VENDAS: 1-800-867-1389

Referência da API de REST de gerenciamento de serviços

Atualizado: abril de 2014

A API do Gerenciamento de Serviços fornece acesso programático a muitas das funcionalidades disponíveis pelo Portal de Gerenciamento.

A API de gerenciamento de serviços é uma API de REST. Todas as operações de API são executadas no SSL e são mutuamente autenticadas usando certificados X.509 v3.

Uma assinatura do Windows Azure é uma conta de usuário exclusiva no Windows Azure. Todos os recursos disponíveis pela API de Gerenciamento de Serviços são organizados sob a assinatura.

Quando você cria uma assinatura do Windows Azure, ela é identificada exclusivamente por uma ID de assinatura A ID de assinatura faz parte do URI para todas as chamadas que você faz à API do Gerenciamento de Serviços. Consulte Abordando recursos de gerenciamento de serviço para obter informações sobre como construir URIs para operações de Gerenciamento de Serviços.

Uma conta de armazenamento é um ponto de extremidade exclusivo para os serviços Blob, Fila e Tabela do Windows Azure. Para obter mais informações sobre os serviços Blob, Fila e Tabela, consulte Referência da API REST de serviços de armazenamento.

Você deve criar uma conta de armazenamento para usar os serviços Blob, Fila e Tabela. O nome que você atribuir à sua conta de armazenamento se tornará o nome do host no URI que você usará para abordar recursos de Blob, Fila ou Tabela. Por exemplo, para abordar um recurso de contêiner no serviço Blob, você usa um URI como o seguinte, onde <storage-account> refere-se ao nome da conta de armazenamento:

http://<storage-account>.blob.core.windows.net/mycontainer

Cada conta de armazenamento tem duas chaves de acesso associadas, uma chave de acesso primária e uma chave de acesso secundária. Essas chaves são usadas para autenticar solicitações na conta de armazenamento.

Você pode usar a API do Serviço de Gerenciamento para gerenciar uma conta de armazenamento existente. A API inclui operações para listar as contas de armazenamento em sua assinatura, para retornar propriedades da conta de armazenamento, para recuperar as chaves de acesso primária ou secundária e para gerar as chaves novamente. Consulte Operações em contas de armazenamento para obter uma lista completa de operações de API.

Um serviço de nuvem é um contêiner para suas implantações de aplicativo no Windows Azure. O nome que você atribui ao serviço de nuvem deve ser exclusivo no Windows Azure. Esse nome faz parte do URI para as chamadas feitas à API de Gerenciamento de Serviços para atuar nesse serviço de nuvem.

Várias operações na API de Gerenciamento de Serviços permitem gerenciar o serviço de nuvem referenciando uma implantação por seu nome ou referenciando o ambiente de implantação (preparo ou produção) na implantação que está em execução.

noteObservação
Algumas operações de Gerenciamento de Serviços nos serviços de nuvem são assíncronas. Consulte Controlando solicitações assíncronas de gerenciamento de serviço para obter mais informações sobre como chamar operações assíncronas.

Consulte Operações em Serviços de Nuvem para obter uma lista completa de operações de API.

Você pode carregar certificados de gerenciamento no repositório de certificados do Windows Azure para a assinatura, usando o Portal de Gerenciamento. Agora, os certificados são empacotados e carregados separadamente dos binários para o serviço. Isso significa que os certificados agora podem ser gerenciadas por alguém diferente do desenvolvedor, como um gerente de TI. O arquivo de definição de serviço especifica um nome lógico para o certificado e o nome e o local do repositório local onde pode ser encontrado, e associa o certificado a um ponto de extremidade do serviço de nuvem. O arquivo de configuração do serviço associa o nome lógico do certificado com a impressão digital.

Consulte Operações em certificados de serviço para obter uma lista completa de operações de API.

Quando você cria um serviço de nuvem ou uma conta de armazenamento, deve especificar um local geográfico para ele. Isso pode ser feito especificando-se um local do data center ou que o serviço de nuvem ou a conta de armazenamento deve fazer parte de um grupo de afinidade. Observe que você deve escolher um ou outro – não é possível especificar ambos.

Um grupo de afinidade assegura que os serviços de nuvem estejam localizados em conjunto em data center do Windows Azure. Se os serviços de nuvem em sua assinatura precisarem funcionar em conjunto, por exemplo, se seu serviço de nuvem armazenar dados nos serviços Blob ou Tabela ou depender do serviço Fila para o fluxo de trabalho, você poderá organizar seu serviço de nuvem e conta de armazenamento dentro de um grupo de afinidade para obter o desempenho ideal.

Um grupo de afinidade é definido no nível da assinatura e está disponível para todos os serviços de nuvem ou contas de armazenamento subsequentes que você criar. Você pode criar um grupo de afinidade quando cria uma conta de armazenamento ou um serviço de nuvem. Você pode associar outros serviços de nuvem ao seu grupo de afinidade, à medida que criá-los.

noteObservação
Se você criar um serviço de nuvem ou conta de armazenamento e não a associá-la a um grupo de afinidade no momento da criação, será necessário excluir e recriar o serviço se quiser associá-la a um grupo de afinidade depois.

Você pode usar a API de Gerenciamento de Serviços para criar, listar, excluir, atualizar e obter as propriedades de um grupo de afinidade e locais na sua assinatura. Consulte Operações em grupos de afinidade e Operações em locais para obter uma lista completa de operações de API.

Você pode exibir o histórico de assinatura de um período especificado usando a API de Gerenciamento de Serviços. Por exemplo, você pode listar todos os serviços de nuvem que foram criados no último mês. Consulte Operações em assinaturas para obter uma lista completa de operações de API.

Você pode criar e gerenciar máquinas virtuais usando a API de Gerenciamento de Serviços. Consulte o seguinte para obter uma lista completa de operações de API:

Você pode definir e gerenciar a configuração de redes virtuais. Consulte Operações em redes virtuais e Operações em gateways de redes virtuais para obter uma lista completa de operações de API.

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft