VENDAS: 1-800-867-1389

Preparando-se para migrar para o SQL Server em Máquinas Virtuais do Azure

Atualizado: março de 2014

Este tópico fornece diretrizes e recomendações sobre a migração para o SQL Server em Máquinas Virtuais do Azure:

Quando começar a planejar a migração, recomendamos que você considere vários fatores importantes, como custo, requisitos comerciais e técnicos, cronograma e todos os testes que forem necessários no processo de migração. O custo é uma das maiores questões que precisam ser respondidas e é recomendável resolvê-lo início do processo de tomada de decisão e de planejamento ao considerar a migração de um banco de dados ou aplicativo local para o Azure. Recomendamos que você use a Calculadora de preços de VM do Azure para ajudar a estimar os custos mensais associados ao uso de Máquinas Virtuais do Azure. Para obter diretrizes gerais de migração para o Azure, recomendamos que você leia os artigos no guia Migrando aplicativos centralizados em dados para o Azure.

Além disso, considere usar o Microsoft Assessment and Planning (MAP) Toolkit. O MAP Toolkit é uma ferramenta de inventário, avaliação e relatório que o ajuda a avaliar sua infraestrutura de TI atual e determina as tecnologias certas da Microsoft para suas necessidades de TI. O MAP Toolkit reúne dados de inventário e desempenho dos computadores que você está considerando para virtualização e fornece recomendações sobre o planejamento da capacidade e avaliação. Você pode usar os seguintes relatórios e assistentes que o MAP Toolkit pode gerar para a Plataforma Azure:

  • Relatório de prontidão de VM do Azure: Fornece um resumo dos computadores Microsoft Windows Server e Linux que estão sendo avaliados para migração para uma Máquina Virtual do Azure.

  • Relatório de capacidade de VM do Azure: fornece um resumo do uso estimado dos recursos e dos requisitos de dimensionamento para migração de seus servidores físicos e virtuais para as Máquinas Virtuais do Azure.

Para obter instruções passo a passo detalhadas, consulte Avaliação de prontidão e capacidade de Máquina Virtual do Azure.

Ao planejar a migração, considere os tamanhos de imagem de máquina virtual disponíveis e as edições do SQL Server com suporte no Azure. A cobrança no SQL Server em Máquinas Virtuais do Azure dependerá do tamanho da máquina virtual que você escolher, bem como do licenciamento do SQL Server. A seguinte tabela inclui as versões com suporte e as considerações sobre licenciamento do SQL Server em uma Máquina Virtual do Azure:

 

Quando você traz sua própria máquina virtual

Quando você cria uma máquina virtual usando a imagem da plataforma

Versões com suporte do SQL Server na Máquina Virtual do Azure

SQL Server 2008, SQL Server 2008 R2, SQL Server 2012, SQL Server 2012 SP1 e todas as edições do SQL Server 2014

SQL Server 2008 R2 Service Pack 2 Enterprise, Standard e Web

SQL Server 2012 Service Pack 1 Enterprise, Standard, Web e Data Warehousing

SQL Server 2014 Enterprise, Standard, Web e Data Warehousing

Observação importante: as versões e as edições adicionais do SQL Server estão sendo planejadas. Faça logon no Portal de gerenciamento do Azure para ver todas as versões e as edições com suporte do SQL Server.

Licença do SQL Server

Migre sua própria licença via License Mobility por meio do Software Assurance no Azure para o Azure para executar o SQL Server em uma Máquina Virtual do Azure. Além disso, os custos de cálculo e armazenamento do Azure. serão cobrados de você Para obter informações sobre como comprar a cópia licenciada do SQL Server, consulte Como comprar o SQL Server.

Você paga a taxa por minuto da imagem de plataforma do SQL Server que inclui os custos de licenciamento do Windows Server. Além disso, os custos de cálculo e armazenamento do Azure. serão cobrados de você

Quando você cria uma máquina virtual usando uma imagem de plataforma, pode escolher tamanhos diferentes de máquina virtual. Para cargas de trabalho de produção do SQL Server, recomendamos que você use um tamanho de máquina virtual médio ou maior. Para obter as informações mais atualizadas sobre os tamanhos de máquina virtual com suporte, edições do SQL Server, taxas e licenciamento em Máquinas Virtuais do Azure, consulte Tamanhos de Máquinas Virtuais do Azure e Detalhes de preços de Máquinas Virtuais.

Se você estiver planejando usar uma imagem de plataforma do SQL Server para criar uma máquina virtual no Azure, não se esqueça de abordar todas as dependências nos recursos sem suporte da imagem do SQL Server fornecida pela plataforma. Pode haver algumas diferenças entre a instalação do SQL Server na imagem da plataforma e o SQL Server local. Para obter informações detalhadas sobre as definições de configurações e componentes suportados na instalação da imagem de plataforma do SQL Server, consulte Configuration of the platform provided SQL Server virtual machine images.

O SQL Server em Máquinas Virtuais do Azure proporciona um caminho de migração fácil quando você deseja mover seus aplicativos e bancos de dados para a nuvem dentro da nuvem no estado em que se encontram.

A seguinte tabela fornece uma lista de caminhos de migração possíveis que você pode considerar ao migrar do local para a nuvem ou de nuvem para nuvem:

 

Servidor de Origem Servidor de Destino Descrição da migração

SQL Server 2008, 2008 R2, 2012, 2012 SP1, 2014 (local)

Imagem de plataforma do SQL Server no Azure

Nesse caminho de migração, você pode usar o Assistente de Implantação no SQL Server Management Studio ou usar o processo manual descrito abaixo:

Observação: quando você atualizar para o SQL Server 2012 de versões anteriores do SQL Server, talvez seja preciso considerar as alterações necessárias. Recomendamos que você aborde todas as dependências nos recursos sem suporte da nova versão do SQL Server como parte de seu projeto de migração. Para obter mais informações sobre edições e cenários com suporte, consulte Atualizar para o SQL Server 2012.

SQL Server 2008, 2008 R2, 2012, 2012 SP1, 2014 (local)

Imagem de plataforma do Windows Server no Azure

Neste caminho de migração, siga estas etapas:

Máquina virtual no Azure

Máquina virtual no Azure

Neste caminho de migração, você pode migrar seus bancos de dados existentes e esquema de uma máquina virtual de origem para uma máquina virtual de destino no Azure. Essa situação pode ocorrer em uma das seguintes condições:

  • Você cria uma máquina virtual usando o SQL Server Evaluation Edition da imagem da plataforma e o período de avaliação expirou.

  • Você deseja mover os bancos de dados para outra máquina virtual por qualquer outra razão de negócio.

Para obter mais informações, consulte Como migrar os arquivos e o esquema de banco de dados do SQL Server entre máquinas virtuais no Azure usando discos de dados.

Você pode gerenciar as máquinas virtuais no Azure usando o Portal de Gerenciamento ou a API REST ou os cmdlets do PowerShell. Para obter mais informações sobre como usar REST e PowerShell com o Azure, consulte Referência da API de gerenciamento de serviço do Azure e Cmdlets de gerenciamento do Azure na biblioteca do MSDN.

Se você quiser criar uma máquina virtual do SQL Server no Azure usando cmdlets do Azure PowerShell, consulte Como usar o PowerShell para configurar uma máquina virtual do SQL Server no Azure. Você pode baixar a versão mais recente do Azure PowerShell em GitHub.

Por padrão, o Azure mantém todo o sistema operacional e software do SQL Server na unidade do sistema operacional (C:). Recomendamos que não armazene dados na unidade de armazenamento temporário (D:), pois ela não é persistente. Para saber mais sobre as melhores práticas de configuração para o SQL Server nas Máquinas Virtuais do Azure, consulte Important recommendations for SQL Server configuration.

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft