VENDAS: 1-800-867-1389

Criar relatórios para Relatórios SQL

Atualizado: maio de 2014

ImportantImportante

Comece a criar e publicar relatórios em servidores de relatório .

Você pode usar o Construtor de Relatórios 3.0 ou o Designer de Relatórios no SQL Server Data Tools para criar relatórios:

O Construtor de Relatórios é mais fácil de assimilar e usar, mas talvez o SQL Server Data Tools tenha o recurso adicional de que você precisará caso esteja gerenciando um projeto grande. Por exemplo, você pode querer implantar vários relatórios e fontes de dados compartilhadas com o mínimo de etapas possível.

Os relatórios podem usar as informações de conexão de fonte de dados inseridas ou compartilhadas. As informações de fonte de dados inseridas são armazenadas dentro do relatório e sempre estão associadas ao relatório. Em contraste, as fontes de dados compartilhados são objetos independentes. Dessa forma, a associação nem sempre ocorre automaticamente. Ao usar as fontes de dados compartilhados, o que recomendamos, crie-as e use-as das seguintes maneiras:

  1. Ao criar relatórios no SQL Server Data Tools, você pode criar as fontes de dados compartilhados como parte do projeto. No projeto do servidor de relatório, implante os relatórios e fontes de dados compartilhados juntos para associar as informações da fonte de dados compartilhados ao relatório.

  2. Ao criar no Construtor de Relatórios, recomendamos que você primeiro crie a fonte de dados compartilhados nos Relatórios SQL e, em seguida, escolha-a como a fonte de dados para seu relatório, o que a associa automaticamente ao relatório.

Para obter mais informações, consulte Criar uma fonte de dados compartilhada (Relatórios SQL do Azure) e Configure a Report to use a SQL Reporting Data Source in Report Builder.

Os autores de relatório precisam das seguintes informações para acessar dados para um relatório:

  • Logon, nome de usuário e senha do Banco de dados do SQL—Um administrador de Banco de dados do SQL deve criar um logon que forneça, pelo menos, acesso somente leitura a exibições ou tabelas de banco de dados e permissões de execução em procedimentos armazenados ou funções que recuperem dados do banco de dados.

  • Crie fontes de dados inseridos ou compartilhados—Um autor de relatório especifica as informações de conexão de fonte de dados usadas no relatório. Recomendamos criar as fontes de dados compartilhados que podem ser gerenciadas separadamente no servidor. É possível criar uma fonte de dados compartilhados com antecedência. Você precisará de uma fonte de dados compartilhados por banco de dados. Você também precisará criar uma fonte de dados compartilhados adicional para o mesmo banco de dados se quiser variar o tipo de credencial. Por exemplo, para alguns conjuntos de dados, você talvez queira usar credenciais solicitadas, enquanto as credenciais armazenadas podem ser adequadas para outros conjuntos de dados.

  • Consultas—Um administrador de Banco de dados do SQL pode fornecer consultas que retornam os dados necessários em um relatório. Diga ao administrador com quais campos você quer trabalhar e peça que ele evite agregar dados na consulta de modo a limitar sua capacidade de organizar esses dados em um relatório. Por exemplo, você não obterá resultados precisos se adicionar a um relatório um conjunto de valores que já estejam calculados em uma consulta. Ao criar uma consulta, determine o equilíbrio entre obter apenas os dados necessários em um relatório e obter os dados de interesse que, em seguida, poderão ser agrupados e classificados no relatório, conforme necessário.

    Você pode solicitar um conjunto de consultas que implementem o recurso de parâmetros em cascata, em que um leitor de relatório pode selecionar uma série de parâmetros que forneçam filtragem sucessiva. Para obter mais informações, consulte Adicionando parâmetros em cascata no tutorial de parâmetros em Tutoriais (SSRS).

Internamente, as credenciais de banco de dados para acesso a fontes de dados são salvas separadamente da definição de relatório no servidor de relatórios. A definição da fonte de dados inclui o tipo de credenciais a ser usado, mas não inclui senhas. As senhas são armazenadas de forma segura no servidor de relatório, independentemente da definição de relatório. O uso de fontes de dados compartilhadas ajuda a gerenciar as credenciais em um local.

O autor do relatório também pode definir credenciais de fonte de dados como Aviso. Depois que leitores de relatório fazem logon no portal do , eles devem digitar o nome de usuário e a senha do Banco de dados do SQL para cada fonte de dados ao executarem o relatório.

Voltar ao início

Escolha o SQL Server Data Tools se quiser implantar ou gerenciar vários relatórios e fontes de dados compartilhadas em uma única operação. O SQL Server Data Tools permite a criação de vários relatórios e fontes de dados em uma única solução. Você pode implantar a solução para carregar em massa vários relatórios e fontes de dados ao mesmo tempo.

Se os requisitos do projeto incluírem a implantação rápida ou a implantação repetível (por exemplo, se você pretende criar e desativar instâncias de serviço com frequência), o uso de uma solução para organizar os relatórios possibilitará a publicação de vários relatórios rapidamente. Na plataforma Azure, é comum as empresas criarem serviços e bancos de dados que são usados temporariamente. Se as necessidades de hospedagem de relatório estiverem em constante mudança, você poderá criar e destruir um serviço de relatório rapidamente, uma vez que ele não será mais necessário.

Lembre-se de que, nos Relatórios SQL do Azure, você não pode baixar, salvar ou carregar o banco de dados de servidor de relatório que contém todos os seus relatórios, itens, contas e permissões. A melhor opção para gerenciar vários relatórios em massa é usar uma solução e o SQL Server Data Tools.

Se você estiver familiarizado com a criação de relatórios do Reporting Services, observará a semelhança do recurso de design de relatório entre os relatórios criados para e os criados para . Para entender s diferenças, revise os tópicos a seguir antes iniciar.

Uma exibição de alto nível da criação de relatórios inclui as seguintes etapas:

  • Criar fontes de dados com cadeias de conexão para seus bancos de dados . Você deve trabalhar com o administrador de cada banco de dados para obter credenciais e acesso do em seu computador cliente.

  • No designer de consultas associado à fonte de dados, crie uma consulta de conjunto de dados para especificar quais dados recuperar. Você também pode desenvolver a consulta em uma ferramenta diferente de e colá-la no designer de consultas. Você cria um conjunto de dados para cada conjunto de resultados da consulta que você deseja usar em um relatório.

  • Para cada conjunto de dados, adicione uma região de dados, como uma tabela ou um gráfico, para exibir os dados.

  • Visualize o relatório. Você deve fornecer credenciais para cada fonte de dados no relatório.

  • Publique o relatório em seu servidor de relatório .

  • Exiba o relatório em um aplicativo dosRelatórios da Microsoft que inclui um controle do Visualizador de Relatórios que aponte para o relatório publicado. Também é possível fazer logon na sua assinatura do e exibir o relatório em um navegador.

Manuais Online na biblioteca do MSDN fornecem artigos sobre todos os aspectos da criação de relatórios, inclusive fontes de dados e conjuntos de dados, layout de relatórios, tabelas e matrizes e visualização de dados. Para obter mais informações, consulte Criando relatórios no Designer de Relatórios e no Construtor de Relatórios 3.0 (SSRS).

Se você escolher o Construtor de Relatórios 3.0, poderá carregar relatórios usando o portal de gerenciamento.

Para obter links para recursos sobre como aprender a criar relatórios, consulte Visão geral dos Relatórios SQL.

Para obter exemplos de relatórios e de relatórios inseridos, consulte Exemplos de Relatórios SQL.

Depois de publicar relatórios em um servidor de relatório , é possível escolher um dos seguintes guias:

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft