VENDAS: 1-800-867-1389

Definir propriedades do serviço Fila

Atualizado: dezembro de 2013

A operação Set Queue Service Properties define as propriedades para o ponto de extremidade do serviço Fila de uma conta de armazenamento, inclusive propriedades para Análise de Armazenamento e regras de Compartilhamento de Recursos entre Origens (CORS). Consulte Suporte a CORS (Compartilhamento de recursos entre origens) para os serviços de armazenamento do Azure para obter mais informações sobre as regras de CORS.

A solicitação Set Queue Service Properties pode ser especificada da seguinte maneira. HTTPS é recomendado. Substitua <account-name> pelo nome da sua conta de armazenamento:

 

Método URI de solicitação Versão de HTTP

PUT

https://<account-name>.queue.core.windows.net/?restype=service&comp=properties

HTTP/1.1

Observe que o URI sempre deve incluir a barra (/) para separar o nome do host do caminho e as partes de consulta do URI. No caso dessa operação, a parte do caminho do URI fica vazia.

 

Parâmetro Descrição

restype=service&comp=properties

Obrigatória. A combinação das duas cadeias de caracteres de consulta é necessária para definir as propriedades do serviço de armazenamento.

timeout

Opcional. O parâmetro timeout é expresso em segundos. Para obter mais informações, consulte Definindo tempos limite para operações de serviço Fila.

A tabela a seguir descreve os cabeçalhos de solicitação obrigatórios e opcionais.

 

Cabeçalho de solicitação Descrição

Authorization

Obrigatória. Especifica o esquema de autenticação, o nome da conta de armazenamento e a assinatura. Para obter mais informações, consulte Autenticação federada para os Serviços de Armazenamento do Azure.

Date ou x-ms-date

Obrigatória. Especifica o Tempo Universal Coordenado (UTC) para a solicitação. Para obter mais informações, consulte Autenticação federada para os Serviços de Armazenamento do Azure.

x-ms-version

Obrigatório para todas as solicitações autenticadas. Especifica a versão da operação a ser usada para esta solicitação. Para obter mais informações, consulte Controle de versão para os Serviços de Armazenamento do Azure.

x-ms-client-request-id

Opcional. Fornece um valor opaco, gerado pelo cliente, com um limite de caracteres de 1 KB que é registrado nos logs de análise quando o log de análise de armazenamento está habilitado. É altamente recomendável usar esse cabeçalho para correlacionar atividades do cliente com solicitações recebidas pelo servidor. Para obter mais informações, consulte Sobre o registro em log da Análise de Armazenamento e Log do Windows Azure: Usando logs para rastrear solicitações de armazenamento.

Para a versão 2012-02-12 e anterior, o formato da solicitação é o seguinte:

<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<StorageServiceProperties>
    <Logging>
        <Version>version-number</Version>
        <Delete>true|false</Delete>
        <Read>true|false</Read>
        <Write>true|false</Write>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true|false</Enabled>
            <Days>number-of-days</Days>
        </RetentionPolicy>
    </Logging>
    <Metrics>
        <Version>version-number</Version>
        <Enabled>true|false</Enabled>
        <IncludeAPIs>true|false</IncludeAPIs>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true|false</Enabled>
            <Days>number-of-days</Days>
        </RetentionPolicy>
    </Metrics>
</StorageServiceProperties>

Para a versão 2013-08-15 e posterior, o formato da solicitação é o seguinte:

<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<StorageServiceProperties>
    <Logging>
        <Version>version-number</Version>
        <Delete>true|false</Delete>
        <Read>true|false</Read>
        <Write>true|false</Write>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true|false</Enabled>
            <Days>number-of-days</Days>
        </RetentionPolicy>
    </Logging>
    <HourMetrics>
        <Version>version-number</Version>
        <Enabled>true|false</Enabled>
        <IncludeAPIs>true|false</IncludeAPIs>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true|false</Enabled>
            <Days>number-of-days</Days>
        </RetentionPolicy>
    </HourMetrics>
    <MinuteMetrics>
        <Version>version-number</Version>
        <Enabled>true|false</Enabled>
        <IncludeAPIs>true|false</IncludeAPIs>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true|false</Enabled>
            <Days>number-of-days</Days>
        </RetentionPolicy>
    </MinuteMetrics>
    <Cors>
        <CorsRule>
            <AllowedOrigins>comma-separated-list-of-allowed-origins</AllowedOrigins>
            <AllowedMethods>comma-separated-list-of-HTTP-verb</AllowedMethods>
            <MaxAgeInSeconds>max-caching-age-in-seconds</MaxAgeInSeconds>
            <ExposedHeaders>comma-seperated-list-of-response-headers</ExposedHeaders>
            <AllowedHeaders> comma-seperated-list-of-request-headers </AllowedHeaders>
        </CorsRule>
    </Cors>
</StorageServiceProperties>

A partir da versão 2013-08-15, você pode chamar Set Queue Service Properties com um ou mais elementos raiz especificados no corpo da solicitação. Os elementos raiz incluem:

  • Logging

  • HourMetrics

  • MinuteMetrics

  • Cors

Não é mais necessário especificar cada elemento raiz na solicitação. Se você omitir um elemento raiz, as configurações existentes para o serviço para essa funcionalidade serão preservadas. No entanto, se você especificar um elemento raiz específico, deverá especificar cada elemento filho para esse elemento.

A tabela a seguir descreve os elementos do corpo da solicitação:

 

Nome de elemento Descrição

Logging

Opcional a partir da versão 2013-08-15. Necessário para versões anteriores. Agrupa as configurações de Registro em log da Análise do Windows Azure.

Metrics

Necessário para a versão 2012-02-12 e anterior. Não aplicável para a versão 2013-08-15 ou posterior. Agrupa as configurações de Métrica da Análise do Windows Azure. As configurações de Metrics fornecem um resumo das estatísticas de solicitação agrupadas por API em agregações de hora em hora para filas.

HourMetrics

Opcional para a versão 2013-08-15 ou posterior; não aplicável para versões anteriores. Agrupa as configurações de HourMetrics da Análise do Windows Azure. As configurações de HourMetrics fornecem um resumo das estatísticas de solicitação agrupadas por API em agregações de hora em hora para filas.

MinuteMetrics

Opcional para a versão 2013-08-15 ou posterior; não aplicável para versões anteriores. Agrupa as configurações de MinuteMetrics da Análise do Windows Azure. As configurações de MinuteMetrics fornecem estatísticas de solicitação para cada minuto para filas. Para as versões anteriores a 2013-08-15, MinuteMetrics não está incluído no corpo da resposta.

Versão

Necessário se as configurações de Registro em log, Métrica, HourMetrics ou MinuteMetrics forem especificadas. A versão do Storage Analytics a ser configurada.

Excluir

Necessário se as configurações de Registro em log, Métrica, HourMetrics ou MinuteMetrics forem especificadas. É aplicável apenas à configuração de geração de logs. Indica se todas as solicitações de exclusão devem ser registradas em log.

Leitura

Necessário se as configurações de Registro em log, Métrica, HourMetrics ou MinuteMetrics forem especificadas. É aplicável apenas à configuração de geração de logs. Indica se todas as solicitações de leitura devem ser registradas em log.

Gravação

Necessário se as configurações de Registro em log, Métrica, HourMetrics ou MinuteMetrics forem especificadas. É aplicável apenas à configuração de geração de logs. Indica se todas as solicitações de gravação devem ser registradas em log.

Ativado

Obrigatória. Indica se a métrica está habilitada para o serviço Fila.

Se a replicação georredundante de acesso de leitura estiver habilitada, as métricas primárias e secundárias serão coletadas. Se a replicação georredundante de acesso de leitura não estiver habilitada, apenas as métricas primárias serão coletadas.

IncludeAPIs

Necessário somente se as métricas estiverem habilitadas. É aplicável apenas à configuração de métrica. Indica se a métrica deve gerar estatísticas de resumo para operações chamadas de API.

RetentionPolicy/Enabled

Obrigatória. Indica se uma política de retenção está habilitada para o serviço de armazenamento.

RetentionPolicy/Days

Necessário apenas se uma política de retenção estiver habilitada. Indica o número de dias em que a métrica ou os dados de log devem ser mantidos. Todos os dados mais antigos do que esse valor serão excluídos. O valor mínimo que você pode especificar é 1; o maior valor é 365 (um ano).

Cors

Opcional. O elemento Cors é compatível com a versão 2013-08-15 ou posteriores. Agrupa todas as regras de CORS.

Omitir esse grupo de elementos não substituirá as configurações existentes de CORS.

CorsRule

Opcional. Especifica a regra de CORS para o serviço Fila. Você pode incluir até cinco elementos CorsRule na solicitação. Se nenhum elemento CorsRule estiver incluído no corpo da solicitação, todas as regras de CORS serão excluídas, e os CORS serão desabilitados para o serviço Fila.

AllowedOrigins

Necessário se o elemento CorsRule estiver presente. Uma lista de domínios de origem separados por vírgulas que serão permitidos nos CORS ou “*” para permitir todos os domínios. Limitado a 64 domínios de origem. Cada origem permitida pode ter até 256 caracteres.

ExposedHeaders

Necessário se o elemento CorsRule estiver presente. Uma lista de cabeçalhos de resposta separados por vírgulas para expor para clientes de CORS. Limitado a 64 cabeçalhos definidos e dois cabeçalhos prefixados. Cada cabeçalho pode ter até 256 caracteres.

MaxAgeInSeconds

Necessário se o elemento CorsRule estiver presente. O número de segundos que o cliente/navegador deve armazenar em cache uma resposta de simulação.

AllowedHeaders

Necessário se o elemento CorsRule existir. Uma lista de cabeçalhos separados por vírgulas com permissão para fazerem parte da solicitação entre origens. Limitado a 64 cabeçalhos definidos e 2 cabeçalhos prefixados. Cada cabeçalho pode ter até 256 caracteres.

AllowedMethods

Necessário se o elemento CorsRule existir. Uma lista de métodos de HTTP separados por vírgulas com permissão para serem executados pela origem. Para o Armazenamento do Windows Azure, os métodos permitidos são DELETE, GET, HEAD, MERGE, POST, OPTIONS ou PUT.

A resposta inclui um código de status HTTP e um conjunto de cabeçalhos de resposta.

Uma operação bem-sucedida retorna o código de status 202 (Aceito).

Para obter informações sobre códigos de status, consulte Status de Gerenciamento de Serviço e códigos de erro.

A resposta para esta operação inclui os cabeçalhos a seguir. A resposta também pode incluir cabeçalhos padrão HTTP adicionais. Todos os cabeçalhos padrão obedecem à especificação de protocolo HTTP/1.1.

 

Cabeçalho de resposta Descrição

x-ms-request-id

Um valor que identifica, de maneira exclusiva, uma solicitação feita no serviço.

x-ms-version

Especifica a versão da operação usada para a resposta. Para obter mais informações, consulte Controle de versão para os Serviços de Armazenamento do Azure.

Somente o proprietário da conta pode chamar essa operação.

As seguintes restrições e limitações se aplicam a regras de CORS no Armazenamento do Windows Azure:

  • No máximo cinco regras podem ser armazenadas.

  • O tamanho máximo de todas as configurações de regras de CORS na solicitação, excluindo as marcas XML, não deve exceder 2 KB.

  • O comprimento de um cabeçalho permitido, cabeçalho exposto ou origem permitida não deve exceder 256 caracteres.

  • Os cabeçalhos permitidos e os cabeçalhos ser expostos podem ser:

    • Cabeçalhos literais, onde o nome exato do cabeçalho é fornecido, como x-ms-meta-processed. Um máximo de 64 cabeçalhos literais pode ser especificado na solicitação.

    • Cabeçalhos prefixados, onde é fornecido um prefixo para o cabeçalho, como x-ms-meta-data*. Especificar um prefixo dessa maneira permite ou expõe qualquer cabeçalho que comece com o prefixo especificado. Um máximo de dois cabeçalhos prefixados pode ser especificado na solicitação.

  • Os métodos (ou verbos HTTP) especificados no elemento AllowedMethods devem estar de acordo com os métodos aceitos pelas APIs do serviço de armazenamento do Windows Azure. Os métodos com suporte são DELETE, GET, HEAD, MERGE, POST, OPTIONS e PUT.

Especificar as regras de CORS na solicitação é opcional. Se você chamar Set Queue Service Properties sem especificar o elemento Cors no corpo da solicitação, todas as regras de CORS existentes serão mantidas.

Para desabilitar CORS, chame Set Queue Service Properties com configurações vazias das regras de CORS (ou seja,</Cors>) e nenhuma regra de CORS interna. Essa chamada exclui todas as regras existentes, desabilitando CORS para o serviço Fila.

Todos os elementos da regra de CORS serão necessários se o elemento de CorsRule for especificado. A solicitação falhará com o código de erro 400 (Bad Request) se algum elemento estiver faltando.

A partir da versão 2013-08-15, os elementos das configurações de XML serão opcionais para que a atualização de um elemento específico possa ser feita enviando um XML que contém apenas o elemento atualizado e outras configurações não serão afetadas.

Para obter informações detalhadas sobre as regras de CORS e a lógica de avaliação, consulte Suporte a CORS (Compartilhamento de recursos entre origens) para os serviços de armazenamento do Azure.

O URI de exemplo a seguir faz uma solicitação para alterar as propriedades do serviço Fila para a conta fictícia de armazenamento denominada myaccount:

PUT https://myaccount.queue.core.windows.net/?restype=service&comp=properties HTTP/1.1

A solicitação é enviada com os seguintes cabeçalhos:

x-ms-version: 2013-08-15
x-ms-date: Wed, 23 Oct 2013 04:28:19 GMT
Authorization: SharedKey
myaccount:Z1lTLDwtq5o1UYQluucdsXk6/iB7YxEu0m6VofAEkUE=
Host: myaccount.queue.core.windows.net

A solicitação é enviada com o seguinte corpo XML:

<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<StorageServiceProperties>
    <Logging>
        <Version>1.0</Version>
        <Delete>true</Delete>
        <Read>false</Read>
        <Write>true</Write>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true</Enabled>
            <Days>7</Days>
        </RetentionPolicy>
    </Logging>
    <HourMetrics>
        <Version>1.0</Version>
        <Enabled>true</Enabled>
        <IncludeAPIs>false</IncludeAPIs>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true</Enabled>
            <Days>7</Days>
        </RetentionPolicy>
    </HourMetrics>
    <MinuteMetrics>
        <Version>version-number</Version>
        <Enabled>true|false</Enabled>
        <IncludeAPIs>true|false</IncludeAPIs>
        <RetentionPolicy>
            <Enabled>true|false</Enabled>
            <Days>number-of-days</Days>
        </RetentionPolicy>
    </MinuteMetrics>
    <Cors>
        <CorsRule>
            <AllowedOrigins> http://www.fabrikam.com,http://www.contoso.com</AllowedOrigins>
            <AllowedMethods>GET,PUT</AllowedMethods>
            <MaxAgeInSeconds>500</MaxAgeInSeconds>
            <ExposedHeaders>x-ms-meta-data*,x-ms-meta-customheader</ExposedHeaders>
            <AllowedHeaders>x-ms-meta-target*,x-ms-meta-customheader</AllowedHeaders>
        </CorsRule>
    </Cors>
</StorageServiceProperties>


Depois que a solicitação tiver sido enviada, a resposta a seguir será retornada:

HTTP/1.1 202 Accepted
Connection: Keep-Alive
Transfer-Encoding: chunked
Date: Wed, 23 Oct 2013 04:28:20 GMT
Server: Windows-Azure-Queue/1.0 Microsoft-HTTPAPI/2.0
x-ms-request-id: cb939a31-0cc6-49bb-9fe5-3327691f2a30
x-ms-version: 2013-08-15

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft