VENDAS: 1-800-867-1389

Monitorar o serviço de cache gerenciado do Azure

Atualizado: setembro de 2014

noteObservação
Para orientação sobre como escolher a oferta Azure Cache para seu aplicativo, consulte Qual oferta de cache do Azure é ideal para mim?.

O Serviço de cache gerenciado do Azure, tendo sido incorporado como parte de um aplicativo, desempenha um papel fundamental na manutenção do desempenho e disponibilidade desse aplicativo. A disponibilidade do serviço pode ser afetada ocasionalmente por tarefas de manutenção no back-end ou pelo padrão de consumo da capacidade de serviço alocada. Além disso, em certos cenários pode ser necessário compreender melhor os vários contadores e parâmetros do serviço para depurar problemas específicos que estejam sendo enfrentados pelo aplicativo cliente.

O Portal de Gerenciamento fornece a funcionalidade a seguir para ajudá-lo a monitorar a integridade do serviço e visualizar contadores de desempenho a fim de solucionar problemas.

  • O painel do caching fornece uma visão geral da integridade e utilização do cache, bem como informações sobre várias propriedades do serviço.

  • A guia Monitorar permite usar o Portal de Gerenciamento para exibir uma ampla variedade de contadores de desempenho que podem ajudá-lo a solucionar problemas.

O painel do seu serviço pode ser acessado no Portal de Gerenciamento selecionando a entrada do serviço e abrindo a guia do painel.

Painel de Serviços de cache do Windows Azure

O painel exibe o ponto de extremidade do cache, o status do cache (por exemplo, Em Execução), a oferta de cache atual e um gráfico com métricas dos seis contadores de desempenho a seguir.

  • % de Largura de Banda Usada

  • % de Erros de Cache

  • % de Computação Usada

  • % de Memória Usada

  • Solicitações de Leitura/s

  • Solicitações de Gravação/s

Usando as informações exibidas e as métricas dos contadores de desempenho, você pode monitorar o desempenho do seu cache nas seguintes áreas.

Caso o ponto de extremidade do cache esteja indisponível atualmente em razão de atividades de manutenção ou problemas enfrentados pelo serviço, o painel indicará isso como um estado de erro na parte superior da página. Essa informação de erro também é exibida em Todos os Itens no Portal de Gerenciamento. Ela indicará se o cache está completamente indisponível devido a uma paralisação ou se há um problema temporário que pode afetar o serviço de maneira intermitente.

São relacionados a seguir os diferentes erros relacionados à indisponibilidade que podem ser exibidos no painel.

  1. O serviço de cache está indisponível - Esse erro aparece quando o serviço está enfrentando problemas e o ponto de extremidade do cache ou o ponto de extremidade SSL (seguro) do cache está indisponível. Essas situações são monitoradas ativamente pela Microsoft para que possam ser mitigadas rapidamente, restaurando a disponibilidade do serviço. Se a situação persistir, entre em contato com o suporte da Microsoft.

  2. O serviço de cache está parcialmente afetado ou apresentando erros intermitentes - Esse aviso aparece quando a disponibilidade do serviço não está totalmente afetada, mas, como o serviço está passando por atividades de manutenção, algumas chamadas do serviço podem gerar erros ou algumas chaves podem estar temporariamente inacessíveis. A prática recomendada é implementar um bloco de repetição no aplicativo cliente para esses casos.

O serviço de cache é implantado como uma infraestrutura dedicada. Esses contadores de capacidade mostram como a infraestrutura dedicada está sendo utilizada, no que concerne à memória, largura de banda e recursos de computação, como uma porcentagem da capacidade total disponível. Se qualquer desses contadores estiver próximo de 100%, recomendamos adicionar mais capacidade ao serviço de cache. Para obter mais informações sobre planejamento de capacidade, consulte Planejamento de capacidade para o serviço de cache gerenciado do Azure. Os contadores a seguir são importantes para monitorar a capacidade.

 

Contador Detalhes

% de memória usada

A quantidade de memória alocada ao cache é usada para armazenar dados de usuário e metadados sobre objetos que o cache precisa armazenar para atender às solicitações. Esse contador reflete a quantidade de memória utilizável do cache que já está sendo utilizada.

Observe que talvez não haja uma correspondência exata entre a quantidade dados armazenados e a utilização, pois isso tende a variar de acordo com o tamanho dos objetos e o uso de recursos como marcas, regiões e notificações.

% de largura de banda usada

O cache é hospedado em uma infraestrutura dedicada que fornece largura de banda de entrada e saída ao sistema. A utilização da largura de banda reflete como essa largura de banda está sendo usada. Em um sistema com muitos objetos grandes, a utilização da largura de banda tende a ser alta.

% de computação usada

O serviço de cache utiliza recursos de computação para atender às solicitações de cache. Para aplicativos com alta taxa de transferência, os recursos de computação disponibilizados à infraestrutura dedicada podem ser exauridos. Portanto, é importante que esses aplicativos monitorem a % de Computação Usada para assegurar que não seja superior a 70-80%, garantindo assim a capacidade de resposta do cache e a baixa latência do acesso aos dados.

noteObservação
Talvez você perceba que os valores percentuais em alguns contadores passam de 100%. Isso acontece quando você usa mais que a capacidade adquirida. Se isso acontecer, a disponibilidade e as latências do cache poderão ser afetadas ou poderá ocorrer perda de dados. Nessa situação, recomendamos dimensionar o cache imediatamente para evitar interrupções no serviço. Para obter mais informações, consulte Dimensionar um cache para o serviço de cache gerenciado do Azure.

Os principais parâmetros que afetam a eficácia do cache para o aplicativo cliente são o número de solicitações feitas ao cache e a porcentagem de acertos/erros de cache para essas solicitações. Esses parâmetros também são disponibilizados no painel.

 

Contador Detalhes

Solicitações de Leitura/s

O número de solicitações de leitura (Bulk Get, Get e Enumeration) recebidas por segundo de todos os clientes desde o início do serviço de cache.

Solicitações de Gravação/s

O número de solicitações de gravação por segundo desde o início do serviço de cache. Os métodos Put, Add e Lock são incluídos com as operações de gravação.

% de Erros de Cache

A porcentagem de solicitações de cache sem sucesso em relação ao número total de solicitações desde o início do serviço de cache.

noteObservação
O coleta e agrega os dados do serviço de cache em intervalos regulares. Os dados aparecem no painel com um atraso de alguns minutos.

Embora o painel forneça uma visualização rápida das seis métricas mais comuns, a lista completa de contadores de desempenho do Serviço de cache gerenciado está disponível e pode ser visualizada no Portal de Gerenciamento, na guia Monitorar do cache.

Você pode escolher até doze métricas para a tabela de métricas e plotar quaisquer seis dessas métricas no gráfico marcando as caixas de seleção próximas aos cabeçalhos na tabela. Também é possível escolher o intervalo prévio a ser aplicado à visualização das métricas: 1 Hora, 24 Horas ou 7 Dias.

Guia Monitorar Serviço de Cache

Para configurar as métricas desejadas, clique em Adicionar Métricas.

Selecionar métricas da guia Monitorar Serviço de Cache

Para obter uma lista completa dos contadores de desempenho disponíveis para o Serviço de cache gerenciado, consulte Contadores de desempenho do serviço de cache gerenciado do Azure.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft