run the recovery operation:
$recover_option = New-OBRecoveryOption
Start-OBRecovery -RecoverableItem $FinalItem -RecoveryOption $recover_option


Este procedimento mostra o processo de recuperação de dados armazenados em backup em um servidor, e seu armazenamento em outro servidor. Isso é conhecido como “recuperação de servidor alternativo”. A recuperação de servidor alternativo é útil quando o servidor original não é mais utilizável.

Execute esta etapa usando o Windows PowerShell

  1. Pressione a tecla do logotipo do Windows + Q para abrir o menu Aplicativos e clique em Windows Azure Backup Agent. O snap-in do Agente de backup do Azure deve ser aberto.

  2. No menu Ação, clique em Recuperar Dados para abrir o Assistente para recuperar dados. A página Guia de Introdução é exibida. Escolha Outro servidor e clique em Avançar para continuar.

  3. A página Credenciais da Conta é exibida. Digite a ID e a senha de usuário que você identificou para uso com o Backup do Windows Azure. Clique em Avançar para continuar.

  4. A página Selecionar Servidor de Backup é exibida. Você pode escolher um nome de servidor específico de onde recuperar dados, ou pode pesquisar dados em todos os servidores registrados com sua assinatura.

  5. A página Selecionar Modo de Recuperação é exibida. Escolha um dos seguintes modos:

    • Procurar arquivos Escolha esta opção para procurar a listagem de diretórios do volume de backup, e selecione especificamente o arquivo ou pasta apropriada para recuperação.

    • Pesquisar arquivos Escolha esta opção para pesquisar um arquivo ou pasta específica por nome nos servidores registrados com sua assinatura. Você pode usar caracteres curinga para pesquisar arquivos ou pastas quando você não sabe o nome inteiro.

    Clique em Avançar para continuar.

  6. A página Selecionar Volume e Data é exibida. Nessa página, você pode selecionar o volume e o momento determinado do backup a ser restaurado. Se vários backups foram feitos em um único dia, você pode usar a seta para baixo ao lado do horário para selecionar o backup desejado.

    Clique em Avançar para continuar.

  7. A página Selecionar Itens para Recuperar é exibida. A diferenciação dessa página depende da opção selecionada, Procurar arquivos ou Pesquisar arquivos.

    1. Opção Procurar arquivos. Você verá um controle de árvore através do qual poderá navegar para selecionar os arquivos a serem recuperados.

    2. Opção Pesquisar arquivos. Você verá um campo de entrada de texto onde poderá identificar o volume a ser pesquisado e digitar o nome de arquivo ou padrão a ser pesquisado. Os arquivos que correspondem aos critérios de pesquisa serão listados de modo que você possa selecionar os arquivos a serem recuperados.

    Quando você selecionar os arquivos ou pastas para recuperação, clique em Avançar para continuar.

  8. A página Especificar opções de recuperação é exibida.

    Em Destino de recuperação, selecione Local original para recuperar os arquivos para o mesmo local no servidor onde eles foram originados, ou selecione Outro Local e digite o caminho para o local na caixa de texto fornecida.

    Escolha como controlar conflitos de arquivos em potencial durante o processo de recuperação, escolhendo uma das seguintes opções:

    • Criar cópias para ter ambas as versões. Esta opção faz uma cópia do arquivo com um novo nome de arquivo no mesmo local que o arquivo duplicado. O nome de arquivo do novo arquivo começa com a seguinte cadeia de caracteres de texto (<recovery date>Cópia de<original file name>)

    • Substituir as versões existentes pelas versões recuperadas. Esta opção substitui o arquivo, e a única versão que existirá no local de restauração é a versão de arquivo recuperado.

      CautionCuidado
      A opção de substituir restauração remove qualquer arquivo com o mesmo nome de arquivo. Você deve garantir que dados valiosos não sejam substituídos quando você escolher essa opção.

    • Não recuperar os itens que já existem no destino da recuperação. Esta opção retém a versão atual de todos os arquivos já existentes no destino da recuperação. A recuperação ocorrerá somente para os dados que não existem no destino da recuperação.

    Em Configurações de segurança, marque a caixa de seleção para restaurar as configurações da ACL (lista de controle de acesso) dos arquivos e pastas que são recuperados, ou desmarque a caixa de seleção para que os arquivos e pastas restaurados herdem as ACLs presentes no destino da recuperação. Clique em Avançar para continuar.

  9. A página Confirmação é exibida. Verifique se os itens que você vai recuperar são os desejados e se estão sendo recuperados para o local correto com as configurações corretas.

  10. A página Progresso da Recuperação é exibida, mostrando o progresso da operação de recuperação. Você pode fechar o assistente durante a recuperação e controlar o progresso através do snap-in do Backup do Windows Azure. O painel Trabalhos mostra o status Trabalho concluído quando a recuperação é feita.

Logotipo do PowerShell Comandos equivalentes do Windows PowerShell

O texto do espaço reservado O cmdlet ou cmdlets do Windows PowerShell a seguir executam a mesma função que o procedimento anterior. Insira cada cmdlet em uma única linha, embora eles apareçam com quebra de linha em várias linhas aqui devido a restrições de formatação. nesses exemplos é denotado pelo uso de colchetes angulares. Você deve substituir esse item inteiro, inclusive os colchetes, pelas informações apropriadas.

Este exemplo recupera dados de um servidor para o destino especificado em outro servidor, e substitui dados duplicados nesse local.

$truepwd = "<password>"
$user = "<username@contoso.corp.com>"
$secureString = convertto-securestring -string $truepwd -asplaintext -force
$cstrial = new-object system.management.automation.pscredential $user, $secureString


$servers = Get-OBAlternateBackupServer -Credential $cstrial 
$source = Get-OBrecoverableSource -Credential $cstrial -Server $servers[0]
$item = Get-OBRecoverableItem -Source $source[0] -Credential $cstrial
$FinalItem = Get-OBRecoverableItem $item[0] -Credential $cstrial


$Path = "<Z:\Temp>"
$option = New-OBRecoveryOption -DestinationPath $Path 
$passphrase = "<passphrase>"
$secureString = convertto-securestring -string $passphrase -asplaintext –force

Start-OBRecovery -RecoverableItem $FinalItem -RecoveryOption $secureString -Credential $cstrial

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft